Tag: Maria Júlia Coutinho

    Maria Julia coutinho sentada na bancada do Jornal Nacional

    Maju Coutinho estreia na bancada do Jornal Nacional e ganha elogios ao vivo

    Maria Júlia Coutinho estreou neste sábado (16) como âncora do Jornal Nacional. O debute da primeira mulher negra na bancada do principal jornalístico da televisão brasileira rendeu elogios ao vivo. no UOL REPRODUÇÃO:TV GLOBO Seu companheiro de apresentação, Rodrigo Bocardi, e o responsável pelo mapa-tempo, Tiago Scheuer, felicitaram a colega. No momento de apresentar a previsão do tempo, o protocolo do telejornal foi completamente ignorado. "Hora da previsão do tempo... E agora?", começou Rodrigo Bocardi. "Agora eu vou passar por uma situação superinusitada", respondeu Maju. "Peraí, nós vamos até São Paulo", falou o jornalista. O âncora, então, se levantou da bancada e começou a caminhar em direção ao telão, mas parou no meio do caminho. "Mas pensando melhor, eu acho que não é justo, né? Você me dá a honra e o prazer de você seguir esse caminho e buscar as informações da previsão do tempo. ...

    Leia mais
    Imagem- Reprodução:Instagram

    Maju faz homenagem a colegas negras em camiseta: “Esse time no peito, bixo”

    Imagem- Reprodução:Instagram por Carolina Farias no UOL A apresentadora da previsão do tempo do "Jornal Nacional", Maria Júlia Coutinho, a Maju, prestou uma homenagem a jornalistas negras em uma camiseta. "Curtir parte do sábado com este time no peito, bixo!", postou ela na legenda da imagem onde aparecem, além de seu apelido, os nomes Gloria, Zileide, Flávia, Joyce, Luciana e Dulcineia. Pelos nomes, Maju presta homenagem à Gloria Maria, Zileide Silva, repórteres da Globo, Flávia Oliveira, do jornal "O Globo" e comentarista da "Globo News", Joyce Ribeiro, da TV Cultura, onde Maju já trabalhou, Luciana Barreto, da TV Brasil e a também repórter da Globo, Dulcinéia Novaes.   View this post on Instagram   Curtir parte do sábado com este time no peito, bixo! ❤️❤️❤️ A post shared by majucoutinhoreal (@majucoutinhoreal) on Jan 12, 2019 at 8:18am PST

    Leia mais
    blank

    Queridinha dos internautas, Maju Coutinho estreia no ‘Jornal Hoje’ e ganha ‘aplausos’ das redes sociais

    A jornalista da Globo Maria Júlia Coutinho — a Maju Coutinho, que faz a previsão do tempo no "Jornal Nacional" — estreou neste sábado (10) na bancada do "Jornal Hoje". no Folha Como informou a emissora em 31 de maio, a apresentadora entrou no rodízio de plantonistas da atração, comandada pelos titulares Evaristo Costa e Sandra Annenberg. A novidade inclui Maju no time dos jornalistas Fabio William, Zileide Silva, Renata Capucci e Cesar Tralli, que já desempenham a função. Segundo Mônica Bergamo, colunista da Folha, desde fevereiro a apresentadora gravava pilotos para apresentar o telejornal aos sábados. Mesmo com a mudança, Maju segue com as previsões do tempo na emissora. REDES SOCIAIS  Queridinha dos internautas, a aparição de Maju no comando da atração agitou as redes socais no começo da tarde e alçou o nome da jornalista aos assuntos mais comentados do Twitter — os chamados "Trending Topics". "Rainha", disse uma navegante. "Maju Coutinho atualizou as definições de 'poder'", ...

    Leia mais
    blank

    Maju Coutinho: O racismo, desejos para 2017 e um novo livro

    Quando o telefone tocou nos estúdios da TV Globo, Maria Júlia Coutinho se preparava para anunciar uma quinta-feira de calor no Rio Grande do Sul. No vocabulário da apresentadora da previsão do tempo do Jornal nacional, um típico dia de verão em Porto Alegre pode ser uma “quentura”, com o sol “rachando”. Ao levar termos informais para a TV, ela deu tom coloquial ao quadro e mudou a maneira como a meteorologia é tratada no principal telejornal do país. Por Rossana Silva, para Donna Fenômenos climáticos como os que fazem a temperatura da água do mar estar uma “delícia” em uma cidade e o céu a estar mais limpo em outra região são explicados de maneira simples. E assim a jornalista de 38 anos criou uma familiaridade com o público: toda noite, surge na sala dos telespectadores para bater um papo descontraído. A maneira descomplicada de lidar com o clima ...

    Leia mais
    blank

    “Sabia que apontariam Maju como pivô da separação de Bonner”, diz marido

    Por Marcela Ribeiro Do Uol Marido de Maria Júlia Coutinho, o publicitário Agostinho Paulo Moura revelou ter conversado com a mulher após o fim do casamento de William Bonner e Fátima Bernardes, anunciado pelos dois em 29 de agosto. A notícia respingou até na apresentadora da previsão do tempo do "Jornal Nacional", que foi apontada como pivô da separação, mesmo sem nunca ter visto Bonner pessoalmente. Por Marcela Ribeiro Do Uol "Não sinto ciúme dela. Já imaginei que fossem apontar a Maju como pivô da separação do Bonner. Assim que anunciaram, nós conversamos sobre o assunto", disse Agostinho durante o lançamento do livro de Maju, "Entrando no Clima", no Leblon (zona sul do Rio). Casado há seis anos - e com 13 anos de relacionamento - com Maju, o publicitário também comentou os boatos envolvendo a mulher e Bonner, principalmente após o fim do casamento com Fátima: "Para mim aquilo não representa ...

    Leia mais
    blank

    Promotoria denuncia 4 por crime de racismo contra Maju

    O Ministério Público de São Paulo denunciou nesta terça-feira, 21, quatro investigados pelo crime de racismo contra a jornalista Maria Júlia Coutinho, da TV Globo. no Política Livre Érico Monteiro dos Santos, Rogério Wagner Castor Sales, Kaique Batista e Luis Carlos Félix Araújo também são acusados de falsidade ideológica, injúria, corrupção de menores na internet e associação criminosa na internet. A denúncia foi divulgada pelo repórter Walace Lara, da TV Globo. Maju, como a jornalista é conhecida, foi alvo de comentários racistas em julho de 2015, na página oficial do Jornal Nacional, no Facebook. Internautas escreveram posts pejorativos sobre a cor da pele da repórter em uma publicação que continha a foto dela com a previsão do tempo para o dia seguinte. Segundo a Promotoria, os quatros “juntamente com outras pessoas ainda não identificadas nos autos, associaram-se para formar uma sociedade criminosa cibernética, visando ao cometimento de crimes de falsidade ...

    Leia mais
    blank

    Maju Coutinho posa ao lado de Naomi Campbell em editorial de moda

    Para celebrar os 41 anos de Vogue Brasil, a revista convidou personalidades brasileiras para um editorial de moda ao lado da top britânica Naomi Campbell. Entre as escolhidas, a jornalista Maju Coutinho, que já conquistou o posto de queridinha do Jornal Nacional. no Vogue Brasil Sobre a experiência de ficar pela primeira vez ao lado de uma das modelos mais icônicas dos anos 1990, Maju a descreve de forma musical. "Aos 45 segundos, ela aparecia envolta numa luz azul, dançando sensualmente. Cinquenta e cinco segundos depois, ela estava deslizando no batente de uma porta, cantando o seguinte verso: 'acho que vou me fazer um pouco feliz'. Vinte e três segundos adiante, o verso que balbuciava era: 'só espero que você entenda que às vezes as roupas não fazem o homem'. Aos 2 minutos e 29 segundos de música, era ela a primeira a entoar o refrão 'Liberdade, Liberdade' , do videoclip 'Freedom', de George Michael." A ...

    Leia mais
    Maria Jùlia Coutinho (Foto: Roberto Teixeira / EGO)

    Maju Coutinho recebe prêmio e fala de racistas: ‘Justiça está sendo feita’

    Jornalista participou do 'Prêmio Faz Diferença' no Rio: 'Fico muito feliz de como repórter do tempo influenciar outras meninas'. Por Lucas Pasin, do Ego  Maria Júlia Coutinho foi uma das premiadas na noite desta quarta-feira, 23, na 13ª edição do "Prêmio Faz Diferença", promovido pelo jornal "O Globo" em parceria com a Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan). O evento de gala aconteceu no Golden Roon do hotel Copacabana Palace, Zona Sul do Rio de Janeiro. A jornalista do "Jornal Nacional" recebeu o prêmio do Segundo Caderno do Globo na categoria TV. "Vou completar meu primeiro ano no 'JN' agora dia 27 abril. Tenho muitas coisas para brindar nesse ano e esse prêmio chamado de 'Faz a Diferença' vem coroar um pouco disso também. O mais legal é que hoje é o Dia Mundial da Meteorologia e justamente hoje estou recebendo um prêmio tão importante. Foi a ...

    Leia mais
    Globo I Reinaldo Marques Image caption - A jornalista Maria Júlia Coutinho, a Maju, alvo de ataques racistas na internet

    ‘Grupos criminosos organizados atacaram Maju’, diz promotor

    O Ministério Público de São Paulo apreendeu, na manhã desta quinta-feira, computadores e smartphones nas casas e locais de trabalho de 12 suspeitos de participar de ataques racistas à jornalista Maria Júlia Coutinho, da TV Globo, em julho deste ano. Por Ricardo Senra, do BBC À BBC Brasil, o promotor Christiano Jorge Santos, que conduz as investigações, disse que o principal trunfo da Operação Tempo Fechado foi identificar quem são e como se comportam os membros de grupos secretos que articulam comentários preconceituosos no Facebook. "A novidade é a confirmação de que há grupos organizados. Não se trata de uma ação espontânea, que ganha volume em cadeia. São organizações criminosas com distribuição nacional, literalmente do Rio Grande do Sul ao Amazonas." Até agora, 25 mandados de busca e apreensão foram cumpridos em oito Estados – Amazonas, Ceará, Goiás, Minas Gerais, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo. A ...

    Leia mais
    blank

    Cearense é acusado de racismo contra a jornalista Maria Julia Coutinho

    O acusado usou perfil falso no Facebook para fazer as injúrias contra a jornalista Maria Júlia Coutinho. Um notebook e quatro celulares foram apreendidos em operação realizada na casa do usuário, no São João do Tauape Do O Povo  Foi identificada a participação de um cearense no caso de racismo pela Internet contra a apresentadora Maria Júlia Coutinho, da Rede Globo. O acusado teve um notebook e quatro celulares apreendidos em casa, no bairro São João do Tauape, durante operação comandada pelo Ministério Público de São Paulo. A apreensão ocorreu por volta das 5h30min desta quinta-feira, 10. As injúrias foram feitas via Facebook por perfil falso de nome Ariel Vieira. Conforme o promotor Manoel Epaminondas Vasconcelos, o acusado participava de um grupo na rede social que reunia outros usuários acusados de crimes na Internet. Os equipamentos recolhidos nesta manhã devem seguir para São Paulo e servirão de prova contra os ...

    Leia mais
    blank

    Por que o sucesso destas mulheres negras incomoda tanto?

    Taís Araújo, Maju Coutinho, Cris Vianna e, agora, Sheron Menezzes. Por Diego Iraheta, do Brasil Post  O que elas têm comum? São mulheres. São negras. E estão na mídia. Sob os holofotes. São estrelas, referências, exemplos. Em que outro momento a televisão brasileira teve tantas mulheres negras como protagonistas na dramaturgia ou no jornalismo? A participação delas não é mais de figuração, configurando o que seria "o lugar do negro", como bem diagnosticaram nos anos 80 os pensadores Lélia Gonzalez e Carlos Alfredo Hasenbalg. Não é coincidência que quando se ampliam o espaço e a visibilidade de mulheres negras tão talentosas uma sequência de ataques ofensivos e discriminatórios tome conta das redes sociais. Assim como agressões verbais a negras nas universidades acompanham o início da adoção de ações afirmativas, a inclusão e a ascensão delas na TV também geram reações negativas. Por que o sucesso das mulheres negras incomoda tanto? Porque ...

    Leia mais
    blank

    Três grandes revistas femininas estão com mulheres negras poderosas em suas capas

    Em setembro deste ano, 8 grandes revistas americanas trouxeram mulheres negras poderosas em suas capas. Beyoncé foi capa da Vogue, Ciara da Shape, Queen Latifah na Variety, Amadla Stenberg na Dazed, Kerry Washington na SELF, Serena Williams na New York Magazine, Willow Smith na i-D e Misty Copeland apareceu na Essence. Foi algo raro, se não único, dentro do mercado editorial dos Estados Unidos. Por Artur Francischi, do Prosa Livre As edições de setembro são as mais aguardadas entre as publicações de moda e vêm com mais páginas e anúncios, além de venderem mais e trazerem as coleções do outono/inverno direto das passarelas para as bancas. Não só isso, em geral, as revistas apostam em celebridades para estamparem as capas por serem pessoas com quem o público tem uma identificação maior. Imagem: Reprodução/Prosa Livre Não é como se o problema de diversidade no entretenimento e na indústria da ...

    Leia mais
    blank

    Queridinha do público e autêntica, a previsão é de sol para Maju Coutinho

    Saudar o sol faz parte da rotina de Maria Júlia Coutinho, 37, e não é hábito adquirido depois que ela passou a entrar na casa de milhões de brasileiros informando a previsão do tempo. por Lígia Mesquita no Folha  Há dez anos a jornalista não passa um dia sem exercitar a série de posturas da ioga, prática que adotou quando ainda era estudante de pedagogia na USP. Sim, a moça do tempo do "Jornal Nacional" (Globo), o telejornal de maior audiência do país, já quis ser professora. E chegou a lecionar por dois anos, para crianças, em uma escola municipal de São Bernardo do Campo. "Cursei magistério e me decidi pela pedagogia. Mas, antes do vestibular, fiz um teste vocacional e deu jornalismo. Prestei as duas opções e passei", lembra Maria Júlia. O resultado do teste não foi uma surpresa para quem, na infância, brincava de apresentadora do "JN". De família ...

    Leia mais
    blank

    Maju ganha prêmio de combate ao racismo e pede “paz e respeito”

    Maria Julia Coutinho, a moça do tempo do "Jornal Nacional" acaba de ganhar um prêmio para aqueles que combatem o preconceito. Maju, como é conhecido recebeu a premiação "Rio Sem Preconceito" na terça-feira (15), em premiação no Leblon, zona sul carioca. por Keila Jimenez, do R7  Em um discurso emocionado, a jornalista relembrou os ataques racistas que sofreu em julho nas redes sociais. Ela agradeceu a força que recebeu de todos na ocasião. "Estou muito emocionada com esse prêmio. Mais do que o ódio que disseminam nas redes sociais, é esse amor que estou recebendo das pessoas”, falou  Maju no evento. Ainda  sobre a questão do preconceito racial, Maju  pediu "paz e respeito" entre as pessoas : “Que esse momento possa trazer mais gentileza para o mundo”, completou. Sucesso entre os telespectadores, Maria Júlia logo deve ser lançada nas bancadas do jornalismo regional da Globo. A jornalista ainda foi elogiada por ...

    Leia mais
    blank

    Polícia se organiza para caçar os “grupos de ódio” no Facebook

    A internet é um lugar incrível, nela temos acesso quase irrestrito a informação e ferramentas para nos comunicarmos. As redes sociais só potencializam este aspecto, nos permitindo alcançar uma audiência nunca antes sonhada antes da criação da rede. O problema aparece quando muitas pessoas se valem da anonimidade do computador ou a distância do mesmo para propagar discursos de ódio, racismo e intolerância. A polícia civil de São Paulo e o Decradi (Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância) iniciaram recentemente uma investigação para tentar desbaratar dois grandes grupos de jovens que propagam o ódio pela rede. no Tudo Celular De acordo com a investigação corrente, eles são suspeitos de coordenar cyber attacks contra perfis de figuras públicas, como ativistas, jornalistas e políticos e também contra fã-clubes de artistas. Um dos melhores exemplos desta atuação foi na página do Jornal Nacional no Facebook, onde a jornalista Maria Júlia Coutinho foi absolutamente atacada por sua etnia. ...

    Leia mais
    blank

    ONG espalha outdoors pelo País mostrando ofensas racistas contra Maju

    Objetivo da ação é mostrar à cidade de onde partiu a ofensa que o racismo ainda está bastante presente na sociedade Do iG Os ataques sofridos no início do mês passado pela jornalista Maria Julia Coutinho, a Maju, provocaram comoção e milhares de mensagens de apoio na internet com a hashtag #SomosTodosMaju. Mas agora o apoio vem de fora da web, na forma de outdoors e busdoors em diversas cidades brasileiras viabilizados pela ONG Criola. Nos espaços publicitários, a organização que briga pela defesa e pelos direitos da mulher negra mostra uma série de comentários postados na página do Jornal Nacional, onde internautas fizeram ofensas gratuitas e gravíssimos contra a jornalista faz a previsão do tempo. Um serviço de geolocalização foi utilizado para mapear e mostrar de onde foram realizadas as infelizes postagens. As cidades Americana (SP) e Feira de Santana (BA) já estão com outdoors devidamente instalados. Em Recife (PE), a campanha ...

    Leia mais
    blank

    Reflexão sobre o racismo

    Depois da grande mobilização do #somostodosmaju o que mudou, mestre? A verdade fora da timeline é muito mais dura! Dan Sousa - Salvador - BA do Xeidirte Taí. Esse é o racismo brasileiro. Aquele que muita gente diz que não existe. Aquele que quando dá as caras levanta uma legião de revoltados de fim de semana. Aquele que acaba perpetuado pela negação.

    Leia mais
    blank

    Por que a Globo ficou indignada com o racismo contra a Maju?

    Nas últimas semanas ganhou destaque nas redes sociais os ataques racistas sofridos pela jornalista Maria Julia Coutinho, atualmente responsável por apresentar a previsão do tempo no Jornal Nacional, da Rede Globo. Maju, como é mais conhecida, é a primeira jornalista negra que faz este papel no telejornal de maior audiência do Brasil. Por Dennis de Oliveira Do Portal Fórum  A reação ao racismo foi imediata e ganhou o horário nobre do próprio Jornal Nacional, na voz de William Bonner, que não teve pruridos de chamar os autores de criminosos. Pela primeira vez, no JN, o racismo é tratado como manda a lei: como crime. Contradição: este mesmo JN não tem dado destaque a luta dos movimentos sociais negros por ações afirmativas. Pouca ou nenhuma visibilidade dá para os vários casos de crime de racismo que, por conta desta pouca visibilidade midiática, acabam redundando em nada. Assim como todas as políticas de ...

    Leia mais
    Escritora Cidinha da Silva (Foto: Elaine Campos)

    O caso Maria Julia Coutinho em 14 esquetes

    Nós somos Maju porque vivemos e enfrentamos a discriminação racial cotidianamente, em diversos níveis, da morte simbólica que tentaram impingir a ela ao extermínio físico imposto a Cláudia Ferreira e a 82 jovens negros por dia no Brasil por Cidinha da Silva no Revista Fórum 1 – O nome Utilizar o nome Maria Júlia ou Maju, sempre acompanhado do sobrenome, Coutinho, constitui falso dilema. A própria jornalista, protagonista do nome e da história, consagrou o apelido e sente-se confortável ao usá-lo. Acabou o papo. 2 – Alguma coisa está fora da ordem  Uma mulher negra, formada numa das melhores universidades de comunicação social da cidade de São Paulo, depois de 10 anos de profissão, nos mais recentes dormindo às 19:00 e acordando às 2:00 para cumprir exigência do horário de trabalho, passa por diversos postos, estágios profissionais e chega ao programa diário mais importante da emissora em que trabalha, um ...

    Leia mais
    blank

    Brasil: onde racistas só se surpreendem com o racismo dos outros

    Não dá pra ter indignação seletiva, revoltar-se com o que aconteceu com a jornalista, mas calar-se quando é com o porteiro, com o menino da periferia Por  Djamila Ribeiro Do Carta Capital  Como foi bastante divulgado durante a semana, Maria Júlia Coutinho, carinhosamente chamada de Maju, a “garota do tempo” do Jornal Nacional, foi alvo de comentários racistas nas redes sociais. Rapidamente criaram-se campanhas de apoio a ela, pessoas manifestaram-se contra o episódio e a hashtag Somos todas Maju liderou o trend topics do twitter. Obviamente que me solidarizo com Maju, como mulher negra que se coloca, sei o que é receber ofensas nas redes sociais de pessoas sem noção. Porém, o que me intriga é a falta de criticidade de muitas pessoas que se solidarizaram. Quando eu vi algumas pessoas da minha rede de amigos ficarem surpresos com as ofensas, minha vontade foi dizer: queridinhas, é a mesma coisa que ...

    Leia mais
    Página 1 de 2 1 2

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Facebook

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist