terça-feira, dezembro 6, 2022
InícioQuestão RacialViolência Racial e PolicialMorte de Genivaldo em 'câmara de gás' da polícia tem repercussão na...

Morte de Genivaldo em ‘câmara de gás’ da polícia tem repercussão na mídia internacional

Jornais importantes de França, Inglaterra e EUA divulgaram a brutalidade cometida pela polícia em Umbaúba

A morte de Genivaldo de Jesus Santos, de 38 anos, no município de Umbaúba, em Sergipe, ganhou repercussão na imprensa internacional. O homem, com problemas mentais, segundo a família, foi brutalmente agredido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e jogado dentro do porta-malas de uma viatura com gás.

O diário inglês The Guardian, um dos mais importantes da Inglaterr, chamou a prática da polícia de “escândalo”. O Washington Post, dos Estados Unidos, também deu a notícia, enquanto o Le Parisien, da França, deu destaque à fala do sobrinho de Genivaldo, Wallyson de Jesus: “não é uma fatalidade, é um crime”.

Nesta quinta-feira, 26, o Ministério Público Federal (MPF) deu um prazo de 48 horas para que a PRF envie informações sobre o procedimento administrativo instaurado para fins de apuração da abordagem policial. O MPF também pediu informações à Delegacia de Polícia Civil da cidade.

De acordo com laudo divulgado nesta quinta pelo Instituto Médico Legal (IML), a causa da morte foi devido à asfixia mecânica e insuficiência respiratória aguda. A Polícia Federal abriu inquérito com o objetivo de apurar a morte do homem.

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench