Negra e com deficiência, rapper Yzalú acusa campanha da Vogue de “black face”

A infeliz homenagem da revista Vogue aos atletas paraolímpicos, não ofendeu somente as pessoas com deficiência, mas também todas as pessoas cansadas de serem representadas de forma no mínimo equivocada.

Por Silvia Nascimento, do Mundo Negro 

Cleo Pires, photoshopada sem braço, juntamente com o ator Paulinho Vilhena, usou as redes sociais para explicar o close erradíssimo da campanha feita pela agência Africa, de Nizan Guanaes. Além de querer explicar o inexplicável, a atriz global foi bem arrogante. “Tô um pouco passada com a hipocrisia dos comentários”, disse a celebridade.

A Rapper Yzalú, que é deficiente fisica, foi umas das primeiras a criticar a campanha, “me senti desrespeitada” disse a Cantora. Apesar do vídeo não ter sido direcionado à Rapper, Yzalú resolveu responder, por ser uma representante natural da classe. Confira os vídeos:

+ sobre o tema

Câmara pretende ouvir Janot sobre equiparação de homofobia a racismo

A Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara...

Não entendemos errado, o que aconteceu com Angelo Assunção foi racismo

A sofisticação do racismo brasileiro está no fato de...

Candomblecista da Vila Autódromo Descreve o Terror do Processo de Remoção

Moradora removida da Vila Autódromo, Heloisa Helena Costa Berto,...

para lembrar

Larissa Luz cancela show com rapper: ‘Objetificação da mulher preta’

A cantora baiana Larissa Luz cancelou a participação que...

Como uma professora deu uma poderosa lição sobre bullying usando duas maçãs

A professora britânica Rosie Dutton encontrou uma criativa e...

Modelos plus size, albina e com vitiligo discutem inclusão na indústria

Fabiana Saba, Eliane Medeiro e Andreza Aguida falaram sobre...

Racismo Estrutural – Banco é condenado a indenizar cliente por discriminação racial

Procedimentos de segurança são intrínsecos à atividade bancária. Não...
spot_imgspot_img

Homofobia em padaria: Polícia investiga preconceito ocorrido no centro de São Paulo

Nas redes sociais, viralizou um vídeo que registra uma confusão em uma padaria, no centro de São Paulo. Uma mulher grita ofensas homofóbicas e...

Intolerância religiosa representa um terço dos processos de racismo

A intolerância religiosa representa um terço (33%) dos processos por racismo em tramitação nos tribunais brasileiros, segundo levantamento da startup JusRacial. A organização identificou...

Intolerância religiosa: Bahia tem casos emblemáticos, ausência de dados específicos e subnotificação

Domingo, 21 de janeiro, é o Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa. Nesta data, no ano 2000, morria a Iyalorixá baiana Gildásia dos...
-+=