Jéssicas: Cineasta procura histórias de mulheres, uma delas pode ser a sua

Como a  iniciativa é muito importante e interessante, o blog compartilha. Você conhece alguém ou passou pela experiência? Entra em contato.

Por Arísia Barros no Cada Minuto

A cineasta Ana Muylaert, diretora do filme Que horas ela volta? busca histórias reais de meninas que acessaram o ensino superior através dos programas de acesso que transformaram as universidades brasileiras na última década para a realização do documentário JÉSSICAS.

Aconteceu com você?

Conhece alguma amiga que conseguiu romper o ciclo histórico de poucas oportunidades de estudo e ingressou no ensino superior pelo PROUNI, COTAS ou FIES ?

Valem histórias de profissionais já formadas que estão no mercado nacional ou já ganharam o mundo e priorizo mulheres fora do eixo RJ-SP

 OBSERVAÇÃO IMPORTANTE: Por já ter encontrado muitas profissionais de humanas, priorizamos também histórias de profissionais de Ciências Exatas e Biológicas (medicina, tecnologia, engenharias, pessoal do mundo digital, da aeronáutica, computação… etc).

Envie um inbox contando sua história para a repórter Flávia Martinrlli https://www.facebook.com/flavia.martinelli.10

ou  na página:

https://www.facebook.com/jessicasofilme

+ sobre o tema

“E vocês meninas, como paqueram os homens?”

Assim. E como funciona! (mas pergunte-se: funciona pra quê?) O...

“Você quer ser mulher? Então vai apanhar como mulher”, dizem agressores a Gabe

Depois do segundo ataque que sofre este ano, o...

Brasil assina acordo internacional para apoiar jovens vítimas de violência sexual

Projeto irá ajudar outros países a estimular a inclusão...

para lembrar

Nota da AMNB sobre a Medida Provisória 557 de 26 de dezembro de 2011

A Articulação de Organizações de Mulheres Negras Brasileiras –...

Historiadora negra assume direção-geral do Arquivo Nacional

A historiadora e professora da Universidade de Brasília (UnB)...

Professora expulsa aluna que levou filha a universidade e turma deixa sala em protesto

Estudante de pedagogia da Universidade Estadual de Minas Gerais (UEMG) foi...

É hora de defender as mulheres negras que nos defendem!

Ao longo de toda a pandemia de Covid-19 os...
spot_imgspot_img

Aborto legal: ‘80% dos estupros são contra meninas que muitas vezes nem sabem o que é gravidez’, diz obstetra

Em 2020, o ginecologista Olímpio Moraes, diretor médico da Universidade de Pernambuco, chegou ao hospital sob gritos de “assassino” porque ia interromper a gestação...

Lançamento do livro “A importância de uma lei integral de proteção às mulheres em situação de violência de gênero”

O caminho para a criação de uma lei geral que reconheça e responda a todas as formas de violência de gênero contra as mulheres...

O que está em jogo com projeto que torna homicídio aborto após 22 semanas de gestação

Um projeto de lei assinado por 32 deputados pretende equiparar qualquer aborto realizado no Brasil após 22 semanas de gestação ao crime de homicídio. A regra valeria inclusive para os...
-+=