Jovem de 19 anos é condenada a prisão perpétua por matar homem que a estuprou

Além do crime de estupro, filmado por ele, Randy Volar vendeu Chrystul Kizer ao tráfico sexual quando ela tinha 16 anos

Da Revista Fórum

Imagem retirada do site Revista Fórum

A jovem americana Chrystul Kizer, de 19 anos, foi condenada a prisão perpétua pela Justiça de Wisconsin por matar Randy Volar, 33, que a estuprou múltiplas vezes e a vendeu ao tráfico sexual quando ela tinha somente 16 anos. A jovem confessou o crime e alegou legítima defesa, mas o argumento não foi aceito pelo juiz do caso.

Chrystul não foi a única jovem que Volar estuprou. Ele foi preso em fevereiro de 2018 por assédio sexual contra menores, mas a polícia o liberou sem a necessidade de pagar fiança. O estuprador ficou livre por mais três meses, mesmo com diversas denúncias de abuso contra meninas negras.

O assassinato de Volar aconteceu em 5 de junho de 2018, quando Chrystul, aos 17 anos, disparou dois tiros em sua cabeça em sua casa em Kenosha, Wisconsin. Após a morte, ela queimou o corpo e fugiu com o carro do estuprador. A jovem confessou o crime poucos dias depois, alegando legítima defesa, já que Volar a abusou novamente no dia do assassinato.

A promotoria, no entanto, alega que Chrystul planejou o crime e que sua prática configura em homicídio doloso de primeiro grau, algo que leva à prisão perpétua no estado. O caso da jovem abriu um debate nos Estados Unidos sobre o racismo e machismo na justiça americana. Uma petição foi aberta no site Change.org para que o juiz do caso anule todas as condenações contra ela.

Com informações do Washington Post.

+ sobre o tema

Conheça dez mulheres negras que fizeram história na América Latina e no Caribe

Em 25 de julho de 1992, Santo Domingo, capital...

Livro “As Lendas de Dandara” será lançando em São Paulo

As Lendas de Dandara é um livro que mistura...

RJ: mulher é condenada a indenizar ex-marido por agressão

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro manteve...

Para uma Estética das Mulheres Erradas

Na sociedade falocêntrica, os homens são as réguas. Mesmo com todo...

para lembrar

Netflix demite Kevin Spacey de ‘House of Cards’ após denúncias de assédio

A empresa e a produtora da série vão avaliar...

“Testemunhar histórias explorando o que nos conecta e encontrando ressonâncias”

“Quando acordou, sabia que não seria mais uma presa...

Mulheres negras vestem o empoderamento em coleção de designer mineira

A marca Lolita az avessas lança a coleção Protagonista...

Maioria das prostitutas detidas na Espanha é brasileira

Em 2009, oito em cada 10 prostitutas presas na...
spot_imgspot_img

Aborto legal: ‘80% dos estupros são contra meninas que muitas vezes nem sabem o que é gravidez’, diz obstetra

Em 2020, o ginecologista Olímpio Moraes, diretor médico da Universidade de Pernambuco, chegou ao hospital sob gritos de “assassino” porque ia interromper a gestação...

Lançamento do livro “A importância de uma lei integral de proteção às mulheres em situação de violência de gênero”

O caminho para a criação de uma lei geral que reconheça e responda a todas as formas de violência de gênero contra as mulheres...

O que está em jogo com projeto que torna homicídio aborto após 22 semanas de gestação

Um projeto de lei assinado por 32 deputados pretende equiparar qualquer aborto realizado no Brasil após 22 semanas de gestação ao crime de homicídio. A regra valeria inclusive para os...
-+=