Juneteenth: população negra dos EUA celebra o ‘Dia da Libertação’ em junho desde 1866

Enviado por / FontePor Vitor Paiva, do Hypeness

O “Juneteenth” é uma festa em celebração à libertação da população negra escravizada nos EUA, comemorada no dia 19 de junho desde 1866. Fotos revelam que, há 100 anos, o “Dia da Emancipação” era celebrado principalmente no estado do Texas, último da confederação a encerrar a escravidão no país, com tais populações orgulhosamente desfilando pelas ruas da cidade em carruagens enfeitadas com flores e vestindo suas melhores roupas.

Apesar de hoje a data ser celebrada em todo o país, sua origem remete ao dia 19 de junho de 1865, quando o general Gordon Granger assinou a “Ordem Nº3”, encerrando a escravidão no estado do Texas. A mudança na legislação texana se deu dois anos após a assinatura, pelo presidente Abraham Lincoln, da Proclamação da Emancipação, libertando todos os escravos dos estados que formavam a Confederação, em 1 de janeiro de 1863. A abolição em todo o país seria determinada em 6 de dezembro de 1865, com a ratificação da 13ª emenda.

Grupo preparado para a festa na cidade de Austin, no Texas, em 1900 (Foto: Wikimedia Commons)
As celebrações do Juneteenth na cidade de Richmond, na Virginia, em 1905 (Foto: Wikimedia Commons)

As festas do “Juneteenth” começaram em 1866, mas tornaram-se especialmente populares no início do século XX, quando se espalharam por todo o sul do país. Durante a Grande Migração, quando milhões de pessoas negras saíram dos estados do Sul para fugir da pobreza na direção do centro-oeste, oeste e nordeste dos EUA, o 19 de junho foi se tornando popular por todo o país, apelidado também de “Black Independence Day”, ou “Dia da Independência dos Negros”.

Nos anos 1950 e 1960, durante o movimento pelos direitos civis no país, a data tornou-se também motivo para manifestações e passeatas pelos direitos das populações negras. Apesar do 19 de junho ser há décadas reconhecido como feriado na maioria dos estados, somente em 2021 o congresso tornou o “Juneteenth” em feriado federal, através de lei assinada pelo presidente Joe Biden, celebrando a liberdade e a cultura negra do país – que já desfilava com força e altivez pelas ruas do Texas há um século.

Presidente dos EUA, Joe Biden, conversa com parlamentares negros e com Opal Lee, ativista conhecida como ‘avó do Juneteenth’, ao assinar lei que transforma 19 de junho em feriado (Foto: Evan Vucci/AP Photo)

+ sobre o tema

Quilombolas prometem lutar para derrubar ação no Supremo Tribunal Federal

Por: Alana Gandra     Rio de Janeiro – Um pedido de...

Black Fashion Week: o melhor da moda africana

Até ao dia 23 de fevereiro, a Avenida da...

O ‘Raízes’ está de volta e traz a diva da bossa negra Elza Soares

São boas notícias para os aficionados da world music...

OPERAÇÃO XANGÔ – Motivação política e racismo destroem terreiros afros

Há 100 anos, Maceió vivia noite de terror com...

para lembrar

Cai mortalidade materna em Angola

Até 2015, Angola pretende diminuir em dois terços...

Amenazas en Perú por “El Negro Mama”

La organización no gubernamental peruana Lundú dijo haber recibido...

Com sangue baiano-mineiro-negro-indígena, Dêssa Souza lança EP “Camadas”

Dêssa Souza cresceu em quintais de terra, com modas...
spot_imgspot_img

6 brasileiros que lutaram pelo fim da escravidão no Brasil

O fim da escravidão no Brasil completa 136 anos em 13 de maio deste ano. Em 1888, a princesa Isabel, filha do imperador do Brasil Pedro 2º,...

Iza anuncia que terá uma menina e o nome será Nala

O primeiro bebê de Iza e Yuri Lima já teve o sexo revelado: será uma menina. A cantora contou a novidade aos fãs na noite desta segunda-feira (13),...

14 de maio e a Revolta dos Malês

Quem passa pelo Campo da Pólvora, em Salvador, nem imagina que aquela praça, onde ironicamente hoje se encontra o Fórum Ruy Barbosa, foi palco...
-+=