‘O Sabiá’ filme rememora a colonização africana do Sul do Brasil

Após ter sido exibido no 5° Festival de Cinema na Floresta, na cidade de Alta Floresta, no Mato Grosso, o curta “O Sabiá”, produzido pela Manga Rosa Filmes e escrito e dirigido por Zeca Brito, se prepara para partir para a Europa! Em outubro “O Sabiá” irá participar da mostra competitiva do 7º Festival de Cine Latinoamericano y del Caribe – CINEMAÍSSI 2011, que acontece entre os dias 20 e 23, em Helsinki, na Finlândia. “O Sabiá” foi selecionado dentre mais de 200 trabalhos inscritos!

E a carreira europeia continua em novembro, quando essa obra, que rememora a colonização africana no Sul do Brasil, participará da programação oficial do Festival de Cinema Itinerante da Língua Portuguesa, na Universidade de Coimbra. Esta será a segunda exibição de “O Sabiá” em Portugal, após ter sido recebido com fortes aplausos na primeira edição do ano deste mesmo evento, em Lisboa, no final de abril passado.

“É uma com grande alegria que vejo o filme ‘O Sabiá’ levando nossa realidade social mundo afora. Os quilombos no Rio Grande do Sul expressam a resistência étnica e política por meio da reprodução dos seus modos de vida singulares e da reivindicação de um território próprio. Lá se encontram formas de desenvolvimento ajustadas às necessidades do presente e sustentadas por uma cultura coletiva, participativa e solidária”, afirma o diretor Zeca Brito.

O filme “O Sabiá” acompanha a história de Juvêncio, um menino quilombola que após ter sido abandonado pela mãe tem um bloqueio mental e se recusa a falar. Os avós insistem em sua educação e através da oralidade tem o desafio de perpetuar a herança cultural africana no momento em que a luz elétrica chega ao quilombo do Rincão do Inferno.

Ficha Técnica:

Roteiro e direção: Zeca Brito

Direção de fotografia: Bruno Polidoro

Direção de Arte: Edison Larronda

Montador: Lufe Bollini

Edição e desenho de som: Tiago Bello e Augusto Stern

Trilha original: Luis Felipe Damiani

Direção de Produção: Eliane Pacheco e Taty Behar

Produção executiva: Cintia Helena Rodrigues

Produtora do filme: Manga Rosa Filmes

Ator: Juvêncio de Assis

Coadjuvantes: Alcíbio Franco e Onélia Franco

Manga Rosa Filmes

Manga Rosa Filmes é uma produtora com sede em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, e formada por profissionais que atuam no mercado há mais de 15 anos. Atua em todas as áreas do audiovisual e já produziu materiais para empresas como Ford, Rotta Ely, Instituto Cervantes, Elevato e Lindóia Shopping. Entre os reconhecimentos conquistados estão prêmios nos festivais de Huelva, Espanha, e de La Plata e de Galardones, ambos na Argentina. No cinema, realizou curtas como “Groelândia”, de Rafael Figueiredo, “Fogo”, de Hique Montanari e “O Sabiá”, de Zeca Brito. Entre os talentos envolvidos estão nomes como o do diretor publicitário Davi Santaella, do cineasta Hique Montanari, do documentarista e roteirista Carlos Carmo, da produtora Cintia Helena e da publicitária Cibele Nunes.

+ sobre o tema

‘Um maluco no pedaço’ e o segredo dos remakes de séries que dão certo

Um Maluco no Pedaço, Gossip Girl e Gilmore Girls...

Dois meses depois de terremoto, Haiti começa a avançar

    Exatamente dois meses depois do terremoto...

para lembrar

A jornada de Ingrid Silva, das favelas do Rio até o ballet profissional em NY

A jornada rumo aos seus sonhos começa dentro de...

Especulação financeira, e não problema climático, explica a fome no Chifre da África

por: Marcel Gomes Especulação financeira, e não problema climático, explica...

Declarcion del movimento social afrovenezolano y el proyecto simon bolivar

Por: Jesus Chucho Garcia Afrodescendientes discuten proyecto Simón Bolívar ...
spot_imgspot_img

Oito em cada dez quilombolas vivem com saneamento básico precário

De cada dez quilombolas no país, praticamente oito vivem em lares com saneamento básico precário ou ausente. São 1,048 milhão de pessoas que moram...

Exposição e seminário em São Paulo celebram legado de Nelson Mandela

No dia 18 de julho é celebrado o Dia Internacional Nelson Mandela, data estabelecida pela Organização das Nações Unidas (ONU) em reconhecimento à contribuição...

Majestosa, Lauryn Hill entrega show intenso e coroa história da Chic Show

"Não é só um baile black", gritou Criolo durante o terceiro show do festival Chic Show 50 Anos, no sábado (12). O rapper do...
-+=