Mostra em SP exibe filmes dirigidos por mulheres e promove debates

Mulheres e cinema” é o tema do terceiro encontro do Ciclo de Eventos Resistir com Arte, que será realizado de 2 a 5 de agosto no Memorial da América Latina, em São Paulo, com entrada gratuita.

Do Mulher no Cinema

Parceria entre o Memorial, o Centro Interdisciplinar de Gênero da Unifesp e o Projeto Atadas, o ciclo de eventos propõe debates que envolvam artes, mulheres e política.

Desta vez, a expressão artística em destaque será o cinema. Diariamente, a partir das 19h, serão exibidos curtas dirigidos por mulheres, seguidos de debates com as realizadoras e outras convidadas (na noite de abertura, a sessão será de um longa, também com discussão posterior).

No total, a programação conta com 11 filmes

De Menor, de Caru Alves de Souza

Atadas, de Tarsila Nakamura

Quem Matou Eloá?, de Lívia Perez

Viver de Mim, de Juily Manghirmalani

A Festa da Joana, de Vera Vasques e Kelly Cristina Spinelli

Parece Comigo, de Kelly Cristina Spinelli

Fábula de Vó Ita, de Thallita Oshiro (foto acima)

Corpo Manifesto, de Carol Araujo

O Dia de Jerusa, de Viviane Ferreira

Empoderadas (episódio Criola), de Renata Martins

À Meia Vista, de Pris Oliveira

1ª Mostra Mulheres e Cinema
Data e horário:  2 a 5 de agosto, sempre às 19h
Local : Auditório da Biblioteca Latino-Americana do Memorial da América Latina (Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664)
Entrada: gratuita
Informações: página no Facebook

+ sobre o tema

Alckmin aprova “Dia da Mulher Cristã Evangélica” no Estado de SP

  O texto do projeto diz que “as mulheres cristãs tem...

Suprema Corte do México descriminaliza o aborto no país

A Suprema Corte do México descriminalizou o aborto no...

El Salvador: Indulto para mulher presa por ter aborto espontâneo é um triunfo para a justiça

O perdão concedido pela Assembleia Legislativa de El Salvador...

‘Só fiz uma vez’, diz suspeito de estuprar e filmar filha de 6 anos em MS

Segundo a polícia, servente de pedreiro teria confessado abuso. Menina...

para lembrar

Por que a pandemia afasta mulheres da ciência

A pandemia da covid-19 intensificou questões sociais já latentes...

Exposição apresenta Carolina de Jesus para além de “Quarto de despejo”

“O Brasil precisa ser dirigido por uma pessoa que já passou...

Ministra Luiza Bairros destaca programas da Seppir no Encontro Nacional com Novos Prefeitos e Prefeitas

Ministra Luiza Bairros destaca programas da Seppir no Encontro...

Precisamos falar de Gabriele Leite

Conheci Gabi em um festival da cidade de Cerquilho...
spot_imgspot_img

CNJ pede explicações a juízas sobre decisões que negaram aborto legal

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) decidiu nesta sexta-feira (12) intimar duas magistradas do Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO) a prestarem esclarecimentos sobre...

Instituto Mãe Hilda anuncia o lançamento do livro sobre a vida de matriarca do Ilê Aiyê

O livro sobre a vida da Ialorixá Hilda Jitolu, matriarca do primeiro bloco afro do Brasil, o Ilê Aiyê, e fundadora do terreiro Acé...

Centenário de Tia Tita é marcado pela ancestralidade e louvado no quilombo

Tenho certeza que muitos aqui não conhecem dona Maria Gregória Ventura, também conhecida por Tia Tita. Não culpo ninguém por isso. Tia Tita é...
-+=