sexta-feira, agosto 14, 2020

    Tag: ator

    Silvio Guindane Foto: EduViana! / O Globo

    ‘Se saio desarrumado, acham que sou pedinte’, diz ator e roteirista Silvio Guindane

    Diretor, roteirista e ator, Silvio Guindane vai interpretar um inspetor no filme “A vida de cada um”, de Murilo Salles. O roteiro é inspirado no romance policial “Na Multidão”, de Luiz Alfredo Garcia-Roza, morto em abril. A história de uma série de crimes no bairro de Copacabana é contada pela perspectiva de Weber, personagem de Silvio. Hoje, aos 36, ele dirige “O Dono do Lar”, no Multishow; protagoniza a série “A Divisão”, da Globoplay, e está no elenco principal da série “Segunda Chamada”, da Globo. No teatro, vai dirigir Caco Ciocler e Thiago Lacerda na peça “Tempo de Despertar” e começa os ensaios com eles em agosto (se a pandemia deixar). Silvio também escreveu o roteiro de um filme que promete: a cinebiografia de Eike Batista. Produzido por Mariza Leão, o longa será rodado em 2021. Se hoje é um profissional respeitado e requisitado, ele conta que, ainda na infância, ...

    Leia mais
    (Axelle/Bauer-Griffin/Colaborador/Getty Images)

    Saiba quem é Billy Porter, ator que sempre se destaca no tapete vermelho

    O ator venceu o Emmy e emocionou o público com seu discurso No Claudia Billy Porter (Foto: Axelle/Bauer-Griffin/Colaborador/Getty Images) Quem acompanha as grandiosas premiações de música, cinema e TV, sempre acaba surpreendido por uma figura masculina, cheia de personalidade e looks que chamam a atenção. Estamos falando de Billy Porter, cantor e ator americano, que começou nas telinhas com papéis pequenos até chegar ao seu glorioso auge na série Pose, dando vida ao personagem Pray Tell, um mestre de cerimônia gay que mora em Nova York e é referência na comunidade LGBT local. Billy Porter no Critic’s Coice Awards 2020 (George Pimentel/Getty Images) Na vida real, Porter também é assumidamente homossexual, tem 50 anos e nasceu em Pittsburgh, nos Estados Unidos. Sua carreira artística teve início nos palcos e, com o musical Kinky Boots, ele venceu o Tony em 2013. A premiação ...

    Leia mais
    Eddie Murphy recebe o prêmio por sua carreira nos palcos do Critics' Choice Awards - TNT

    Eddie Murphy recebe prêmio pela carreira no Critics’ Choice Awards: ”Poder ganhar a vida como ator é um privilégio”

    Ator ainda relembrou papéis engraçados nas telonas e foi ovacionado nos palcos No Exitoína Eddie Murphy recebe o prêmio por sua carreira nos palcos do Critics' Choice Awards - TNT Eddie Murphy foi honrado na noite deste domingo (12) no Critics' Choice Awards com o prêmio Lifetime Achievement, que premia o conjunto pela sua carreira em vida. Nos palcos da premiação, o ator de 58 anos relembrou papéis que realizou aos longos do ano e do quanto se orgulha de fazer parte dessa indústria. Ovacionado pela platéia, ele brincou com filmes que já fez. ''Já interpretei policiais, ladrões, já fui médico, professor. Já fui animais, já fui um burro. Eu interpretei até uma espaçonave uma vez, mas não funcionou muito bem'', disse. Ele ainda brincou e falou que não recomenda aos colegas atores a interpretarem espaçonaves. O ator, que ainda foi indicado ao prêmio de Melhor ...

    Leia mais
    MICHAEL BUCKNER/VARIETY/SHUTTERSTOCK

    Jharrel Jerome vence Emmy de Melhor Ator por papel em “Olhos que Condenam”

    Jerome vence Melhor Ator Principal em Série Limitada. Por Vinicius Voutsinas, do Rap Mais  Jharrel Jerome (Foto: MICHAEL BUCKNER/VARIETY/SHUTTERSTOCK) Na noite de domingo, Jharrel Jerome, de 21 anos, levou para casa um Emmy Award em sua primeira indicação, depois de ganhar a honra de Melhor Ator Principal em uma Série Limitada por sua interpretação de Korey Wise na Netflix e da série Olhos que Condenam de Ava DuVernay, a dramática recontagem dos eventos em torno do caso do Central Park Five. Marcou a primeira indicação ao Emmy de Jerome e, posteriormente, sua primeira vitória. Com os agora Cinco Exonerados em sua presença, Jerome agradeceu sua família e os cinco homens cujas histórias foram a base da plataforma que o levou a esse ponto. “É por isso que eu orei – eu queria isso para os cinco homens”, disse Jerome ao The New York Times sobre o sucesso ...

    Leia mais
    Crédito: Henrique Oda / Divulgação

    Entrevista com Alexandre Rodrigues, o Buscapé de Cidade de Deus

    Alexandre Rodrigues, que surgiu como o protagonista de ”Cidade de Deus”, fez do tempo em que precisou ser Uber um laboratório humano Por MANUELA AQUINO, da Trip Crédito: Henrique Oda / Divulgação Você vai olhar a foto do ator Alexandre Rodrigues e pensar na hora no filme Cidade de Deus. Apesar de ter sido lançado em 2002, o longa marcou o cinema nacional e é lembrado até hoje. Também marcou a trajetória do ator que viveu, de uma hora para outra, um sucesso absurdo como Buscapé, protagonista e narrador do filme. Você também pode olhar a foto e pensar “ah, é aquele ator que virou Uber”. Isso porque Alexandre, em uma época de pouco trabalho, precisou se virar para pagar as contas. Meses atrás, uma passageira postou uma selfie com ele no carro e a história viralizou. Para ele, é um trabalho como outro qualquer para conseguir tirar ...

    Leia mais
    blank

    ‘Feito na raça’, diz Lázaro Ramos sobre filme do Bando de Teatro Olodum

    Ator e diretor baiano convidou todo mundo a assistir ao documentário que estreia dia 4 de setembro Do Correio24horas (Fotos: Bob Wolfenson e Isabel Gouvea/Divulgação)   O ator e diretor baiano Lázaro Ramos postou uma mensagem emocionada sobre o documentário 'Bando, um Filme De', que estreia dia 4 de setembro no Rio de Janeiro, durante o festival Encontro de Cinema Negro Zózimo Bulbul – Brasil, África e Caribe. "Tô aqui pra falar de um assunto muito especial - botei até uma roupinha mais ajeitadinha pra falar disso", brincou no vídeo postado no Facebook, antes de falar com seriedade sobre o filme dirigido por ele e Thiago Gomes, com produção de Susan Kalik. "Estou aqui falando com vocês particularmente porque esse documentário é muito importante. É uma história que muita gente não conhece, que está escondida pra muitas pessoas, mas a gente que viveu sabe da importância ...

    Leia mais
    (Smiley N. Pool/The Dallas Morning News)

    Denzel Washington revela estar “feliz” por seu filho largar a carreira de jogador de futebol

    Durante uma entrevista à People, Denzel Washington revelou que está muito contente em saber que seu filho, John David, decidir largar a carreira de jogador de futebol americano. Por PEDRO VIEIRA, do Observatório do Cinema  Denzel Washington e John David  (Foto: Smiley N. Pool/The Dallas Morning News) O motivo da alegria do ator é que segundo ele, David sofria muitas contusões durante as partidas, já tendo até mesmo quebrado a clavícula. “Estou feliz que acabou bem”. John era jogador da Los Angeles Rams da NFL, a principal liga de futebol americano dos Estados Unidos. Atualmente, ele resolveu seguir os passos do pai como ator e já foi visto na série Ballers, na qual interpreta justamente um atleta. Washington deve ser visto em breve nos cinemas no filme O Protetor2. O ator resolveu até mesmo fazer leiloar uma sessão VIP do filme para arrecadar fundos para uma instituição de caridade. O Protetor 2 ...

    Leia mais
    Publicity still of Academy Award winning actor Sidney Poitier holding the Oscar for his role in 'Lilies of the Field,' 1964. (Photo by John D. Kisch/Separate Cinema Archive/Getty Images)

    A jornada inspiradora de Sidney Poitier, o 1º ator negro a ganhar o Oscar

    No dia 13 de abril de 1964, astro imprimiu seu nome na História do cinema ao ser premiado pela Academia. Por  Amauri Terto, do HuffPost Brasil JOHN D. KISCH/SEPARATE CINEMA ARCHIVE VIA GETTY IMAGES "Foi uma longa jornada até este momento." São com essas palavras, um sorriso irradiante e ar de surpresa que Sidney Poitier inicia seu breve discurso na cerimônia do Oscar de 13 de abril de 1964. Naquele dia, ele se tornou o primeiro artista negro norte-americano a ganhar o Oscar de Melhor Ator. A conquista foi fruto de seu trabalho em Uma Vez Nas Sombras (1963), filme no qual interpreta um generoso operário da construção civil. É fato que a Academia já havia premiado um artista negro antes. Em 1940, Hattie McDabiel ganhou o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante pelo papel da governanta Mammy em E O Vento Levou. A estatueta da atriz, no entanto, é vista hoje com menos brilho, uma vez que ...

    Leia mais
    foto: Maurício Fidalgo/Glob

    Nova temporada de Mister Brau abordará racismo, refugiados e Lava-Jato

    Para Taís Araújo, comédia é útil para debater temas pesados. Série também vai abordar questões sobre feminismo e conflito familiar Do UAI foto: Maurício Fidalgo/Globo Uma cantora famosa internacionalmente é o destino de Michele, personagem de Taís Araújo, na quarta temporada de Mister Brau, com previsão de estreia em abril, na Globo. Com essa nova fase, Brau (LázaroRamos) e a própria estrutura familiar ficarão abalados. Para a atriz, abordar o empoderamento feminino na série era necessário, mas isso não significa que a história terá mais foco nela nos próximos episódios. “O Brau não perde o protagonismo! A gente está contando a trajetória desse cantor que fica sem a identidade artística de repente. Aí, quando ele fracassa, para ter um conflito, a sua mulher, que estava sempre na infraestrutura da carreira do marido, acontece. Ela bomba para que a gente possa discutir essa demanda toda da sociedade e também para se criar um confronto real dentro da casa”, adianta Taís. À medida ...

    Leia mais
    blank

    Camila Pitanga dirige documentário sobre o pai e o apresenta no Festival do Rio

    A vida do ator Antonio Pitanga, pai da atriz Camila Pitanga é tema do documentário que estreia no festival de cinema do Rio de Janeiro 2016 Do iG  Artista da época mais inquietante do cinema brasileiro, Antonio Pitanga ganha documentário que retorna no tempo para investigar o percurso estético, político e existencial do ator do Cinema Novo. Através das suas interpretações históricas, Pitanga construiu uma narrativa mitológica própria que está documentada em mais de 60 filmes que participou durante a sua carreira. O ator trabalhou ao lado de diretores emblemáticos do cinema brasileiro, como Glauber Rocha, Cacá Diegues e Walter Lima Jr. Pitanga sempre foi reconhecido por sua expressão corporal particular, espontânea, além de se colocar politicamente de forma bastante atuante no contexto social da época. O documentário é uma forma de homenagear e recolher testemunhos que colaborem para a construção de uma história de 75 anos dedicada à arte ...

    Leia mais
    blank

    Mostra destaca a contribuição de Zózimo Bulbul para a cultura negra

    O ator e cineasta Zózimo Bulbul, que morreu em janeiro de 2013, aos 75 anos, ganha nesta Semana da Consciência Negra  uma exposição em sua homenagem no Centro Cultural Justiça Federal (CCJF), no Rio de Janeiro. A mostra Zózimo Bulbul – Uma Alma Carioca, uma Celebração à Vida e ao Orgulho da Origem Africana, aberta na noite de hoje (18), mostra, em fotos e filmes, a trajetória do artista e de sua contribuição para a afirmação da cultura negra. Zózimo Bulbul foi primeiro ator negro a protagonizar uma novela na televisão brasileira, Vidas em Conflito, na extinta TV Excelsior, em 1969. No cinema, atuou ao longo de 50 anos de carreira em mais de 30 filmes e foi diretor em 12, entre curtas, médias e longas-metragens. Criou o Centro Afro Carioca de Cinema, responsável por um evento anual que promovia a aproximação entre cineastas brasileiros, africanos e caribenhos. “Com esta ...

    Leia mais
    blank

    Geração Brasil: Danilo Ferreira celebra primeiro papel na TV

    Com olhar de menino e postura de quem já batalhou muito para chegar à TV, Danilo Santos Ferreira garante que está vivendo o melhor momento de sua carreira. Após estrear em 2012 como parte integrante do elenco de apoio de Malhação, o intérprete do Mathias, de Geração Brasil, ainda não está totalmente acostumado à ideia de atuar ao lado de seus ídolos. "Gravei um vídeo, na época de Malhação, falando que meu sonho era contracenar com Lázaro Ramos. Não achei que fosse acontecer tão rápido", contou, empolgado. Mas, para ele, além da própria satisfação, o seu personagem tem uma importante função social. Na trama de Izabel de Oliveira e Filipe Miguez, além de debater temas como racismo, Mathias é o retrato da "geração nem-nem", gíria aplicada a jovens que nem trabalham, nem estudam. "Tivemos workshops sobre os temas que a novela ia retratar e estudei muito sobre essa nova geração. São jovens, às vezes, ...

    Leia mais
    Veterano ator James Earl Jones volta aos palcos da Broadway

    Veterano ator James Earl Jones volta aos palcos da Broadway

    Aos 83 anos, artista participará de remontagem do espetáculo "You Can't Take It With You" Vencedor de dois prêmios Tony, o Oscar do teatro norte-americano, o ator James Earl Jones retorna aos palcos de Nova York no mês que vem como o ecêntrico avô da comédia romântica dos anos 1930 "You Can't Take It With You" em uma remontagem com a atriz australiana Rose Byrne, que faz sua estreia na Broadway. A peça, que conta a história de uma família norte-americana amorosa, mas estranha, venceu o prêmio Pulitzer em 1937. A pré-estreia acontece em 26 de agosto, e o espetáculo entra em cartaz em 28 de setembro por um período de 19 semanas. Jones, que atuou na Broadway pela última vez em uma reencenação de "The Best Man", de Gore Vidal, em 2012, lidera um elenco multiracial no papel de Martin Vanderhof, um patriarca avesso a pagar impostos. “A peça ...

    Leia mais
    blank

    Camaronês que quase foi morto em mina de diamantes vira ator no Brasil

    Os camaroneses Melanito Biyouha e Tommy Germain realizaram sonhos no Brasil (Foto: Flavio Moraes/G1) Tommy Germain foi confundido com ladrão em Angola e fugiu para SP. Apesar do amar o Brasil, ele vai torcer por Camarões nesta segunda-feira. Por:Gabriela Gasparin O caminho que levou o camaronês Tommy Germain, de 38 anos, a virar ator no Brasil é tão sofrido que ele diz que não gosta nem de lembrar. Há cerca de 15 anos, deixou seu país rumo a África do Sul, mas nunca chegou ao destino. No meio do caminho, ficou preso na Angola, que estava em guerra civil. Lá, trabalhou por quatro anos em minas de diamante para sobreviver. Viu pessoas morrerem, quase foi morto por engano e sua família chegou a achar que ele havia morrido. Em 2005, após o fim da guerra na Angola, veio ao Brasil e quis fazer teatro após assistir novelas na TV. Vive ...

    Leia mais
    Sidney Santiago Kuanza leva afetividade negra ao palco

    Sidney Santiago Kuanza leva afetividade negra ao palco

    por Igor Giannasi  Com passagens pelo cinema e pela tevê, ator elege o teatro para si e reestreia 'Engravidei, Pari Cavalos e Aprendi a Voar sem Asas' no Centro Cultural da Juventude Sidney Santiago Kuanza recusa estereótipos étnicos. Ele se vê como um investigador das questões raciais que, por acaso, é ator, desde a Escola de Arte Dramática, na USP. “Se consegui legitimidade para dizer o que sou e desejo do mundo, isso ocorreu porque tive uma passagem pelo Movimento Negro, por entender que o País precisa ser justo”, afirma ele, fundador, em 2005, da companhia Os Crespos. Nascido entre pescadores da Praia do Perequê, no Guarujá, o ator de 29 anos cresceu rodeado pela cultura afro. A mãe era baiana e o pai, de origem turca. O sobrenome Kuanza adotou em 2010 para simbolizar o resgate das origens africanas, após atuar em Angola com arte-educação. Trabalhos no teatro, com os ...

    Leia mais

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Facebook

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist