Jovem é morto por policiais enquanto tomava café em favela do Rio de Janeiro

Caetano, de 27 anos, foi rendido e alvejado por PMs do 41º Batalhão no Chapadão, conjunto de favelas na Zona Norte da capital fluminense, na manhã de quarta-feira (07/09)

no Ponte

Policiais do 41º Batalhão (Irajá) da PMERJ (Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro) mataram a tiros Caetano, de 27 anos, por volta das sete e meia da manhã desta quarta-feira (07/09), em frente a uma padaria na Rua Capri Anchieta, no Morro do Final Feliz, comunidade do conjunto de favelas do Chapadão, na Zona Norte do Rio de Janeiro.

De acordo com testemunhas que não se identificaram, o rapaz tomava café da manhã na padaria e encontrava-se desarmado, quando os PMs chegaram a bordo do Caveirão (veículo blindado da PMERJ) e o renderam. Logo depois de um policial ordenar que ele colocasse o copo de café no chão e as mãos para o alto, outro se aproximou e efetuou disparos consecutivos, à queima-roupa, por cerca de 15 segundos.

Os dois pães com manteiga e mortadela de Caetano ficaram no chão. Seu corpo foi colocado no Caveirão e levado por alguns dos PMs. Outros permaneceram no local do crime. Segundo moradores da comunidade, não houve operação nem situação de confronto no Chapadão nesta manhã. Em vídeoenviado com exclusividade à Ponte Jornalismo (abaixo), é possível ver o momento em que os policiais colocam o corpo do jovem no Caveirão. O som foi retirado e os rostos das pessoas que passavam pelo local foi distorcido para evitar sua exposição.

+ sobre o tema

35 casos de racismo são denunciados à polícia em MT nos primeiros 4 meses do ano

Nos quatro primeiros meses deste ano, 35 casos de...

Cancela, sim. Cancela geral!

eu acho triste; aliás, acho humilhante ver intelectuais brancos se...

Kelly Rowland abre motivo de discussão com segurança em Cannes: ‘Tenho limites’

Kelly Rowland falou à imprensa sobre a discussão que teve com...

para lembrar

A saúde das crianças negras

Quando se fala sobre saúde de crianças negras com...
spot_imgspot_img

Prisão de torcedores deveria servir de exemplo para o futebol brasileiro

A condenação de três torcedores racistas na Espanha demonstra que, apesar da demora, estamos avançando em termos de uma sociedade que quer viver livre...

Futuro da gestão escolar

A educação pública precisa de muitos parceiros para funcionar. É dever do Estado e da família, com colaboração da sociedade, promover a educação de todas as...

Educação para além dos muros da escola

Você pode fornecer escolas de qualidade para os mais pobres e, mesmo assim, talvez não veja a mudança na realidade do país que se...
-+=