ONU Mulheres faz chamada de projetos para organizações de defensoras de direitos humanos em resposta à pandemia Covid-19

Enviado por / FonteONU Mulheres

De 2 a 21 de junho, chamada seguirá aberta para receber projetos de organizações lideradas por mulheres e voltadas à promoção dos direitos das mulheres com conhecimento especializado e experiência no trabalho com mulheres defensoras de direitos humanos. São estimuladas apresentações de vários grupos de mulheres, entre elas: mulheres negras, quilombolas, indígenas, lésbicas, bissexuais e transexuais, jovens, mulheres com deficiência, mães de vítimas da violência urbana, trabalhadoras rurais, extrativistas, ambientalistas, ativistas por direitos sexuais e reprodutivos, pelo enfrentamento à violência contra mulheres, pelos direitos das mulheres em situação carcerária, pelo direito à terra e à moradia, pelo direito à saúde mental, à participação política, professoras, advogadas, jornalistas, lideranças comunitárias e religiosas atuantes em periferias urbanas

Documentação: Termo de Referência |  Anexo I | Anexo II Formulário de Autodeclaração

A ONU Mulheres Brasil torna pública, nesta terça-feira (2/6), a abertura da Chamada Nº 01/2020 – Chamada da ONU Mulheres Brasil para apoio financeiro a Organizações de Defensoras de Direitos Humanos – Pandemia COVID-19. A iniciativa conta com o apoio da União Europeia e se destina a organizações não estatais e sem fins lucrativos para apresentação de projetos com valores entre R$ 30.000,00 (trinta mil reais) e R$ 130.000,00 (cento e trinta mil reais) e duração de pelo menos seis meses até um ano. Esta chamada para propostas está voltada à implementação do Plano de Contingência diante da pandemia da COVID-19 do projeto “Conectando Mulheres, Defendendo Direitos” implementado pela ONU Mulheres, com o apoio da União Europeia, e tem como prazo final de envio 21 de junho de 2020. O apoio financeiro será destinado exclusivamente a atividades para fortalecimento das capacidades institucionais das organizações, cuja atuação é voltada para mulheres defensoras de direitos humanos, em função dos novos desafios enfrentados com a pandemia da COVID-19.

Atendendo aos critérios de elegibilidade desta chamada, são convidadas a enviarem propostas para apoio financeiro organizações lideradas por mulheres e voltadas à promoção dos direitos das mulheres com conhecimento especializado e experiência no trabalho com mulheres defensoras de direitos humanos. Propostas de organizações de mulheres negras, quilombolas, indígenas, lésbicas, bissexuais e transexuais, jovens, mulheres com deficiência, mães de vítimas da violência urbana, trabalhadoras rurais, extrativistas, ambientalistas, ativistas por direitos sexuais e reprodutivos, pelo enfrentamento à violência contra mulheres, pelos direitos das mulheres em situação carcerária, pelo direito à terra e à moradia, pelo direito à saúde mental, à participação política, professoras, advogadas, jornalistas, lideranças comunitárias e religiosas atuantes em periferias urbanas, de todas as regiões do país são bem-vindas.

Organizações da sociedade civil interessadas em participar do processo seletivo para apoio financeiro devem enviar todos os documentos solicitados descritos na Chamada para o e-mail [email protected] e preencher o Formulário de Autodeclaração. As propostas devem ser enviadas em português. Propostas enviadas em outros idiomas ou fora do prazo estabelecido nesta chamada não serão consideradas.

Este anúncio não implica a confirmação de apoio financeiro a nenhuma entidade, mas somente tem o objetivo de informar sobre o período em que a chamada para envio de propostas estará aberta e quais critérios deverão ser observados. ONU Mulheres não assume nenhuma obrigação financeira com as organizações que enviarem propostas. Não se responsabilizará e não aprovará gastos realizados por qualquer entidade para elaborar candidatura a esta chamada.

Chamada Nº 01/2020 – Chamada da ONU Mulheres Brasil para apoio financeiro a Organizações de Defensoras de Direitos Humanos – Pandemia COVID-19
Data de publicação: 2 de junho de 2020
Prazo para envio de propostas: 21 de junho de 2020 às 23:59 horário de Brasilia
Orçamento mínimo: R$ 30.000,00 (trinta mil reais) | Orçamento máximo: R$ 130.000,00 (cento e trinta mil reais)

+ sobre o tema

Que escriba sou eu?

Tenho uma amiga que afirma que a gente só prova...

Oxfam: Brasil é um caso de sucesso na redução da desigualdade

Sugerido por robson_lopes Trechos dos artigos: Felizmente, a...

OEA debaterá tratamento dado por Brasil a haitianos

As condições precárias dos imigrantes haitianos no abrigo...

Vox/Band/iG: Dilma cai de 56% para 54%

Candidata petista varia para baixo pela primeira vez dentro...

para lembrar

Taís Araújo recebe título de defensora de Direitos das Mulheres Negras

No posto, a atriz terá a missão de apoiar...

Fundação criada por Rihanna doa R$ 25 milhões para combater coronavírus

O valor é destinado para a OMS e grupos...
spot_imgspot_img

População de rua no Brasil cresceu quase 10 vezes na última década, aponta Ipea

A população em situação de rua no Brasil aumentou 935,31% nos últimos dez anos, segundo levantamento do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) com base em...

Saúde mental dos idosos ainda sofre os impactos da pandemia

Após anos de enfrentamento da pandemia da Covid-19, torna-se evidente que os idosos estão entre os grupos mais afetados em termos de saúde mental. A melhoria das...

Nova ferramenta fortalece a valorização das ONGs no Brasil

Já faz muito tempo que as entidades sem fins lucrativos vêm ganhando relevância entre os protagonistas que conduzem o destino do nosso país. Entretanto, foi a...
-+=