John Boyega responde a críticas por stormtrooper negro em ‘Star Wars’: ‘Acostumem-se com isso’

Trailer foi divulgado na última sexta-feira e já tem mais de 33 milhões de visualizações

No O Globo 

Os primeiros segundos do trailer de “Star Wars: Episódio VII – O Despertar da Força” deixaram alguns fãs perplexos por uma questão que, bem, não deveria ser uma questão. Muitos criticaram a aparição de um stormtrooper negro no início do vídeo.

A cena traz John Boyega, jovem ator de 22 anos que será o protagonista do filme, surgindo no meio do deserto vestido com a armadura dos soldados do Império. Boyega usou o Instragram para responder os comentários racistas de que tem sido vítima.

“Acostumem-se com isso”, escreveu o ator inglês de 22 anos.”Obrigado a todos pelo amor e apoio! As mensagens e artes dos fãs me encheram de alegria! Não é uma loucura que ‘Star Wars’ esteja acontecendo de verdade? Estou no filme, mas como um fã de ‘Star Wars’ estou muito empolgado. Um ano é bastante tempo, mas a espera valerá a pena”.

Outros fãs se ocuparam de especular se o personagem de Boyega será de fato um stormtrooper ou se apenas aparece no longa disfarçado.

O vídeo promocional foi divulgado na última sexta-feira e já contabiliza mais de 33 milhões de visualizações e elogios sobre o uso de bonecos no lugar dos efeitos digitais.

A estreia do novo capítulo da saga, assinado por J.J. Abrams, tem previsão de estreia mundial para dezembro de 2015.

+ sobre o tema

Agência de modelos gera polêmica ao publicar anúncio para cliente: ‘pele branca’.

Internautas revoltados tomaram conta da página, no Facebook. Veja...

Parece preconceito. E é

Louro e de olhos azuis, Kadu Niemeyer, fotógrafo e...

‘Vem seu preto safado’: universitário acusa adversário de racismo durante torneio em MG

A Associação Atlética Acadêmica Engenharia da Universidade Federal de Uberlândia (AAAE) foi...

Adolescente chamada de “macaca” ganha bolsa em escola particular

Diretora de colégio no Boqueirão procurou a mãe e...

para lembrar

‘Virou moda ser intolerante’, diz ativista contra o racismo no futebol

Documentar casos de racismo, homofobia, xenofobia e outras formas...

Pichação ‘Fora brancos’ e casos de racismo acirram debate na UFPA

Alunos negros relatam episódios de racismo. Instituição irá abordar...

Estudantes da UnB criam página para denunciar preconceito de professores

Alunos de relações internacionais ironizam suposto destaque da graduação. Regra...

Chicotear negro pobre é permitido no país que celebra o racismo e a tortura

Um jovem negro foi despido, amordaçado e chicoteado por...
spot_imgspot_img

Como é a vida para as mulheres no último país da África sob colonização

Ainda hoje há um país africano colonizado. O Saara Ocidental está ocupado pelo Marrocos desde 1976, depois de quase 90 anos de invasão espanhola, e esteve em guerra...

Revolucionário, mas não é para todos

Passei os últimos dias pensando no significado e na profundidade de uma postagem que li numa rede social contendo a afirmação: "Descansar é revolucionário!"....

‘Nossa missão é racializar as políticas públicas em todo país’

Nomeado recentemente  como novo secretário de gestão do Sistema Nacional de Promoção da Igualdade Racial (Sinapir), o jornalista baiano Yuri Silva tem uma tarefa...
-+=