Lélia Gonzalez

Enviado por / FontePalmares

Filha de um ferroviário negro e de uma empregada doméstica indígena, Lélia Gonzalez nasceu em Belo Horizonte-MG, em 1º de fevereiro de 1935. Autora de artigos, ensaios e livros sobre a temática racial, a antropóloga e militante do movimento negro nos anos 1970, Lélia foi também um expoente no combate ao preconceito contra a mulher.

Sua obra acadêmica e seu trabalho como militante contribuíram para impulsionar não apenas o debate sobre a problemática racial no Brasil, mas também os seus desdobramentos a partir, basicamente, de dois temas correlatos: o tema da ideologia do branqueamento e seus efeitos e o da dupla exposição da mulher negra, discriminada pelo racismo e pelo sexismo.

Lélia fez parte do grupo de fundadores do Movimento Negro Unificado – MNU, principal canal de ressurgimento da luta pela igualdade racial, nos anos 70. Incansável na luta contra o racismo e a discriminação racial, foi também uma militante da causa feminina, particularmente da mulher negra. Sua importância para o movimento negro brasileiro tem sido comparada à de Ângela Davis, grande ícone do movimento negro americano.

 

 

Fonte: Palmares

+ sobre o tema

Simone Biles é ovacionada no aeroporto após retorno das Olimpíadas

Simone Biles está de volta aos Estados Unidos após...

Curso gratuito: “Produção intelectual de mulheres negras”

Uma história pode ser contada por meio de diversas...

25 de julho: Bamidelê completa 10 de fundação e celebra o Dia da Mulher Negra

Hoje 25 de julho, a Bamidelê – Organização de...

para lembrar

Astrofísica brasileira vence importante prêmio da ciência mundial

Marcelle Soares-Santos foi reconhecida pela Fundação Alfred P. Sloan,...

O racismo também mata mulheres

Hoje, 25 de novembro, Dia Internacional da Luta Pelo...

Empresária dos Racionais, Eliane Dias é feminista no mundo machista do rap

Eliane Dias, casada com Mano Brown, cresceu na periferia...

O Brasil é um dos países mais racistas do mundo

O brasileiro é um jovem rebelde POR EDERGÊNIO VIEIRA, do...
spot_imgspot_img

Ludmilla anuncia data de lançamento do “Numanice #3 – Ao Vivo” e presenteia o público com “Falta de mim”

Depois do sucesso de “Maliciosa”, Ludmilla anuncia a data do tão aguardado “Numanice #3 – Ao Vivo”, o novo trabalho será entregue ao público...

Vôlei brasileiro tem denúncias de racismo em dias consecutivos, e atletas cobram confederação

A Superliga B, segunda divisão da principal competição de vôlei do país, registrou duas denúncias de racismo na última semana —uma na disputa feminina e outra na masculina....

Piedad Córdoba: A despedida de uma lutadora incansável pela paz.

En el día de ayer fallecío la senadora colombiana Piedad Córdoba, y el presidente de Colombia, Gustavo Petro, publicó en sus redes que ella...
-+=