Guest Post »

O poder da narrativa: O Brasil revisto através dos romances de autoras negras

Através de aulas expositivas, leituras de trechos selecionados de obras e debates, o curso pretende apresentar e analisar o corpo de romances de autoras negras brasileiras, contextualizando a produção e discutindo suas principais linhas de força.

no Centro de Pesquisa e Informação

imagem- sescsp

Programa:
Quantas romancistas negras você já leu? 

– Abordagem da condição histórica do gênero através da análise de mapeamento preliminar (abrangendo três séculos) dos romances de autoria negra publicados no Brasil.
– Romance e História: gêneros narrativos em trânsito

Maria Firmina dos Reis, fundadora da literatura brasileira 
– Contexto de publicação, silenciamentos e retomadas
– A herança de Firmina, contornos de um cânone

Ruth Guimarães, modernista 
– Contexto de publicação, rupturas e reconhecimentos
– Modernidade colonizada e os fluxos de “Água funda”

Carolina Maria de Jesus, branquitude nacional e permanência de círculos 
– Pedaços da fome e a enunciação do projeto literário caroliniano
– Escrita  despistadora, olhar desemparedado

Aline França, linhas afrofuturistas
– Real, ficção e experiência histórica negra
– Tempos encruzilhados: futuros e passados no presente

Conceição Evaristo: escrita como raiz do futuro
– Escrevivência como tecnologia de existência
-A catarse de Luandi: futuro à vista

Ana Maria Gonçalves, silenciamentos prescritos
– A ideia de circulação de mundos no romance
– O romance como História aberta

Por que ler romances? (Encerramento)
– O poder da narrativa, os arranjos do silenciamento
– Capturas do/em conjunto.

As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição.

Se você necessita de recursos de acessibilidade, como tradução em Libras, audiodescrição, entre outros, solicite por e-mail ou telefone, com até 48 horas de antecedência do início da atividade. [email protected] / 11 3254-5600

Palestrantes

Doutora em Letras pela USP, sua tese rastreia o romance de autoras negras brasileiras publicados do século XIX ao XXI. Mestra em Estudos Comparados – USP, com dissertação sobre a escritora Carolina Maria de Jesus. Publicou Carolina Maria de Jesus: literatura e cidade em dissenso. Escreve, estuda, debate e pesquisa temas em torno da autoria negra; cânone e silenciamentos; centros e margens.
(Foto: Acervo Pessoal)

Data

22/06/2019 a 22/06/2019

Dias e Horários

Sábado, 10h às 17h.

As inscrições podem ser feitas a partir de 28 de Maio, às 14h, aqui no site do Centro de Pesquisa e Formação ou nas Unidades do Sesc em São Paulo.

Local

Valores

R$ 15,00 – credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes
R$ 25,00 – pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante
R$ 50,00 – inteira

Related posts