Mãe se revolta com dever de casa do filho sobre escravidão: ‘Prefere engenho ou trabalho doméstico?’

A médica Priscila Hile, de 37 anos, na última quarta-feira, ao conversar com o filho de 9 anos sobre o seu dia na escola, levou um susto ao se deparar com um enunciado escrito pelo menino em seu caderno de História do 4º ano do Ensino Fundamental.

Foto: Divulgação

Por Pedro Willmersdorf Do Extra

“Se você fosse um escravo, que tipo de trabalho você gostaria de fazer: no engenho ou doméstico?”, dizia a pergunta. A criança, negra assim como Priscila, respondeu de forma direta: “Nenhum”.

— Hoje, estou triste e revoltada. No dia, fiquei sem jeito e confusa. Meu marido, que é branco, e eu conversamos com ele. Explicamos que ele não precisa nem mesmo imaginar ser um escravo, pois a escravidão acabou e mostramos que a pergunta é absurda — conta Priscila, que pretende ir ao colégio particular do filho, localizado na Tijuca, Zona Norte do Rio, na segunda-feira.

Em seu Facebook, Priscila compartilhou sua indignação e recebeu o apoio de amigos e familiares: “Estou assustada com o dever de casa (de História) do meu filho! Não acho que uma pergunta dessa deveria ser feita, principalmente a uma criança de 9 anos. O coitado ainda escreveu “nenhum”. Trata-se de um passado triste, criminoso e que não merece recordações ou simulações”.

+ sobre o tema

Após comentário racista, repórter da RBS TV presta queixa

O jornalista Manoel Soares foi vítima de racismo na...

Territórios negros no carnaval globalizado

Em todo o Brasil, mulheres e homens negros desenham...

Texto de discussão GEMAA: Os casos de suspeita de racismo noticiados pela Folha de S. Paulo: 2001-2012

O Grupo de Estudos Multidisciplinares da Ação Afirmativa (GEMAA),...

DA PAZ de Marcelino Freire por Naruna Costa

DA PAZpor Marcelino Freire Eu não sou da paz.Não...

para lembrar

O carnaval é de Elza

Ela guarda na própria trajetória a história das negras...

Miss Bélgica é acusada de racismo após post em rede social

Ela insiste que não é racista porque seu pai...

Diário de Notícias denuncia possíveis crimes de racismo

por Pedro Tadeu O Diário de Notícias vai...

Florestan Fernandes e o protesto intelectual negro na Ditadura Militar

A influência perene do sociólogo paulista Florestan Fernandes nos...
spot_imgspot_img

O papel de uma líder branca na luta antirracista nas organizações 

Há algum tempo, tenho trazido o termo “antirracista” para o meu vocabulário e também para o meu dia a dia: fora e dentro do...

Mortes pela polícia têm pouca transparência, diz representante da ONU

A falta de transparência e investigação nas mortes causadas pela polícia no Brasil foi criticada pelo representante regional para o Escritório do Alto Comissariado...

Presos por racismo

A dúvida emergiu da condenação, pela Justiça espanhola, de três torcedores do Valencia por insultos racistas contra Vini Jr., craque do Real Madrid e da seleção brasileira. O trio...
-+=