quarta-feira, setembro 22, 2021
InícioÁfrica e sua diásporaEntretenimentoIMS Convida para conversar, com Alan Costa e Erica Malunguinho

IMS Convida para conversar, com Alan Costa e Erica Malunguinho

Segunda (7 de junho), às 18h, pelo Facebook e YouTube do IMS.

Na segunda-feira (7 de junho), às 18h, acontece o segundo encontro online da série IMS Convida para conversar. O bate-papo contará com a participação de Alan Costa, do Coletivo Afrobapho, e da deputada e educadora Erica Malunguinho. O evento será transmitido ao vivo pelos canais de Facebook e YouTube do IMS.

Na conversa, apresentada e mediada por João Fernandes, diretor artístico do IMS, Erica Malunguinho deve relacionar seu olhar e suas indagações, como arte-educadora e performer, com as obras produzidas pelo Afrobapho para o programa IMS Convida, entre agosto e setembro do ano passado. 

Entre abril e dezembro de 2020, o IMS comissionou 171 artistas, individuais e coletivos, para que produzissem projetos para o Convida, um programa de incentivo à criação artística – no âmbito das áreas da fotografia, do cinema, da música, da literatura, das artes visuais e do desenho gráfico –, concebido para vigorar durante o período da quarentena. Um vasto acervo de trabalhos está disponível no site e nas redes sociais da instituição, constituindo um documento significativo desses tempos de pandemia, e igualmente representativo das questões tão essenciais de diversidade e identidade de raça, gênero, região, contexto social e cultural no Brasil contemporâneo.

O Convida é agora objeto do programa de encontros online de reflexão e discussão crítica IMS Convida para conversar, que começou no dia 4 de maio de 2021. Sobre os participantes

Alan Costa 

 É ativista interseccional dos movimentos negro e LGBTIA+. Atuou como mobilizador social em projetos da Anistia Internacional. Também é o idealizador do Coletivo Afrobapho – formado por jovens negros LGBTIA+ da Bahia, que utilizam as artes integradas como forma de mobilização social.

Coletivo Afrobapho 

Formado por jovens negros LGBTIA+ da periferia de Salvador, Bahia, que utilizam as artes integradas como ferramenta de mobilização e sensibilização social. Através de produções audiovisuais e performances artísticas, abordam numa perspectiva antirracista, questões de estética e dissidências de sexualidade e gênero.

Erica Malunguinho

É educadora, artista plástica e política brasileira. É filiada ao PSOL, Partido Socialismo e Liberdade. Em 2018, foi eleita deputada estadual por São Paulo, sendo a primeira mulher transexual da Assembleia Legislativa de São Paulo. 

** ESTE ARTIGO É DE AUTORIA DE COLABORADORES OU ARTICULISTAS DO PORTAL GELEDÉS E NÃO REPRESENTA IDEIAS OU OPINIÕES DO VEÍCULO. PORTAL GELEDÉS OFERECE ESPAÇO PARA VOZES DIVERSAS DA ESFERA PÚBLICA, GARANTINDO ASSIM A PLURALIDADE DO DEBATE NA SOCIEDADE. 

RELATED ARTICLES