Guest Post »

Revelação literária do Zimbábue, Rutendo Tavengerwei participa de eventos no Brasil

A jovem escritora estará neste mês em mesa de conversa na 2ª Festa Literária Internacional do Pelourinho (FLIPELÔ), em Salvador, e realizará bate-papo com blogueiras no Sesc Avenida Paulista

Por Jorge Ialanji Filholini para o Portal Geledés 

Imagem enviada para o Portal Geledés (Divulgação)

A jovem escritora e revelação literária do Zimbábue, Rutento Tavengerwei, estará no Brasil neste mês para participar da 2ª Festa Literária Internacional do Pelourinho (FLIPELÔ), que acontecerá de 8 a 12, em Salvador. O encontro, ao lado da historiadora Luiza Reis, será na quinta-feira (9), às 18h00, no Teatro do Sesc-Senac. Durante o evento, a autora, que lançou recentemente no Brasil pela Kapulana o romance young adult Esperança para voar, conversará sobre a sua obra de estreia, assim como o seu processo criativo, a construção da narrativa, das personagens, a repressão onde cresceu, no Zimbábue de 2008, ano em que o país sofreu uma forte crise financeira e política.

Antes, em São Paulo, a escritora realiza, na terça-feira (7), às 19h00, no Sesc Avenida Paulista, uma mesa de conversa sobre literaturas africanas, influências culturais e do enredo de seu romance, ao lado das blogueiras Lu Bento (A Mãe Preta e do canal Quilombo Literário), e Bianca Gonçalves (do blog “Bianca não é branca” e do projeto “Leia Mulheres Negras”).

Em Esperança para voar, Rutendo narra a história de amizade de duas adolescentes. Depois de anos morando no Reino Unido, Shamiso precisa voltar para o Zimbábue após a morte do pai, jornalista de oposição ao regime ditatorial da época. A obra apresenta um lugar destroçado pela corrupção e pelo autoritarismo, mas amado por seu povo resiliente. Abre-se um enredo sobre como jovens do século XXI enfrentam perdas, rupturas, dores, miséria e autoritarismo. Delicado e emocionante, ao mesmo tempo em que nos apresenta um cenário africano com muita musicalidade, a obra é contada de forma a mostrar que aqueles fatos poderiam ter ocorrido em qualquer país, em qualquer tempo.

 “Quando refleti sobre 2008, percebi que a maioria das minhas lembranças e a maneira como eu via o mundo era da perspectiva de uma adolescente, então fez sentido para mim que as protagonistas fossem adolescentes”, explicou Rutendo. “Ainda mais porque lições sobre esperança e perseverança são importantes, e eu queria compartilhá-las especialmente com o público jovem”, concluiu.

Divulgação

Sobre a autora

Rutendo Tavergerwei – jovem escritora africana nasceu, cresceu e estudou no Zimbábue, onde morou até os 18 anos. Continuou, então, seus estudos na África do Sul, na área de Direito na Universidade de Witwatersrand, onde recebeu o diploma de especialização em Direito Comercial Internacional. Na Suíça, completou um Mestrado no World Trade Institute, Universidade de Berna. Atualmente, trabalha na Organização Mundial do Comércio, em Genebra. Esperança para voar (Hope is our only wing) é seu primeiro livro de ficção publicado no Brasil em 2018, pela Kapulana.

Serviço – Rutendo Tavengerwei no Brasil

Sesc Avenida Paulista (Biblioteca – 15º andar)

Data: 7 de agosto, terça-feira

Horário: 19h00

EndereçoAv. Paulista, 119 – Bela Vista, São Paulo – SP

Mais informaçõeshttps://www.sescsp.org.br/programacao/161881_VOZES+DA+AFRICA+RUTENDO+TAVENGERWEI

2ª Festa Literária Internacional do Pelourinho (FLIPELÔ)

Data: 9 de agosto, quarta-feira

Horário: 18h00

Local: Teatro Sesc-Senac Pelourinho

EndereçoLargo do Pelourinho, 19 – Pelourinho, Salvador – BA

Mais informaçõeswww.flipelo.com.br


** Este artigo é de autoria de colaboradores ou articulistas do PORTAL GELEDÉS e não representa ideias ou opiniões do veículo. Portal Geledés oferece espaço para vozes diversas da esfera pública, garantindo assim a pluralidade do debate na sociedade.

Artigos relacionados