“O ódio deitou no meu divã”

“O ódio deitou no meu divã”. Relatos de psicanalistas revelam a violência que cresce e se infiltra no Brasil com a possibilidade de Jair Bolsonaro chegar à presidência da República

Por ELIANE BRUM, do EL Pais

“O ódio deitou no meu divã”
Divulgação / Unisc Jornalista

“O ódio deitou no meu divã”

Ele entra sem dizer uma palavra e logo começa a chorar. Pergunto o que aconteceu e ele me diz, assustado, que foi abordado por um cara da faculdade, com as seguintes palavras:

– E aí, seu viadinho de merda, já viu as pesquisas? Vai aproveitando até o dia 28 pra andar de mãozinha dada, porque, quando o mito assumir, acabou essa putaria e você vai levar porrada até virar homem.

Depois, é a menina que já entra chorando e me diz:

— Sil, me ajuda… não sei o que fazer… você não vai acreditar no que aconteceu comigo hoje… Eu estava na escola e fui pegar um livro no meu armário… Tinha uma folha de papel…

Leia o  artigo completo aqui 

+ sobre o tema

Caco Barcellos: ‘O matador brasileiro é o cidadão de bem’

O jornalista Caco Barcellos abriu o ciclo de palestras...

Vítima de ofensas racistas em praia do Rio conta como discussão começou

Vídeo muito compartilhado mostra pedagoga humilhando mulher negra. Do G1 Um...

PR: PM afasta policiais suspeitos de racismo contra advogada

O Comando da Polícia Militar (PM) do Paraná afastou...

para lembrar

Adoção do macaco como símbolo de ação social do Inter gera polêmica

Fonte: Clique Esporte - Alguns torcedores reclamam da origem racista...

Vídeo: Clientes devolvem compras após denúncia de abordagem racista

Em um novo vídeo do episódio do jogador de futebol...

Ataques racistas voltam a acontecer na UFABC

É a segunda pichação em duas semanas; alunos afirmam que universidade...

“Brasileiros e pretos deviam morrer”: Alunos da Universidade de Coimbra fazem campanha contra xenofobia

Denúncias de discriminação contra brasileiros na Universidade de Coimbra,...
spot_imgspot_img

Família de João Pedro protesta contra decisão que absolveu policiais

Os parentes do adolescente João Pedro, morto por policiais civis durante uma operação na comunidade do Salgueiro, em São Gonçalo, no Grande Rio, em...

Não há extrema direita moderada

O que faz de nós brasileiros é a implacável capacidade de banalizar barbaridades. O esporte nacional neste país é justificar com voz mansa e...

Ronilso Pacheco: Ninguém está seguro no Rio de Janeiro se é negro

A fala do governador Cláudio Castro (PL) em defesa de policiais que apontaram uma arma para três jovens filhos de diplomatas em Ipanema, região...
-+=