Labanta Braço, uma compilação contra o racismo e a intolerância

O Rimas e Batidas e o Raptilário uniram esforços para criar uma compilação solidária que serve de reacção a eventos recentes (que foram alavancados pelo ódio e racismo que se sentiu por esse mundo fora — com focos mediáticos nos Estados Unidos da América, mas também em Portugal). Labanta Braço reúne faixas de 37 artistas negros e pode ser escutada no Bandcamp.

Alexandre Francisco Diaphra, Ângela Polícia, Arekkusu, Bambino, Blaeckfull, Cachupa Psicadélica, Danykas DJ, Deejay Télio, Dellafyah aka Kilu, DJ ADAMM, DJ Lycox, DJ Marfox, DJ Núcleo, DJ Satelite, Dotorado Pro, El Conductor, FRXH, Herlander, Jackpot BCV, Juzicy, Macaia, Mizzy Miles, Nástio Mosquito, Nelassassin, Nelsoniq, Nídia, Nigga Fox, Nzhinga, oseias., PHOEBE, prétu, rkeat, Wake Up Sleep, Slow J, Studio Bros, Tóy Tóy T-Rex e Young Max foram os criativos que aceitaram deixar a sua marca neste Labanta Braço. A capa é um trabalho da dupla Diogo Carvalho (ilustração) e João Bettencourt (design).

A ideia de avançar com este projecto surgiu logo após o assassinato de George Floyd, a 25 de Maio, e a necessidade de tomar uma posição com força foi tornando cada vez mais urgente a sua materialização. Os protestos ecoaram um pouco por todo o mundo e por cá, meses depois, assistimos à morte trágica de Bruno Candé Marques, num novo crime movido pelo ódio racial. Esta não é, porém, uma questão de intolerância de “hoje”, mas sim algo que tem estado enraizado na nossa sociedade. Mas é hoje que voltamos a apelar à união: por todas as vítimas do racismo e da opressão social. Pela mudança. Labanta Braço!

Para já, a compilação está disponível exclusivamente no Bandcamp. Pedimos a contribuição solidária de todos — podem fazer a vossa doação a partir de €1 e comprar a versão digital. Todas as receitas angariadas irão ser doadas à associação SOS Racismo. Vamos depois desafiar várias marcas a igualar o valor que angariarmos até ao final do Bandcamp Friday de Setembro, que se assinala no dia 4, e o valor desta matching campaign será dividido em partes iguais pelos criadores que fizeram beats para a compilação e pela instituição escolhida. Contamos com o vosso apoio nesta luta que tem de ser de todos.

+ sobre o tema

A cara do Brasil

Acervo fotográfico disponibiliza fotos da população negra após o...

Joaquim Candido Soares de Meireles

Joaquim Cândido Soares de Meireles (Sabará, 5 de novembro...

Hoje na História, 26 de fevereiro de 1939, nascia Wilson Simonal

  Por Max de Castro "Wilson Simonal inaugurou uma nova escola...

O futebol é a razão pela qual temos pés

O ano de 2010 marca a primeira vez em...

para lembrar

20 de Novembro: Origens do Vinte de Novembro

Assim, numa breve definição, a Consciência Negra é,em essência,...

Sem atores profissionais, ‘Subúrbia’ foge da linha tradicional

Para Luiz Fernando Carvalho, narrar não significa simplesmente tecer...

A africanidade e o espírito libertário de Alzira, vivos em nós!

A narrativa do romance de estreia de Goli Guerreiro,...

Presidente de Uganda se reelege em eleição contestada

Presidente de Uganda, Yoweri Musevini se reelegeu com 68,28%...
spot_imgspot_img

Iza anuncia que terá uma menina e o nome será Nala

O primeiro bebê de Iza e Yuri Lima já teve o sexo revelado: será uma menina. A cantora contou a novidade aos fãs na noite desta segunda-feira (13),...

Mães e Pais de Santo criam rede de solidariedade para apoiar comunidades de matriz africana afetadas no Sul

Quando a situação das enchentes se agravou no Rio Grande do Sul, Ialorixás e Babalorixás da cidade de Alvorada, região metropolitana de Porto Alegre,...

Dia 21, Maurício Pazz se apresenta pela primeira vez no Instrumental Sesc Brasil

Maurício Pazz, paulistano, nos convida a mergulhar nos diferentes sotaques oriundos das diásporas africanas no Brasil. No repertório, composições musicais do próprio artista, bem...
-+=