O hilário Gabriel Green responde: “perguntas de branco”

Gabriel se considera “uma enciclopédia a base de melanina, completa com todas as respostas que confundem brancos há séculos”.

Por DAMARIS DE ANGELO, do Idea Fixa 

“Alguma vez você já quis fazer uma pergunta ao seu amigo negro, mas se conteve, pois não queria parecer racista?”

É assim que Gabriel Green inicia a sua apresentação de poesia falada “Ask a Black Dude” na College Union Poetry Slam Invitational. Um estudante da Eastern Michigan University, Gabriel responde aos mistérios comuns quais ele assume que pessoas brancas estejam mortas de vontade de desvendar.

Um desses mistérios, por exemplo, é “porque negros são tão bons no basquete?” Gabriel responde:“Nós não somos. Não existe um cromossomo mágico no DNA negro que produza em nós a capacidade genética de correr mais rápido ou pular mais alto do que todo mundo. Apenas pense: se tudo ao seu redor te dissesse que essa é sua melhor alternativa, – ou então parar na cadeia ou no cemitério -, você provavelmente treinaria mil cestas por dia também”.

Mesmo com doses de humor, as explicações de Gabriel desmistificam muitos sensos sociais absurdos que ainda são realidade.

Ainda da sua lista de perguntas: “Todas as pessoas negras odeiam os brancos?”, e Gabriel diz, “É claro que não, nós simplesmente odiamos as pessoas que perpetuam ou se recusam a reconhecer a história social, política e racial colocada contra nós. O resto é mera coincidência”.

Gabriel lembra ainda de algo muito importante: se você tiver que perguntar se “tal coisa” é racista… Definitivamente ela é. Apenas pare.

Enfim… Assista:

+ sobre o tema

Newcastle denuncia caso de racismo sofrido por atacante no Twitter

Jogador Sammy Ameobi, de 19 anos, foi vítima de...

Reflexões sobre o COVID-19 e a Realidade nas Favelas Brasileiras

Estamos vivendo atualmente uma pandemia causada pelo COVID-19, que...

Diversidade nas empresas

Foi-se o tempo em que uma organização no momento...

para lembrar

Estudantes acusam professor da UFF de machismo e injúria racial

Duas alunas da Universidade Federal Fluminense (UFF) relatam ter...

Cotas raciais em concursos públicos é tema de audiência promovida pela PFDC

A Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC/MPF)...

Debate sobre cotas marca visita de Aloisio Teixeira ao CCS

MICHELLY ROSA - AGENCIA UFRJ DE NOTÎCIAS - CCS...
spot_imgspot_img

Fifa apresenta pacote de medidas contra o racismo no esporte

A Federação Internacional de Futebol apresentou um pacote de medidas contra o racismo no esporte. O mundo do futebol está reunido em Bangkok, na Tailândia, onde...

Tragédia no Sul é ambiental, mas sobretudo política

Até onde a vista alcança, o Rio Grande do Sul é dor, destruição. E vontade de recomeçar. A tragédia socioclimática que engolfou o estado, além da...

Para os filhos que ficam

Os seus pais vão morrer. É ainda mais difícil se dar conta disso depois de um Dia das Mães, como foi o último domingo....
-+=