Jharrel Jerome vence Emmy de Melhor Ator por papel em “Olhos que Condenam”

Jerome vence Melhor Ator Principal em Série Limitada.

Por Vinicius Voutsinas, do Rap Mais 

Jharrel Jerome (Foto: MICHAEL BUCKNER/VARIETY/SHUTTERSTOCK)

Na noite de domingo, Jharrel Jerome, de 21 anos, levou para casa um Emmy Award em sua primeira indicação, depois de ganhar a honra de Melhor Ator Principal em uma Série Limitada por sua interpretação de Korey Wise na Netflix e da série Olhos que Condenam de Ava DuVernay, a dramática recontagem dos eventos em torno do caso do Central Park Five.

Marcou a primeira indicação ao Emmy de Jerome e, posteriormente, sua primeira vitória. Com os agora Cinco Exonerados em sua presença, Jerome agradeceu sua família e os cinco homens cujas histórias foram a base da plataforma que o levou a esse ponto.

“É por isso que eu orei – eu queria isso para os cinco homens”, disse Jerome ao The New York Times sobre o sucesso da série antes da premiação. “Rezei para que o título fosse concretizado e que realmente víssemos esses homens por quem eles são, pelo nome, não pelo apelido dado a eles, ‘os 5 do Central Park’. Então, em termos de ver o impacto chegar ao mundo, existe um trabalho para mim. Mesmo que apenas uma pessoa diga ‘Uau, eu posso me relacionar e posso sentir’ – isso me emociona. É a maior bênção e vai além de qualquer indicação e prêmio. Por isso, estou feliz agora.”

+ sobre o tema

Seu cafezinho tem trabalho escravo?

Só continue a ler este artigo se você tomou...

Omindarewá e as mães do Candomblé

Semana passada perdemos Mãe Gisele Omindarewá. Marroquina de cidadania...

Apresentação histórica de Kendrick Lamar na Casa Branca

Apresentação histórica de Kendrick Lamar na Casa Branca. Assista...

para lembrar

‘O Pequeno Príncipe Preto’ e a busca por representatividade

O ator Junior Dantas (RN) sentiu ainda na infância...

Cultura negra e educação quilombola

Fonte: Írohín Jornal Online Sob o título geral de "As...

Parlamento alemão lembra vítimas do genocídio em Ruanda

Merkel e o ministro do Exterior, Frank-Walter Steinmeier,...

Estudo diz que hip hop foi mais revolucionário que Beatles

Acadêmicos da Queen Mary University of London e do...
spot_imgspot_img

Rihanna já tem atriz favorita para possível cinebiografia

Rihanna está se antecipando em relação a como quer ser vista, caso sua história venha a ser uma cinebiografia em algum momento do futuro. A cantora...

Tony Tornado relembra a genialidade (e o gênio difícil) do amigo Tim Maia, homenageado pelo Prêmio da Música Brasileira

Na ausência do homenageado Tim Maia (1942-1998), ninguém melhor para representá-lo na festa do Prêmio da Música Brasileira — cuja edição 2024 acontece nesta quarta-feira (12),...

Sambista ligada ao rap, Leci Brandão rebate críticas de Ed Motta: ‘Elitista’

Leci Brandão, 79, rebateu com estilo as recentes declarações de Ed Motta, que chamou de "burros" os fãs de hip hop, "sem exceção". Sem citar...
-+=