Independência: efeito dominó

Na Argélia, onde a luta de libertação havia começado em 54, o processo foi mais doloroso. Os colonos franceses, ou pés pretos, recusaram-se a entregar as terras aos argelinos e atacaram os nativos com violência. A independência da Argélia seria reconhecida pela França somente em 1962, durante o governo do general Charles de Gaulle. Na África subsaariana, ao sul do deserto do Saara, foi Gana, o primeiro Estado negro a conquistar a independência , em 1957, sob a liderança de Kuame Nkrumah. Junto com Jomo Kenyatta, foi um dos principais partidários da política pan-africanista.

No Quênia, a revolta nacionalista ganhou impulso em 1952, quando membros dos kikuyu, a tribo mais numerosa do país, formaram uma organização clandestina, os Mau-Mau, contra os colonizadores britânicos. O Quênia obteve a independência em 63 e elegeu como seu primeiro presidente o líder Jomo Kenyatta. Ele governaria o país até sua morte, em 1978, quando seria sucedido pelo vice, Daniel Arap Moi.

+ sobre o tema

Oswaldo Faustino: A Legião Negra – O livro

A Selo Negro Edições e a Livraria Martins Fontes – Paulista promoveu, em...

Chris Brown terá que manter distância de Rihanna por cinco anos

Depois de ter uma audiência adiada, Chris Brown, finalmente,...

Rihanna quer ajudar família de adolescente morto em Sergipe

Um crime no interior de Sergipe chocou não só...

“Estatísticas servem para tudo, menos para igualdade racial”, diz ministra Luiza Bairros

Rachel DuarteEles representam mais de 50% da população brasileira,...

para lembrar

Angola: Alunos com cabelo crespo proibidos de assistir às aulas

Milena Ernesto, porta-voz da manifestação em Luanda no próximo...

13 de maio: Comemorar o que?

O Brasil, ultimo país a abolir a escravidão nas...

Ava DuVernay divulga primeira imagem oficial de sua nova série; Confira!

Em seu Twitter oficial, a produtora, diretora e roteirista...

Serena vence em Wimbledon pela sexta vez e completa o ‘Serena Slam’

Mais uma vez a norte-americana Serena Williams saiu de...
spot_imgspot_img

Festival Negritudes celebra a diversidade e a representatividade nas telas

A quarta edição do Festival Negritudes Globo aconteceu nesta quinta-feira (18), no Centro Histórico de Salvador. Foi a primeira vez que a cidade sediou...

Livro sobre Luiz Gama o consagra como o maior advogado negro da abolição

Impossível não ficar mexido, ou sair a mesma pessoa, com a mesma consciência dos fatos narrados, depois da leitura de "Luiz Gama Contra o Império",...

Oito em cada dez quilombolas vivem com saneamento básico precário

De cada dez quilombolas no país, praticamente oito vivem em lares com saneamento básico precário ou ausente. São 1,048 milhão de pessoas que moram...
-+=