Mulheres vítimas de violência no Rio têm novo canal de apoio e atendimento

Enviado por / FonteBrasil de Fato

A Central A.colher foi lançada na última terça-feira (30) pela vereadora Luciana Boiteux (Psol)

As mulheres que vivem no município do Rio de Janeiro contam com uma nova ferramenta para acolhimento, acompanhamento e encaminhamento de casos de violação à vida, segurança e direitos. A Central A.colher foi lançada na última terça-feira (30) pela vereadora Luciana Boiteux (Psol) numa live no Instagram da parlamentar.

A iniciativa, por meio de contatos pelo WhatsApp e presencialmente, conta com profissionais da equipe de saúde e jurídica para acompanhar e identificar os órgãos públicos que melhor possam ajudar as mulheres em cada caso de violação.

De acordo com a proposta, a central de atendimento é uma forma de identificar as principais necessidades das vítimas, desenvolver projetos de lei e de fiscalização das políticas públicas. 

“Diante do aumento dos casos de violência contra as mulheres e a ausência de respostas do poder público, é importante que Câmara Municipal seja uma ferramenta eficaz pela vida das mulheres”, ressalta a vereadora que salienta ainda que a central não pretende resolver os casos de violência, mas fazer a recepção e o encaminhamento correto às autoridades competentes.

O primeiro contato com a central pode ser feito pelo WhatsApp, pelo número (21) 999 400 180.

+ sobre o tema

JUSTIÇA DO AMAZONAS MANDA PRENDER PREFEITO DE COARI

Prefeito de Coari, Adail Pinheiro (PRP) é acusado de...

O direito de quem ama

O direito de quem ama Leia Também  Ele nunca me...

Senado aprova pena de até 30 anos para crime de estupro coletivo

Colocado em votação após caso de jovem no Rio...

para lembrar

Duas mulheres numa rua íngreme

A moça iniciava a descida da ladeira e o...

Mulheres, pardos e pretos estão mais vulneráveis a passar fome no Brasil

Em mais da metade das casas comandadas por mulheres...

Cartilha ajuda mulheres a identificar sinais de perigo de violência doméstica

A Comissão de Defesa dos Direitos Humanos e Cidadania,...
spot_imgspot_img

Em junho, Djavan fará sua estreia na Praia de Copacabana em show gratuito

O projeto TIM Music Rio, um dos mais conhecidos festivais de música no país, terá como uma de suas atrações, no dia 2 de...

Tempo para início de tratamento de câncer de mama é 3 vezes maior que o previsto em legislação

O tempo médio para o início do tratamento de câncer de mama no SUS (Sistema Único de Saúde) é quase o triplo do período previsto pela Lei...

Ação da ApexBrasil faz crescer número de empresas lideradas por mulheres nas exportações

Para promover mudança é preciso ação, compromisso e exemplo. Disposta a transformar o cenário brasileiro de negócios, há um ano a ApexBrasil (Agência Brasileira...
-+=