Instituto Marielle Franco pede proteção a candidatas negras e LGBTQIA+

Carta encaminhada aos presidentes de 13 partidos cobra a criação de mecanismos para proteger candidatas negras e LGBTQIA+

O Instituto Marielle Franco enviou, no último dia 13, uma carta aos presidentes de 13 partidos políticos de esquerda e de centro para cobrar a criação de mecanismos de proteção às candidatas negras e LGBTQIA+. O ofício foi encaminhado para PT, PSB, PDT, PSol, Rede, Solidariedade, PV, Cidadania, PCdoB, UP, PCO, PCB e PSTU.

O documento foi assinado por Anielle Franco, irmã da vereadora Marielle Franco e diretora do instituto, e relaciona seis sugestões para proteger candidatas de episódios de violência política de gênero e raça.

Entre as ideias listadas, o instituto cobra a adoção de “medidas para prevenir represálias internas contra aquelas mulheres que apresentarem queixas de assédio ou violência política cometida por integrantes do partido”.

Outra sugestão trata da “criação de quadros profissionais, dentro do partido, responsáveis exclusivamente pelas questões de segurança e proteção relacionadas às candidatas, em especial negras e LBTQIA+”.

O instituto pede para os partidos monitorarem as campanhas das candidatas, a fim de evitar episódios de violência dentro das siglas, e para ofertarem apoio jurídico e financeiro para proteger as filiadas. Por fim, o instituto exige alterações no estatuto das legendas para enfrentar e prevenir casos de violência política.

+ sobre o tema

Milhares tomam a Paulista para honrar a memória de Marielle Franco

Milhares tomam a Paulista para honrar a memória de...

Colaborador de vereador ouvido no caso Marielle Franco é assassinado no Rio

O corpo de Carlos Alexandre Pereira Maria, de 37...

Marielle Franco e as fake news

No dia 14 de março de 2018 o país...

Renata Souza leva adiante as lutas de Marielle Franco

Rio - Ex-chefe de gabinete da vereadora assassinada Marielle...

para lembrar

Homens gays, precisamos estar atento à nossa masculinidade tóxica

Que a masculinidade tóxica sempre foi um problema todos...

Levantamento mapeia discriminação por causa de orientação sexual no trabalho

Levantamento divulgado na última quarta-feira pelo LinkedIn - rede...

Caneladas do Vitão: Uma vez Anielle, sempre Marielle 2

Brasil, meu nego, deixa eu te contar, a história...

Quem mandou matar Marielle e por quê? 4 anos sem resposta é tempo demais!

Nesta segunda, completam quatro anos da perda brutal de...
spot_imgspot_img

Fórum da ONU em Genebra discute desenvolvimento econômico dos negros

No terceiro dia do 3º Fórum Permanente de Pessoas Afrodescendentes, promovido pela ONU, em Genebra, a ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco, destacou a importância...

Ministério da Igualdade Racial lidera ações do governo brasileiro no Fórum Permanente de Afrodescendentes da ONU

Ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco, está na 3a sessão do Fórum Permanente de Afrodescendentes da ONU em Genebra, na Suíça, com três principais missões: avançar nos debates...

Foi a mobilização intensa da sociedade que manteve Brazão na prisão

Poucos episódios escancararam tanto a política fluminense quanto a votação na Câmara dos Deputados que selou a permanência na prisão de Chiquinho Brazão por suspeita do...
-+=