Inscrições abertas para o Congresso de Pesquisadores Negros

Congresso terá tema ‘Ações Afirmativas: Cidadania e Relações Étnico-raciais’.
Evento será realizado entre os dias 29 de julho e 2 de agosto de 2014.

Inscrições abertas para o VIII Congresso Brasileiro de Pesquisadores/as Negros/as (Copene) será realizado na Universidade Federal do Pará (UFPA). O evento contará com a presença da ministra de Estado Chefe da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da Presidência da República (Seppir/PR), Luiza Bairros, proferindo a cerimônia de abertura do encontro. Com o tema “Ações Afirmativas: Cidadania e Relações Étnico-raciais”, o congresso será realizado entre os dias 29 de julho e 2 de agosto de 2014.

O Copene tem como objetivo principal apresentar e discutir os processos de produção e difusão de conhecimentos intrinsecamente ligados às lutas históricas empreendidas pelas populações negras. A coordenadora local do evento, professora Wilma Coelho, comenta a importância do congresso a ser realizado na capital paraense: “Nós teremos a oportunidade de ampliar e discutir essa temática a partir de diversas perspectivas e estamos trabalhando, há dois anos, para que este evento esteja à altura de nossas expectativas e das expectativas de todos os nossos convidados. Esperamos que todos venham para este debate para que nós consigamos ampliar essa agenda de discussão para os próximos dez anos e possamos pensar novas perspectivas e ampliar todas as nossas conquistas já havidas até este momento nessa conjuntura político-social e acadêmica”.

Gaúcha e residente na Bahia, a ministra Luiza Barros é pós-graduada em Sociologia, na Michigan State University. Atua, há 35 anos, no Movimento Negro Unificado (MNU). Sua militância teve início no Movimento de Mulheres, mas participou ativamente das principais iniciativas do Movimento Negro na Bahia e no Brasil e justamente, por isso, foi eleita, em 1991, como primeira coordenadora Nacional do MNU. Luiza também é fundadora do Projeto Raça e Democracia nas Américas, em parceria com a organização norte-americana Conferência Nacional de Cientistas Políticos Negros.

Programação
Estima-se que cerca de 1300 pesquisadores e convidados, do Brasil e do mundo, participem do congresso. Entre as atividades do evento, estão os seguintes seminários: III Seminário Internacional de Pesquisadores Negros; II Seminário de Iniciação Científica da ABPN; Simpósio da American Educational Research Association (AERA); VI Seminário Nacional e VIII Seminário Regional sobre Formação de Professores e Relações Étnico-Raciais.

Associação
Promovendo debates que visam à formulação, á implementação, ao monitoramento e à avaliação das políticas públicas para uma sociedade justa, a Associação Brasileira de Pesquisadores (as) Negros(as) – ABPN – constitui um dos órgãos fundamentais da rede de instituições que atuam na sociedade brasileira no combate ao racismo, ao preconceito e à discriminação racial. O órgão é composto por pesquisadores negros, cujo interesse é voltado para pesquisas acadêmicas em temas pertinentes à construção e ampliação do conhecimento, com temas de interesse das populações negras no Brasil, na África e em Diáspora.

Fonte:G1

+ sobre o tema

Beyoncé divulga capa do álbum Renaissance e fala sobre processo criativo: ‘Fuga durante tempo assustador’

Beyoncé apresentou nesta quinta-feira, 30 de junho, a capa de Renaissance,...

Vencedora de Oscar, Lupita Nyong’o faz homenagem a ex-Globeleza

Depois que o britânico "The Guardian" fez um documentário...

NILÓPOLIS: Semana da Consciência Negra

Fonte: Nilopólis Online -   A Semana da...

para lembrar

‘Trapaça’ e ’12 anos de escravidão’ vencem o Globo de Ouro 2014

A 71ª edição da premiação aconteceu neste domingo (12),...

Russia: Médico espanca paciente que estava na UTI e câmera registra tudo

Imagens perturbadoras são destaque na mídia russa; agredido morreu...

MPF pede manifestação do Estado sobre memória de João Cândido

O Ministério Público Federal no Rio de Janeiro solicitou...

Mandela deixa uma herança calculada em 10 milhões de reais

Quase dois meses depois de sua morte em Johannesburgo,...
spot_imgspot_img

Tony Tornado relembra a genialidade (e o gênio difícil) do amigo Tim Maia, homenageado pelo Prêmio da Música Brasileira

Na ausência do homenageado Tim Maia (1942-1998), ninguém melhor para representá-lo na festa do Prêmio da Música Brasileira — cuja edição 2024 acontece nesta quarta-feira (12),...

Segundo documentário sobre Luiz Melodia disseca com precisão o coração indomado, rebelde e livre do artista

Resenha de documentário musical da 16ª edição do festival In-Edit Brasil Título: Luiz Melodia – No coração do Brasil Direção: Alessandra Dorgan Roteiro: Alessandra Dorgan, Patricia Palumbo e Joaquim Castro (com colaboração de Raul Perez) a partir...

Violência contra territórios negros é tema de seminário com movimentos sociais em Salvador

Diante da escalada de violência que atinge comunidades negras e empobrecidas da capital e no interior da Bahia, movimentos sociais, entidades e territórios populares...
-+=