Maju ganha prêmio de combate ao racismo e pede “paz e respeito”

Maria Julia Coutinho, a moça do tempo do “Jornal Nacional” acaba de ganhar um prêmio para aqueles que combatem o preconceito. Maju, como é conhecido recebeu a premiação “Rio Sem Preconceito” na terça-feira (15), em premiação no Leblon, zona sul carioca.

por Keila Jimenez, do R7 

Em um discurso emocionado, a jornalista relembrou os ataques racistas que sofreu em julho nas redes sociais. Ela agradeceu a força que recebeu de todos na ocasião.

“Estou muito emocionada com esse prêmio. Mais do que o ódio que disseminam nas redes sociais, é esse amor que estou recebendo das pessoas”, falou  Maju no evento.

Ainda  sobre a questão do preconceito racial, Maju  pediu “paz e respeito” entre as pessoas : “Que esse momento possa trazer mais gentileza para o mundo”, completou.

Sucesso entre os telespectadores, Maria Júlia logo deve ser lançada nas bancadas do jornalismo regional da Globo.

A jornalista ainda foi elogiada por outra colega de emissora, Glória Maria, que participou da mesma premiação em que Maju foi contemplada.

“Felicidade. É um sonho se realizando ver a Maju brilhando no ‘Jornal Nacional’. Linda, talentosíssima, carismática. Não é uma questão de cor e sim de competência. Orgulho de ver esta menina sendo premiada, reconhecida. Nossos ancestrais estão em algum lugar aplaudindo, comemorando. E nós também. Nossa força vem do amor, da alegria, do respeito, da ausência de qualquer preconceito. Amigas e parceiras sempre. Parabéns, Maju”, postou Glória Maria nas redes sociais.

Confira a foto das duas:

download

+ sobre o tema

Eventos promovem feminismo negro com rodas de samba e de conversa

"Empoderadas do Samba" ocupa espaço ainda prioritariamente masculino e...

Dandara: ficção ou realidade?

Vira e mexe, reacende a polêmica sobre a existência...

Michelle Obama está farta de ser chamada “mulher revoltada de raça negra”

“Uma mulher revoltada de raça negra”. Michelle Obama está...

A banalização da vida diante da cultura do abandono e da morte

O ano de 2017 expondo as vísceras da cultura...

para lembrar

Mortalidade materna de mulheres negras é o dobro da de brancas, mostra estudo da Saúde

Assim como outros indicadores de saúde, a mortalidade materna é...

Racismo institucional e ensino da cultura africana são debatidos entre governo e movimento negro

 A presidenta Dilma Rousseff recebeu nesta sexta-feira (19),...

Promotoria denuncia 4 por crime de racismo contra Maju

O Ministério Público de São Paulo denunciou nesta terça-feira,...

Igreja continuará satanizando direitos das mulheres? por Fátima Oliveira

O papa Francisco, num mesmo dia, 20 de setembro,...
spot_imgspot_img

‘Questão do racismo tem a ver com a sobrevivência do capitalismo’, diz Diva Moreira, intelectual negra de MG

"A despeito da rigidez da estrutura de dominação, eu sou uma mulher de muita esperança." É assim que a jornalista, cientista política, ativista e...

Negra Li mostra fantasia deslumbrante para desfile da Vai-Vai em SP: ‘Muita emoção’

A escola de samba Vai-Vai está de volta ao Grupo Especial para o Carnaval 2024, no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo, neste sábado...

Livro põe mulheres no século 20 de frente com questões do século 21

Vilma Piedade não gosta de ser chamada de ativista. Professora da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) e uma das organizadoras do livro "Nós…...
-+=