Ludmilla é a 1ª artista brasileira negra a lançar um Enhaced Album no Spotify

Enviado por / FontePurebreak, por Rahabe Barros

O "Enhanced Album" da artista no Spotify traz conteúdos exclusivos e detalhes sobre a criação de seu novo projeto, intitulado "VILÃ"

Ludmilla é a primeira artista brasileira preta a lançar um Enhaced Album no Spotify. O novo projeto da cantora, intitulado VILÃ, chega a plataforma em um formato diferenciado, que visa divulgar conteúdos exclusivos para os fãs desfrutarem de uma experiência única. Em um formato 100% digital, o oitavo trabalho da compositora será apresentado por meio de ferramentas multimídias. Saiba mais detalhes com o Purebreak!

O projeto contará com Storylines, textos associados a cada faixa, Spotify Clips, sequência de stories fixos, Canvas, gifs exclusivos associados a cada faixa e Vídeos. Além disso, detalhes sobre os bastidores de criação do novo álbum, todo o processo de composição do disco, as influências por trás de cada canção e as participações especiais, serão mostrados pela cantora por meio dos recursos.

Veja as colaborações de Ludmilla no álbum “Vilã”

Com 15 faixas, “VILÔ concretiza uma única experiência sonora e mostra todos os lados musicais da compositora. Definido como o álbum mais sensual, forte e romântico da carreira, ele passeia entre o trap, R&B, pop, dancehall e funk. “Sou má” e “Nasci pra vencer”, apresentados pela artista em fevereiro deste ano, são singles que fazem parte desses gêneros e estão incluídos no novo álbum.

Dentre as músicas inéditas de Vilã, Ludmilla conta com a colaboração de outros artistas como Gabriel do Borel, Piso 21, Delacruz e Gaab, Dallass, Stefflon Don e Topo La Maskara, Ariel Donato, Vulgo FK e Oruam e Capo Piaza, Tropkillaz e Ape Drum. Para ela, a novidade se conecta mais com a sua força e sensualidade.

“‘VILÃ’ é um trabalho que tem muito de mim e do meu momento atual, seja nas letras, com vivências minhas ou próximas de mim, seja na dedicação para sair da forma como eu acho que vá ficar a minha cara e o gosto do público, seja na tentativa de encontrar as parcerias perfeitas, enfim… O público pode aguardar porque este ‘Enhanced Album’ vai chegar e eles terão muitas novas músicas e conteúdos preferidos, além de uma experiência incrível com estes materiais exclusivos, que serão disponibilizados pelo Spotify neste, que é um projeto único da plataforma”, comenta Ludmilla.

+ sobre o tema

Taís Araújo conta que desenhou suas curvas com o balé: ‘Transformou tudo’

Taís Araújo conta que desenhou suas curvas com o...

Hoje É Dia De África

O Dia da África comemora-se anualmente a 25 de...

Dono do melhor disco do ano, Rincon Sapiência lança a sensacional “Afro Rep”; assista

O rapper lançou seu primeiro álbum de estúdio, Galanga...

para lembrar

Walter Mesquita: Viva Favela os olhos do morro

Os olhos do morro A trajetória do menino simples que...

Quênia: Quatro Jovens Africanos Contrários aos Estereótipos de Hollywood

  Escrito por Juliana Rincón Parra · Traduzido...

Com denúncia ao racismo, Kendrick Lamar chega como favorito ao Grammy

Em meio a uma tormenta que sacode o Oscar pela...
spot_imgspot_img

Tony Tornado relembra a genialidade (e o gênio difícil) do amigo Tim Maia, homenageado pelo Prêmio da Música Brasileira

Na ausência do homenageado Tim Maia (1942-1998), ninguém melhor para representá-lo na festa do Prêmio da Música Brasileira — cuja edição 2024 acontece nesta quarta-feira (12),...

Segundo documentário sobre Luiz Melodia disseca com precisão o coração indomado, rebelde e livre do artista

Resenha de documentário musical da 16ª edição do festival In-Edit Brasil Título: Luiz Melodia – No coração do Brasil Direção: Alessandra Dorgan Roteiro: Alessandra Dorgan, Patricia Palumbo e Joaquim Castro (com colaboração de Raul Perez) a partir...

Violência contra territórios negros é tema de seminário com movimentos sociais em Salvador

Diante da escalada de violência que atinge comunidades negras e empobrecidas da capital e no interior da Bahia, movimentos sociais, entidades e territórios populares...
-+=