Opanijé, grupo de rap baiano, se apresenta no Sesc Belenzinho

No dia 19 de Novembro, sábado, a partir das 20h30, o grupo de rap de Salvador, Opanijé, se apresenta no Sesc Belenzinho, Rua Padre Adelino, 1000. O show conta com a discotecagem de DJ Will e participação especial do poeta Akins Kintê.

Texto: Pedro Borges / Edição de Imagem: Pedro Borges enviado para o Portal Geledés

Em 2005, Lázaro Erê (cantor e compositor), Rone Dum-Dum (cantor e compositor), DJ Chiba e Zezé Olukemi (percussão) fundaram o Opanijé com a proposta de cantar Rap com letras que exaltem a cultura negra e a ancestralidade africana. Entre as canções do grupo, destaque para “Encruzilhada” e “Valeu, Zumbi”. A primeira conta com a participação do rapper Heider, do grupo RBF, e é uma homenagem ao Orixá Exu. A segunda exalta o legado do líder de Palmares e ressalta a importância da cultura e do conhecimento para a juventude.

DJ Chiba, integrante do grupo, destaca o significado de se apresentar na semana da consciência negra. “Para nós é uma honra e uma responsabilidade muito grande fazer esse evento tão próximo do 20 de Novembro. A data é muito emblemática e significativa, porque é a nossa luta, nossa bandeira. A força do Opanijé está no movimento negro e na luta negra. É uma grande honra ter a oportunidade de mostrar nosso trabalho neste dia”.

Com mais de mais de 21 mil visitações em apenas dois anos no MySpace, a banda tem o reconhecimento de nomes consagrados do Rap nacional, como B. Negão, Thaíde, Lettieres Leite, GOG, Bastardo do grupo paulista SNJ e Mos Def, rapper norte-americano.

Em São Paulo, o Opanijé vai dividir palco com outras grandes referências nacionais, DJ Will e Akins Kintê. “DJ Will é um DJ conceituado, já toca em grandes festas em São Paulo, já participou de um monte de projeto importante e é uma das figuras do rap nacional da atualidade. Dividir o palco com o mestre Akins é uma grande honra, porque ele é um amigo nosso de longa data e uma das grandes vozes negras, poéticas de São Paulo”.

flyer_-_opanije

William Nascimento Simões, DJ Will, tem 28 anos e desde muito novo acompanha o trabalho do pai, o DJ KL Jay (Racionais Mc’s). Em 2006 ganhou o Prêmio Hutuz como melhor DJ de grupo e em 2013 formou, ao lado de Filiph Neo, Dee, Renan Samam e DJ Murilo, o 5 pra 1.

O Poeta Akins Kintê, nascido e criado na Zona Norte de São Paulo, Brasilândia, traz seu primeiro livro sob sua autoria, “Muzimba Na Humildade Sem Maldade”, acompanhado de um CD com a musicalidade do produtor Tico Pro. A obra inova na sonoridade, na arrumação das rimas e também nos temas abordados que vão desde o amor e o racismo até a política e o futebol de várzea.

A atividade faz parte da mostra “Motumbá – Memórias e Resistências Negras”. A palavra de origem Yorubáque, mais do que uma saudação, significa bênção entre os nagôs. O projeto se inicia em novembro, mês que comemora a consciência negra, e segue em cartaz até março de 2017. As atividades ocupam diversos espaços abertos e fechados da unidade [Comedoria, Teatro, Praça, Sala de Espetáculos I e II, Convivência, Oficinas] para apresentar ao público atrações de música, dança, teatro, performance, literatura, cinema, artes visuais e rodas de reflexão e debate.

 

+ sobre o tema

Coletivo Luiza Bairros: conheça grupo que atua no combate ao racismo institucional na UFBA

A principal estratégia utilizada é na exigência do cumprimento...

Após reivindicação do movimento negro, sítio arqueológico no centro do Rio será preservado

Diferente das ossadas humanas descobertas durante escavações próximas à...

Agenda única de eventos em novembro celebra a consciência negra na UFMG

Iniciativa, que une comunidade e gestão, integra formação, informação...

para lembrar

Não há como falar em democracia num quadro de marginalização

Edson França * O Deputado Henrique Fontana (PT/RS) designado...

Leci Brandão – Audiência discute Pontos de Cultura em São Paulo

Acontece na quarta-feira (5), a partir das 14h30, a...

Biblioteca Leonel Brizola abriga exposição sobre Cultura Africana

Será aberta hoje, na Biblioteca Pública Governador Leonel...
spot_imgspot_img

Câmara aprova projeto que torna Dia da Consciência Negra feriado nacional; texto vai à sanção

Por 286 votos a favor e 121 contrários, a Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (29) um projeto de lei que declara o dia 20 de...

Profissionais negros reinventam suas carreiras na TV e avaliam a importância da discussão racial

No Dia da Consciência Negra, o gshow conversou com artistas que compartilham a jornada que é ser um profissional preto na teledramaturgia. Entre eles, atores, atrizes e...

“Quanto mais diversos formos, melhores seremos”

Uma das mais destacadas intelectuais em atividade no país, a historiadora e antropóloga Lilia Schwarcz, docente da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas...
-+=