quarta-feira, setembro 28, 2022
InícioQuestão RacialCasos de RacismoJogador do Cádiz é alvo de racismo no Campeonato Espanhol e repreende...

Jogador do Cádiz é alvo de racismo no Campeonato Espanhol e repreende agressor

Carlos Akapo saía de campo após ser substituído, quando torcedor do Granada fez gesto imitando macaco. Jogador parou e o repreendeu. Granada anuncia investigação

Fonte: Do ge

O zagueiro Carlos Akapo, do Cádiz, foi alvo de racismo em jogo contra o Granada, nesta segunda-feira, pelo Campeonato Espanhol.

Ao ser substituído no segundo tempo, Akapo deixou o campo pela linha de fundo e passou perto de torcedores do Granada. Um deles fez gestos imitando um macaco. Akapo viu, parou na frente dele e o repreendeu.

– É preciso erradicar o racismo. É lamentável que em 2022 haja atos assim em um campo de futebol. É preciso dar exemplo também na arquibancada. Sei que foram quatro idiotas, mas não podemos dar esse exemplo às crianças e a todas as pessoas – disse Akapo nas redes sociais.

Após o jogo, que terminou empatado em 0 a 0, o Granada divulgou uma nota oficial condenando o ato e afirmou que iniciará uma investigação sobre o ocorrido.

– O Granada condena energicamente todo ato de racismo e não irá tolerar em seu estádio nenhum comportamento que reflita uma atitude intolerante ou discriminatória com os jogadores ou torcedores que vão a nosso estádio – diz um trecho do comunicado.

Akapo nasceu em Elche, na Espanha, mas defende a seleção da Guiné Equatorial desde 2013. Ele está no Cádiz desde 2019. Antes, passou por Numancia, Valencia e Huesca.

Akapo disputa a bola com Neva, do Granada, durante jogo do Cádiz (Foto: EFE)

Confira o comunicado completo do Granada:

“O Granada condena energicamente todo ato de racismo e não irá tolerar em seu estádio nenhum comportamento que reflita uma atitude intolerante ou discriminatória com os jogadores ou torcedores que vão a nosso estádio.

O clube iniciou uma investigação e tomará as medidas pertinentes para punir com firmeza estas condutas, que não representam os valores do Granada nem de seus torcedores.

O Granada mantém tolerância zero diante de todo tipo de manifestações racistas e orgulha de uma torcida que sempre mostrou respeito com os clubes e torcedores rivais.”

Foto em destaque: Reprodução/ ge

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench