Justiça condena governo Alckmin e proíbe PM de usar bombas e balas de borracha em protestos

Em decisão tomada dia 19 pelo juiz Valentino Aparecido de Andrade, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), o governo do estado de São Paulo foi condenado pela violência policial durante as manifestações de 2013.

no Jornal GGN

passelivreviolenciapm

O juiz determinou o pagamento de R$ 8 milhões em indenizações e também a formulação de um plano de atuação dos policiais em protestos.

A ação começou a tramitar em abril de 2014, e a Defensoria Pública apontou inúmeras violações de direitos constitucionais, como o de reunião e de liberdade de expressão.

Os R$ 8 milhões são devidos por dano moral coletivo e correspondem a oito manifestações, nas quais a PM foi acusada de usar desproporcionalmente a força. O juiz também afirmou que o plano de atuação deverá conter determinações como a identificação visível na farda dos policiais.

Em sua sentença, Andrade escreveu que “o Estado não pode ser ele o agente repressor que, a pretexto de proteger a segurança pública, agindo com excesso, crie as condições adequadas a tornar o protesto agressivo, atuando, pois, como a verdadeira causa da violência que envolve os manifestantes”.

O magistrado também citou o uso de “instrumentos inadequados às circunstâncias (balas de borracha, gás lacrimogênio e armas de grosso calibre à mostra)”, afirmando que a PM não estava “preparada para lidar com as manifestações populares”.

O juiz ressaltou que o “demasiado grau de violência” atingiu não só os manifestantes, mas também outras pessoas que estava trabalhando, como os jornalistas que cobriram os protestos.

+ sobre o tema

Maranhão tem 30 cidades em emergência devido a chuvas

Subiu para 30 o número de cidades que decretaram...

O Estado emerge

Mais uma vez, em quatro anos, a relevância do...

Extremo climático no Brasil joga luz sobre anomalias no planeta, diz ONU

As inundações no Rio Grande do Sul são um...

IR 2024: a um mês do prazo final, mais da metade ainda não entregou a declaração

O prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda...

para lembrar

Pousada do AfroReggae e redação de jornal são incendiados no Alemão

Coordenador do AfroReggae, José Junior, diz que incêndio foi...

“Não sou homem de me arrepender do que faço”, diz Fábio Martins

Fábio Martins, que recusou cumprimento a Aécio diz à...

Era uma vez a presunção de inocência

Por 7 votos a 4 o Supremo Tribunal Federal...

Marina diz que ‘voto de gratidão’ é ‘velha tradição’ no Brasil

Por: Maria Angélica Oliveira Candidata reforça discurso otimista e...

Mulheres em cargos de liderança ganham 78% do salário dos homens na mesma função

As mulheres ainda são minoria nos cargos de liderança e ganham menos que os homens ao desempenhar a mesma função, apesar destes indicadores registrarem...

‘O 25 de abril começou em África’

No cinquentenário da Revolução dos Cravos, é importante destacar as raízes africanas do movimento que culminou na queda da ditadura em Portugal. O 25 de abril...

IBGE: número de domicílios com pessoas em insegurança alimentar grave em SP cresce 37% em 5 anos e passa de 500 mil famílias

O número de domicílios com pessoas em insegurança alimentar grave no estado de São Paulo aumentou 37% em cinco anos, segundo dados do Instituto...
-+=