terça-feira, agosto 9, 2022
InícioQuestões de GêneroMarielle FrancoInstituto Marielle Franco pede proteção a candidatas negras e LGBTQIA+

Instituto Marielle Franco pede proteção a candidatas negras e LGBTQIA+

Carta encaminhada aos presidentes de 13 partidos cobra a criação de mecanismos para proteger candidatas negras e LGBTQIA+

O Instituto Marielle Franco enviou, no último dia 13, uma carta aos presidentes de 13 partidos políticos de esquerda e de centro para cobrar a criação de mecanismos de proteção às candidatas negras e LGBTQIA+. O ofício foi encaminhado para PT, PSB, PDT, PSol, Rede, Solidariedade, PV, Cidadania, PCdoB, UP, PCO, PCB e PSTU.

O documento foi assinado por Anielle Franco, irmã da vereadora Marielle Franco e diretora do instituto, e relaciona seis sugestões para proteger candidatas de episódios de violência política de gênero e raça.

Entre as ideias listadas, o instituto cobra a adoção de “medidas para prevenir represálias internas contra aquelas mulheres que apresentarem queixas de assédio ou violência política cometida por integrantes do partido”.

Outra sugestão trata da “criação de quadros profissionais, dentro do partido, responsáveis exclusivamente pelas questões de segurança e proteção relacionadas às candidatas, em especial negras e LBTQIA+”.

O instituto pede para os partidos monitorarem as campanhas das candidatas, a fim de evitar episódios de violência dentro das siglas, e para ofertarem apoio jurídico e financeiro para proteger as filiadas. Por fim, o instituto exige alterações no estatuto das legendas para enfrentar e prevenir casos de violência política.

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench