Taís Araújo recebe título de defensora de Direitos das Mulheres Negras

No posto, a atriz terá a missão de apoiar iniciativas da organização no combate ao preconceito

no Noticia aos Minutos

Conhecida por levantar a bandeira da luta contra o racismo e por dar voz a mensagens de cunho político em geral, a atriz Taís Araújo vai receber da ONU Mulheres Brasil o título de defensora dos Direitos das Mulheres Negras.

s redes sociais são o espaço primordial para as causas que Taís Araújo defende. Com 4,3 milhões de seguidores no Instagram e a descrição “a pessoa sai do Méier, mas o Méier não sai da pessoa” (a atriz nasceu na Zona Norte, mas foi criada na Zona Oeste), ela gosta de fazer jus ao nome escolhido para a conta: @taisdeverdade.

Recentemente, por conta do dia 28 de junho, Dia Internacional do Orgulho LGBT, ela fez um post com “textão”, conclamando seus seguidores a terem “orgulho do que são”. “Quando falamos sobre orgulho, estamos discutindo que não temos vergonha de ser quem somos. Eu, pessoalmente, tenho muito orgulho de quem sou, dos meus ancestrais, da minha história e do meu povo. O mesmo vale para o Orgulho LGBT, que mostra à sociedade que lésbicas, gays, bissexuais e travestis e transexuais não precisam se esconder, que também fazem parte do todo e que não se envergonham de ser quem são. Orgulho da história, da luta, da sobrevivência”, disse, em trecho da postagem.

+ sobre o tema

para lembrar

Ana Paula Xongani estreia no GNT e se torna primeira brasileira com dreads em campanha de cabelos

A influenciadora digital fez os dreads durante uma viagem...

Precisamos reconhecer nossa palmitagem

Muito se tem discutido sobre a solidão da mulher...

Morre em Salvador a líder religiosa Makota Valdina

A educadora, líder religiosa e militante da causa negra,...

Um dia histórico para o Movimento das Mulheres

Ontem foi um dia histórico para o Movimento de...
spot_imgspot_img

“Dispositivo de Racialidade”: O trabalho imensurável de Sueli Carneiro

Sueli Carneiro é um nome que deveria dispensar apresentações. Filósofa e ativista do movimento negro — tendo cofundado o Geledés – Instituto da Mulher Negra,...

No Dia para Eliminação da Discriminação Racial ONU reforça importância de investir em mulheres negras

No Dia Internacional para Eliminação da Discriminação Racial, 21 de março, ONU defende investimento em mulheres negras como caminho para o progresso. A campanha "Investir...

Comida mofada e banana de presente: diretora de escola denuncia caso de racismo após colegas pedirem saída dela sem justificativa em MG

Gladys Roberta Silva Evangelista alega ter sido vítima de racismo na escola municipal onde atua como diretora, em Uberaba. Segundo a servidora, ela está...
-+=