sexta-feira, janeiro 14, 2022
InícioÁfrica e sua diásporaAfro-americanosVirgil Abloh morre aos 41; artista criou Off-White e mudou a Louis...

Virgil Abloh morre aos 41; artista criou Off-White e mudou a Louis Vuitton

Fonte: UOL

Virgil Abloh, fundador da Off-White e diretor criativo da linha masculina da Louis Vuitton, morreu aos 41 anos. A notícia foi confirmada pelo perfil oficial do grupo LVMH, proprietária das marcas, no Instagram. A morte aconteceu em decorrência de um câncer cardíaco, que o artista vinha enfrentando desde 2019.

“Estamos todos chocados com esta notícia terrível. Virgil não era apenas um designer gênio, um visionário, ele também era um homem com uma bela alma e grande sabedoria “, disse Bernard Arnault, presidente e CEO da LVMH, em um comunicado.

“A família LVMH junta-se a mim neste momento de grande tristeza, e todos pensamos nos seus entes queridos após o falecimento do marido, do pai, do irmão ou do amigo”, acrescentou.

Por mais de dois anos, Virgil lutou contra uma forma rara e agressiva de câncer, o angiossarcoma cardíaco. O diretor criativo optou por enfrentar sua batalha em particular desde seu diagnóstico em 2019, passando por vários tratamentos, enquanto dirigia várias instituições importantes que abrangem moda, arte e cultura.

Um dos primeiros negros à frente de uma grife de luxo internacional, Virgil foi impulsionado por sua missão de abrir portas para os outros e criar caminhos para uma maior igualdade na arte e no design.

Histórico

blank
Virgil Abloh e Kanye West, um dos seus maiores colaboradores no mundo da moda e criação
Imagem: Getty Images

Virgil Abloh nasceu em 30 de setembro de 1980 em Rockford, Illinois, filho de pais imigrantes ganenses, Abloh estudou engenharia civil na University of Wisconsin-Madison, recebendo o diploma de bacharel em 2002, e obteve o título de mestre em arquitetura do Illinois Institute of Tecnologia em 2006.

Após sua formação, Abloh conheceu o rapper Kanye West, que se tornaria um de seus primeiros grandes colaboradores no mundo criativo.

Em 2011, West nomeou Abloh como diretor criativo de sua agência de criação DONDA. Durante sua gestão, ele trabalhou como diretor artístico em algumas das artes de álbuns mais populares do século 21, incluindo “My Beautiful Dark Twisted Fantasy” de West, “Yeezus” e a colaboração de Jay-Z do rapper “Watch the Throne”.

Off-White e Louis Vuitton

Ao entrar no mundo da moda como estágiário na Fendi, em 2009, Virgil Abloh posteriormente foi o responsável pela criação da grife Off-White, em 2013, um dos maiores sucessos do streetwear nos últimos anos, que ele descrevia como “a área cinza entre o preto e o branco como a cor off-white” para o mundo da moda.

A revista Time nomeou o designer como uma das 100 pessoas mais influentes do mundo, em 2018. Além disso, se tornou um dos queridinhos entre os famosos ao vestir celeridades como Justin Bieber e Drake. Incluindo ainda colaborações com a Nike, Moncler, Converse, entre outras labels.

O criador exibiu coleções nos desfiles da Paris Fashion Week e é vendido em Hong Kong, Tóquio, Milão, Londres e Nova York.

Não fui feito para um pódio, mas vou projetar um pódio que crie uma mudança no sistema”Virgil Abloh em entrevista ao Fast Company, em junho de 2020.

No entanto, um dos maiores destaques que impulsionou essa colocação foi o poder de transformação social.

Com a forte repercussão do assassinato de George Floyd, nos Estados Unidos, o designer levantou um leilão para um de seus tênis, o Air Jordan 4 x Off-White, e arrecadou cerca de R$ 1 milhão para o movimento Black Lives Matter.

Abloh se juntou à Louis Vuitton em março de 2018, e seu primeiro desfile em junho de 2018 marcou um novo capítulo na história da moda: o momento em que o streetwear invadiu os corredores sagrados das marcas de luxo.

Eu sinto que estou descobrindo as coisas, mas eu não” Ainda não me sinto realizado. Ainda me sinto um estagiário”.Virgil Abloh à “GQ”

Em setembro de 2019, o designer anunciou uma pausa no trabalho por ordem médica.

Famosos lamentam

Pharell Williams

“Meu coração está quebrado. Virgil, você era um gênio criativo gentil, generoso e atencioso. Seu trabalho como ser humano e seu trabalho como ser espiritual viverão para sempre. Enviando amor e luz para sua esposa, filhos, família e outros. Você está com o Mestre agora, brilhe”.

Hailey Bieber

“Virgil mudou completamente a forma como eu olhava para o estilo de rua e a moda, a maneira como ele olhava para as coisas me inspirou profundamente. Nunca serei capaz de expressar totalmente o quanto sou grato por tê-lo conhecido e trabalhado com ele, desde andar em suas passarelas até tê-lo desenhado para meu vestido de noiva e todos os outros momentos incríveis entre eles. Senti que ele sempre estava torcendo por mim. Ele era alguém que sempre trazia vida, carisma, amor e diversão para qualquer situação e cada sala em que entrava. Uma mente criativa única em uma geração que é tão rara e nunca esquecerei seu impacto. Amamos você, Virgil”.

Idris Elba

“Muito cedo, Virgil. Você fará falta neste mundo, homem.”

BTS

“RIP Virgil Abloh, sua falta será sentida. Foi uma honra trabalhar com você. Um verdadeiro gênio criativo.”

Victoria Beckham

RELATED ARTICLES