Na terra de Marina Silva, diretório do PV apoia Dilma Rousseff

O diretório regional do PV no Acre, onde nasceu a senadora Marina Silva (PV), terceira colocada no primeiro turno da eleição presidencial, decidiu na noite desta segunda-feira (18) “apoiar incondicionalmente” a candidatura de Dilma Rousseff (PT) à presidência da República.

 

A decisão do PV foi anunciada após reunião da executiva regional com o senador Tião Viana (PT), governador eleito do Acre. O candidato derrotado ao Senado, deputado estadual Edvaldo Magalhães (PCdoB), também participou da reunião, no diretório do PV, no centro de Rio Branco (AC).

 

No último domingo (17), reunida em São Paulo, a Executiva Nacional do PV decidiu pela neutralidade ou independência do partido no segundo turno eleitoral. Embora Marina Silva tenha decidido não apoiar Dilma ou Serra, o PV tendia a apoiar o PSDB pelas ligações históricas existentes entre as legendas.

 

No Acre, o PV faz parte da coligação Frente Popular, liderada pelo PT, que governa o Estado há 12 anos. Vários filiados e membros da executiva regional do PV ocupam cargos de confiança no governo estadual. Desde o fim do primeiro turno, os petistas pressionavam para que os verdes apoiassem a candidata Dilma Roussefl, que empatou no Estado com Marina Silva.

 

Durante a reunião prevaleceu a alegação de que a imprensa havia deturpado a decisão da Executiva Nacional. De acordo com essa interpretação, não existe qualquer impedimento para que os diretórios possam manifestar apoio aos presidenciáveis Dilma e José Serra (PSDB).

Fonte: Terra

+ sobre o tema

Maranhão tem 30 cidades em emergência devido a chuvas

Subiu para 30 o número de cidades que decretaram...

O Estado emerge

Mais uma vez, em quatro anos, a relevância do...

Extremo climático no Brasil joga luz sobre anomalias no planeta, diz ONU

As inundações no Rio Grande do Sul são um...

IR 2024: a um mês do prazo final, mais da metade ainda não entregou a declaração

O prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda...

para lembrar

Um Brasil despreza e não merece Pelé…

Por: Bob Fernandes Argentina x Suíça no Itaquerão. A torcida...

Boaventura: ‘esquerdas precisam de um pacto’

Em artigo na Carta Maior, o sociólogo Boaventura de Sousa...

Por que dizer ‘não’ ao Estatuto da Família

Manifesto pela liberdade de escolha e diversidade dos formatos...

D´Ávila entrevista Barbosa para novo programa

  Presidente do Supremo Tribunal Federal será o primeiro entrevistado...

Mulheres em cargos de liderança ganham 78% do salário dos homens na mesma função

As mulheres ainda são minoria nos cargos de liderança e ganham menos que os homens ao desempenhar a mesma função, apesar destes indicadores registrarem...

‘O 25 de abril começou em África’

No cinquentenário da Revolução dos Cravos, é importante destacar as raízes africanas do movimento que culminou na queda da ditadura em Portugal. O 25 de abril...

IBGE: número de domicílios com pessoas em insegurança alimentar grave em SP cresce 37% em 5 anos e passa de 500 mil famílias

O número de domicílios com pessoas em insegurança alimentar grave no estado de São Paulo aumentou 37% em cinco anos, segundo dados do Instituto...
-+=