Guest Post »

Nota Pública #12 – Repúdio ao atentado a produtora audiovisual

Manifestação sobre o atentado contra a produtora do Porta dos Fundos 

Da Comissão Arns  

Comissão ARNS (Reprodução/Facebook)

A Comissão de Defesa dos Direitos Humanos Dom Paulo Evaristo Arns – Comissão Arns vem a público manifestar seu repúdio ao atentado à produtora do programa humorístico Porta dos Fundos, ocorrido na madrugada do último dia 24 de dezembro de 2019. O episódio é lamentável pelo tipo de violência empregada e provoca profunda preocupação por não ser um fato isolado.

No Brasil dos últimos tempos, vemos a escalada do extremismo e de atitudes abomináveis praticadas por pessoas ou grupos que buscam deteriorar nossa capacidade de conviver em sociedade, disseminar o medo, dividir as pessoas e, consequentemente, corroer a nossa democracia.

Diante desse cenário, exigimos uma rápida investigação do caso pelas autoridades competentes, visando a responsabilização dos implicados. Entendemos que o esclarecimento é fundamental para coibir novos atos e impedir que ganhem ares de normalidade. O processo demanda transparência, rigor e rapidez.

A sociedade brasileira espera o esclarecimento deste que é mais um episódio lamentável, que atenta contra a convivência democrática. 

Por fim, expressamos nossa solidariedade a todos os integrantes do Porta dos Fundos. A liberdade de expressão é um direito inegociável, uma conquista de nossa jovem democracia, e não podemos jamais colocá-la em risco.

 

Comissão Arns

 

A Nota Pública #12 expressa a posição oficial da Comissão Arns, assim como a opinião de todos os seus integrantes

Related posts