OAB vota criação da Comissão Nacional da Verdade da Escravidão Negra no Brasil

O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) criou, hoje (3), a Comissão Nacional da Verdade da Escravidão Negra no Brasil, no âmbito da entidade, para investigar os fatos relativos à escravidão de africanos e seus descendentes. A intenção, também, é fazer um resgate histórico e da contribuição da população negra para o desenvolvimento do país.

Para o presidente do Instituto da Advocacia Racial e Ambiental, Humberto Adami, a comissão cria um espaço para a escravidão do negro ser passada a limpo. “Para que se consiga ver o que aconteceu, a tragédia e o holocausto do povo negro, do povo africano no Brasil, e a partir daí se possa buscar com mais firmeza a aplicação de política de ação afirmativa, para que os brasileiros que estão em uma situação de cidadão de segunda classe partam para a verdadeira igualdade”, disse.

Em sessão plenária, o conselho decidiu, ainda, encaminhar ao governo federal a proposta de instalar a comissão da escravidão negra nos moldes da Comissão Nacional da Verdade (CNV) que investiga as violações de direitos humanos durante o regime militar, entre 1964 e 1985.

Segundo Adami, além do resgate histórico, é possível discutir a reparação e avaliar as condições de desigualdade nos campos político, econômico, de mercado de trabalho, das questões quilombolas e das religiões de matriz africana. “Na verdade, você transforma e refunda a República ao trazer a reparação da escravidão para uma discussão franca e aberta, como tiveram os judeus, os japoneses da época do macartismo e outros grupos humanos que passaram por períodos de discriminação. Apenas para a população negra isso ainda não foi concedido”, disse Adami. Os membros da comissão da OAB devem ser escolhidos e nomeados até o próximo mês.

 

Leia outras matérias sobre a Comissão da Verdade da Escravidão Negras

 

Fonte: Agência Brasil

+ sobre o tema

A Origem e Consolidação do Racismo no Brasil

1- Constituição e Racionalização da Exploração Escravista na Antiguidade Mário...

A escravidão através dos olhos de uma parisiense em viagem pelo Brasil

Memórias, diários e relatos de viagens são fontes importantes...

Abolição no Parlamento, 1823/1888 – 65 anos de lutas

“Abolição no Parlamento, 1823/1888 – 65 anos de lutas”...

“Brasil: 12(6) anos de escravidão”

Diante do sucesso do filme de Steve McQueen, que...

para lembrar

13 de Maio – A Resistência

Os africanos escravizados no Brasil não demoraram muito para...

O destino dos negros após a Abolição, por Gilberto Maringoni

Morro da Favela (atual Providência), em 1927. Após a...

Imagens da Escravidão: Emancipação, inclusão e exclusão

por Lilia Schwarcz, Maria Helena Machado e Sergio Burgi O...

Sidney Chalhoub, em carta aberta a jovens: A “velha corrupção” no Brasil

A “Velha Corrupção” (carta aberta aos jovens sobre as...
spot_imgspot_img

João Cândido e o silêncio da escola

João Cândido, o Almirante Negro, é um herói brasileiro. Nasceu no dia 24 de junho de 1880, Encruzilhada do Sul, Rio Grande do Sul....

Contar aquilo que deixaram de nos contar

Eu espero que este seja mais um entre inúmeros textos que tenham por objetivo repercutir o brilhantismo do recém-lançado Projeto Querino, uma das mais impressionantes...

Historiador desvenda origem de povo escravizado na mineração de ouro e diamante no Brasil

Um historiador brasileiro desvendou a origem histórica dos courás, um dos povos mais singulares e enigmáticos da escravidão. Também conhecidos como couranos, eles foram...
-+=