Mulheres criam protetor solar próprio para a pele negra

As nigerianas Chinelo Chidozie e Ndidi Obidoa lançaram a marca Bolden, que não deixa aspecto esbranquiçado

Por BRUNA SABARENSE, do Metrópoles

Que atire a primeira pedra quem nunca perguntou: “Ficou branco?”, depois de espalhar protetor solar no rosto. Para as pessoas de pele negra, então, é muito mais difícil não ficar com o corpo “manchado” pelo produto.

Sim, pessoas negras também precisam passar protetor solar. Foi o que descobriu, já com certa idade, Chinelo Chidozie, cofundadora da marca Bolden. “Eu cresci pensando que, se você tem melanina,  Deus já te deu a proteção que precisa”, disse em entrevista à Elle americana.

“Nós crescemos na África e você deve imaginar o calor e o sol que pegamos todos os dias. Usávamos muito hidratante, mas não protetor solar. Pessoas negras de todos os lugares do mundo não acham que precisam”, completou Chinelo.

Foi durante férias com a sócia e cunhada (as duas são casadas com irmãos), Ndidi Obidoa, que nasceu a ideia de um protetor solar específico para a pele negra. Ao comprar o bloqueador em uma farmácia local, elas não conseguiram fazer com que o produto ficasse transparente nem mesmo após esfregar muito. Viram mercado para um público específico.

O filtro em questão foi desenvolvido para não deixar vestígios brancos na face, tem FPS 30, vitamina C, hidratante e ação antioxidante. O e-commerce da Bolden entrega no Brasil.

 

+ sobre o tema

NOTA OFICIAL: Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as – ABPN

31 DE MARÇO DE 2018 – GOIÂNIA, GO Sobre as...

O Facebook e suas propagandas de emagrecimento assustadoras – Por: Jarid Arraes

"Se o seu gênero no Facebook está configurado no...

Quem é Luiza Bairros

Quem é Luiza Bairros? Ministra de Estado Chefe da Secretaria...

para lembrar

Naruna Costa é a primeira mulher negra a ganhar o prêmio APCA de melhor direção

Ano passado, Bia Lessa foi a primeira mulher a...

Carla Akotirene: de cordeira do Ilê Aiyê a intelectual festejada

“O aplauso é importante para o nosso Ori”. E...

Campanha pelo fim da violência contra mulheres é antecipada em MS

Foi antecipada para terça (20), a Campanha 16 Dias...
spot_imgspot_img

Casa Sueli Carneiro abre as portas ao público e apresenta o III Festival Casa Sueli Carneiro, pela primeira vez em formato presencial

RETIRE SEU INGRESSO A Casa Sueli Carneiro, fundada em dezembro de 2020 e atuando em formato on-line desde abril de 2021, é uma entidade criada...

Aborto legal: falhas na rede de apoio penalizam meninas e mulheres

As desigualdades sociais no Brasil podem explicar a razão para que meninas e mulheres busquem apoio para o aborto legal também após 22 semanas...

Referência do feminismo negro, Patricia Hill Collins vem ao Brasil para conferência, curso e lançamento de livro

Referência do feminismo negro, a socióloga estadunidense Patricia Hill Collins participa, nesta quarta-feira (19), de um evento em Salvador, na Universidade do Estado da Bahia (Uneb)....
-+=