Jornalista inglês estranha ‘elite branca’ nos jogos da Copa

Enviado por Pedro Penido dos Anjos

Do Tijolaço

Imprensa inglesa estranha “elite branca” nos estádios

por Miguel do Rosário

O jornal The Guardian fez uma crítica interessante à Copa que até agora não mereceu nenhum comentário de nossa imprensa. Matéria assinada por David Goldblatt fala que, enquanto os gramados (em inglês, pitch) mostram a miscigenação intensa dos países latino-americanos, cujas seleções tem se destacado no torneio, as arquibancadas (stands, em inglês) contam uma “história diferente”.
Chamou a atenção do repórter (eu também já havia reparado nisso, mas na torcida brasileira), a hegemonia absoluta de cidadãos de ascendência europeia nas torcidas das nações latinas.
É evidente que o fato reflete as desigualdades históricas no continente, uma realidade que explica a emergência de governos populares, progressistas, com políticas públicas visando mudar esse quadro.
A matéria faz informações e análises bem mais completas do que o resumo deste post. O problema não acontece apenas nas torcidas latino-americanas, mas de quase todos os países.
Houve incidentes de racismo entre argentinos e mexicanos e observou-se a presença de faixas com inscrições de extrema-direita ou mesmo fascistas, entre torcedores da Croácia e da Rússia.
Ao final, o jornalista alerta que o mundo deveria se preocupar, na organização de um evento que deveria celebrar a diversidade, a paz e o pluralismo, em aumentar a diversidade social e étnica das torcidas.

+ sobre o tema

Brizola e os avanços que o Brasil jogou fora

A efeméride das seis décadas do golpe que impôs...

Milton Nascimento será homenageado pela Portela no carnaval de 2025

A Portela, uma das mais tradicionais escolas de samba...

Saiba os horários das provas do Concurso Nacional Unificado

Os mais de 2,5 milhões de candidatos inscritos no...

Aluno africano denuncia racismo em mensagem com suásticas nazistas na UFRGS; polícia investiga

Um estudante africano da Universidade Federal do Rio Grande do Sul...

para lembrar

“A herança dos últimos 15 anos foi a ascensão dos excluídos”

Presidente do Ipea critica os vícios do pensamento brasileiro por...

Unidade latino-americana sem negros não serve, por Cidinha da Silva

Por Cidinha da Silva Por que você me chutou? Pergunta...

Os brasileiros na Rússia: o assédio sem fronteiras

Em sua nova coluna, Débora Diniz comenta o caso...
spot_imgspot_img

Nike permite Jesus e Cristo, mas veta Exu e Ogum de camisas da seleção brasileira

A customização das camisas da seleção brasileira já havia causado controvérsia por conta do veto a nomes de políticos, como Lula e Bolsonaro, ou...

Caso Miguel: Sari Corte-Real é condenada a 8 anos e seis meses de prisão

Sari Corte-Real foi condenada a oito anos e seis meses de prisão por abandono de incapaz com resultado morte pelo óbito de Miguel Otávio de...

Xenofobia e migração: os africanos são europeus só para o futebol

Inglaterra, França e Bélgica, três das quatro nações semifinalistas da Copa do Mundo da Rússia, têm em seus elencos uma grande quantidade jogadores de...
-+=