Na TV, Dilma diz que irá à África do Sul caso o Brasil dispute a final

Durante entrevista ao programa “É Notícia” (RedeTV!), a candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, confirmou que irá à África do Sul caso a seleção brasileira participe da decisão do torneio.

No programa, comandado por Kennedy Alencar (repórter especial da Folha) e exibido na madrugada desta segunda-feira, Dilma falou também em orgulho de ter participado da gestão de Luiz Inácio Lula da Silva e disse que o candidato José Serra (PSDB) é “um brasileiro respeitável, com condições de disputar a presidência”.

 

 

Fonte: Folha.com

+ sobre o tema

ELIANE BRUM: Como se fabricam crianças loucas

Os manicômios não são passado, são presente. Uma...

Brazil Progresso vs. Brasil Parasita ?

Por: Vitor Miranda Eu não gosto de comentar futebol junto com...

Combater desastres demanda análise de projeções climáticas

Em 1993, o número de desastres geológicos, hidrológicos, meteorológicos,...

Sem Multas: Liminar suspende propaganda partidária do PSDB em São Paulo com Serra

Uma liminar suspendeu nesta sexta-feira a veiculação da propaganda...

para lembrar

PF faz busca e apreensão na residência de Eduardo Cunha

Polícia Federal está na porta da residência oficial da...

Dilma fala em “herança bendita” de Lula e chora ao agradecer militância

Por: Gabriel Mestieri Presidente eleita disse a companheiros do...

Michelle Obama: “Os homens de minha vida não falam assim sobre as mulheres”

Há emoção nos comícios de Michelle Obama a favor...

Fim da saída temporária apenas favorece facções

Relatado por Flávio Bolsonaro (PL-RJ), o Senado Federal aprovou projeto de lei que põe fim à saída temporária de presos em datas comemorativas. O líder do governo na Casa, Jaques Wagner (PT-BA),...

Morre o político Luiz Alberto, sem ver o PT priorizar o combate ao racismo

Morreu na manhã desta quarta (13) o ex-deputado federal Luiz Alberto (PT-BA), 70. Ele teve um infarto. Passou mal na madrugada e chegou a ser...

Equidade só na rampa

Quando o secretário-executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Cappelli, perguntou "quem indica o procurador-geral da República? (...) O povo, através do seu...
-+=