Guest Post »

“Não queria que fosse uma criança estúpida”, disse mãe de Bolsonaro

O deputado federal Jair Bolsonaro (PP/RJ), recentemente, afirmou que as mulheres deveriam receber salário menor porque engravidam e prejudicam o empresariado, com a licença-maternidade. A revista Crescer, escrita para mães e gestantes, resolveu procurar a mãe do deputado para uma entrevista.
“Era digno, não era de falar besteira”, disse Dona Olinda Bonturi, de 89 anos, à revista. Durante a conversa, a mãe de Bolsonaro revela como o educou: “com amor, muito amor”. “Não maltratei nunca um filho, nunca fiquei brava nem disse: ‘Vai apanhar’. Apanhar, não. A gente conversa com a criança”, contou a senhora, em nítida discrepância ao posicionamento e declarações agressivas do deputado federal.
“Não queria que fosse uma criança estúpida, bruta, falasse besteira”, disse Dona Olinda.
Quando criança, sua mãe relatou, emocionada, que ele “era humilde, manso, (…) reservado, quieto, compreensivo, um filho mesmo maravilhoso”.
Leia a reportagem completa da Revista Crescer.

Related posts