“Nossas Histórias: vidas, lutas e saberes da gente negra”, uma exposição necessária

Sob a curadoria da Rede de Historiadoras Negras e Historiadores Negros, Geledés – Instituto da Mulher Negra, em parceria com Acervo Cultne e Google Arts & Culture, dá início ao projeto de exposições virtuais “Nossas Histórias: vidas, lutas e saberes da gente negra”. Essa ação é entendida como uma maneira de reposicionar as pesquisas acadêmicas de excelência produzidas por historiadoras negras e historiadores negros acerca dos mais diversos temas que envolvem pessoas de ascendência africana no Brasil e no mundo. O projeto, assim como outras iniciativas que temos desenvolvido, busca atender aos propósitos da reeducação das relações étnico-raciais e do letramento histórico antirracista.

A primeira exposição da série visa a compreensão do 20 de novembro como o Dia Nacional da Consciência Negra e estará completa nesta plataforma até dezembro. As seis “salas virtuais” apresentarão informações que vão das práticas de memórias da gente negra no século XIX até as reflexões de intelectuais ativistas que protagonizaram a nacionalização da data comemorativa da luta quilombola. Até novembro de 2021, uma média mensal de dois painéis de exposição virtual será apresentada, com temáticas variadas como trajetórias individuais e coletivas de mulheres e homens negros; revoltas de pessoas negras escravizadas, libertas e livres; abolicionismos negros; intelectualidades negras; imprensa negra; associativismos negros; história da presença negra em territórios negligenciados (a exemplo do Distrito Federal, Goiás, Pará, Rio Grande do Sul e Santa Catarina); histórias transnacionais no Atlântico Negro; memórias e histórias de famílias negras, entre outros.

Esperamos contribuir para a naturalização da presença de historiadoras negras e historiadores negros como sujeitos legítimos das atualizações das análises históricas no Brasil e no mundo.

 

Confia a exposição “Nossas Histórias: vidas, lutas e saberes da gente negra”

Clique aqui para ver toda a programação do Google Arts & Culture

 

+ sobre o tema

Uma pitada de Magia Negra – Em cada conto tem um canto.

Estava eu voltando do mercado, carregada de mudas, ervas...

PLP 2.0: aplicativo para o combate à violência contra a mulher é lançado oficialmente

Ferramenta apoiada pela AJURIS passará por período de testes...

Prêmio Movimentos Criativos contempla jovens negros(as)

Um + Um = Três! Quando somamos o melhor...

para lembrar

Mulheres negras, política e cultura do cancelamento no Brasil republicano

Em 23 de agosto de 1946, o jornal baiano...

Classe trabalhadora negra entre o rural e o urbano (1920-1930)

Vamos falar sobre a classe trabalhadora negra entre o...
spot_imgspot_img

Além de Ruth e Léa: Arinda Serafim e Marina Gonçalves no Teatro Experimental do Negro

Em 1944, o grande Abdias do Nascimento – ainda no início de sua trajetória como artista, intelectual e liderança política – conduziu a fundação...

Conheça Beatriz Nascimento, intelectual negra que inspira cientistas

Negra, migrante, nordestina e mulher, a historiadora Beatriz Nascimento (1942-1995) foi uma das principais intelectuais do país, com contribuições fundamentais para entender a identidade negra...

Representação e empoderamento de mulheres negras no ensino de História

O presente texto é fruto das reflexões de minha dissertação de mestrado, na qual realizei um estudo de caso que ajuda a compreender as...
-+=