Ministra da Saúde defende equidade de gênero e raça no SUS

Nísia Trindade participou de audiência pública na Câmara dos Deputados

A ministra da Saúde, Nísia Trindade, rebateu críticas de deputados federais à portaria que estabeleceu o programa de equidade de gênero e raça no Sistema Único de Saúde (SUS). Ela participou de uma audiência pública, nesta quarta-feira (12), na Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher na Câmara dos Deputados.

A portaria foi lançada no mês passado e estabelece uma série de medidas para combater o machismo e o racismo na estrutura de trabalho na Saúde, além de enfrentar as diversas formas de violências relacionadas com o gênero e a raça.

A audiência pública desta quarta-feira foi proposta por parlamentares insatisfeitos com a portaria, como a deputada Coronel Fernanda (PM-MT). Ela afirma que a ministra Nísia Trindade teria extrapolado as competências da pasta ao regular as relações de trabalho. 

Segundo a deputada, essa iniciativa teria de ser do Congresso Nacional. Mas a ministra da Saúde rebateu o argumento.

Segundo parlamentares da oposição, o ministério estaria criando regras para promover o que chamam de “ideologia de gênero”. A ministra discordou da avaliação e afirmou que o foco da portaria é garantir condições iguais para trabalhadores do SUS.

A ministra da Saúde explicou, ainda, que o programa de equidade de gênero e raça no SUS se relaciona com os objetivos do governo federal. 

Na próxima semana, a ministra Nísia Trindade volta à Câmara dos Deputados para falar na Comissão de Saúde.

+ sobre o tema

Racismo Prejudica Combate a AIDS

Entrevista/Karen Bruck Coordenadora do Programa Integrado de Ações Afirmativas para...

‘Novo câncer’ pode ser desencadeado por implante de silicone

Um novo tipo de câncer, chamado linfoma anaplásico de...

Cerca de 100 especialistas em HIV estavam em avião da Malásia

Mortes de dezenas de destacados especialistas na área provocam...

“Mais Médicos” reforça a atenção básica na Maré

A Vila dos Pinheiros, uma das 15 comunidades que...

para lembrar

Setor privado tem oportunidade histórica para romper pacto racista

O impacto do racismo sobre a vida das pessoas...

Eu, o SUS, a Ironia e o Mau Gosto

Do site Sociedade Sustentável por Nina Crintzs “Pois é, o...

Violência leva ao SUS uma mulher a cada 4 minutos

Os atendimentos a mulheres vítimas de violência sexual, física...

Sem Censo 2021, Saúde Pública ficará às escuras, diz especialista

A cada 10 anos, o censo demográfico realizado pelo...
spot_imgspot_img

2ª Jornada Por Equidade Racial na Educação da UNEafro Brasil é realizada na Conferência Nacional de Educação

Entre os dias 28 e 31 de janeiro, a capital federal receberá a 2ª Jornada Por Equidade Racial na Educação, que tem como objetivo ampliar...

Alcance e capacitação profissional são desafios do SUS para tratamento de autismo

Na sala de estimulação sensorial, equipada com piscina de bolinha, rede e pula pula, a pequena Lara de Almeida, 4, é acompanhada por uma...

Primeiras doses da vacina do SUS contra dengue chegam ao Brasil

A primeira remessa da vacina contra a dengue que será oferecida pelo Sistema Único de Saúde (SUS) chegou ao Brasil neste sábado (20). O...
-+=