Guest Post »

Oracle aprovou a 1º startup negra no mundo para o programa de aceleração no Brasil

A Juntos Campos terá acesso à base de clientes Oracle  durante o período de aceleração

Por Silvana Inácio enviado para o Portal Geledés

Foto: enviado para o Portal Geledés

São Paulo, 15 de Maio de 2018 – A Juntos Campos é primeira startup negra selecionada, no mundo, para participar do programa de aceleração da Oracle. A empresa foi selecionada para participar do Scaleup Ecosystem, programa de aceleração da Oracle, no Brasil.

A startup finalista do programa foi anunciado por Fernando Ribeiro, mentor técnico do Scaleup e OSCA e Vítor Andrade Head do Ecosistema OSCA, na última quarta-feira (09 de Maio), durante cerimônia, na sede da Oracle Brasil, em São Paulo. Durante o período de aceleração a empresa contará com orientação de especialistas da gigante norte-americana e do mercado, espaço de colaboração no coworking CO.W, em São Paulo, acesso a investidores, clientes e parceiros da Oracle, além de livre acesso às soluções Oracle Cloud.

A Juntos Campos é uma empresa do segmento de treinamento corporativo de operações críticas, que usa a inteligência artificial para capacitar, avaliar performance e desenvolver colaboradores em ações que são essenciais no impacto à vida de pessoas. Focada nos segmentos: companhias aéreas, hospitais, empresas de engenharia, aeronáutica, exército, marinha e etc.

A startup participou de todo processo que contou com a participação de 400 empresas, através de uma indicação, da CEO do BlackRocks, Maitê Lourenço. O BlackRocks vem se destacando no Brasil pelo trabalho desenvolvido de incentivar que mais pessoas negras acessem o ecossistema de startup, inovação e tecnologia.

O BlackRocks recebeu o prêmio Veja-se, em 2017, na Categoria Diversidade e esse ano foi selecionada com um dos cases, do especial Inspiração, que é uma cerimônia de premiação do departamento de Responsabilidade Social da TV Globo e o programa Caldeirão do Luciano Hulk, que premiou 5 iniciativas que se destacam pela atuação e por cumprirem com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU.

“Hoje estamos nos tornando uma iniciativa importante dentro do ecossistema de empreendedorismo de impacto para confirmar a necessidade de incentivar que mais negras e negros tenham seus empreendimentos valorizados. A Juntos Campos é a comprovação do que falta é apenas oportunidade, interesse das grandes empresas em mudar o cenário e incentivo. Afirma Maitê Lourenço.

Sobre Juntos Campos

É uma suíte de ferramentas, distribuída em plataforma online e aplicativo privado para o cliente. A Juntos Campus fornece às empresas a possibilidade de implementar e enriquecer a experiência de treinamento no ambiente corporativo, utilizando soluções construídas em estudos de habilidades não cognitivas e domínios de aprendizagem. Realiza a automação de treinamentos individual, por grupos e por departamentos, possibilitando que a empresa acompanhe o progresso dos talentos dentro do negócio.

Uma maneira das empresas permanecerem atualizadas dentro de um cenário de rápida mudança e implementação de estratégia de negócios que maximize a sinergia entre aprendizagem ao longo da passagem do colaborador dentro da empresa, alinhado a produtividade.

Sobre o BlackRocks

O BlackRocks incentiva a população negra a acessar o ecossistema de startups, inovação e tecnologia Segundo Maitê Lourenço, CEO e fundadora são desenvolvidas diversas ações para que os empreendedores negros que correspondem, segundo dados do SEBRAE, a 51% dos microempreendedores, ou seja, representam mais de 11 milhões de pessoas, que por conta de toda a conjuntura racial de nosso país, não alcançam as mesmas oportunidades de desenvolvimento que os outros 49% dos microempreendedores, tenham acesso à crescimento econômico.

BlackRocks é uma empresa de impacto social, que traz em seu DNA a valorização da população negra e seu potencial de criatividade, inovação e desenvolvimento para o empreendedorismo, por isso estamos em busca de empresas conscientes de que a promoção da diversidade, seja ela racial, gênero ou orientação sexual trazem maiores oportunidades de crescimento para todos os stakeholders envolvidos no ecossistema, sejam as empresas, seus fornecedores, clientes, parceiros e a sociedade como um todo.

Contamos com um programa de aceleração/incentivo de negócios, onde buscamos no mercado empresas negras que tenham o perfil para estar em grandes instituições, realizamos mentorias, orientações ao negócio e um grande diferencial é o acompanhamento psicológico, onde levamos estes empreendedores a acreditarem que é possível estar entre as melhores startups e empreendimentos de impacto no Brasil, está aí a Juntos Campus para comprovar nossa ação e marco na Oracle. Afirma Maitê Lourenço.

Segue o link com as informações gerais e acesso ao formulário.

https://www1.folha.uol.com.br/empreendedorsocial/2018/05/inscricoes-para-premio-empreendedor-social-terminam-esta-semana.shtml


** Este artigo é de autoria de colaboradores ou articulistas do PORTAL GELEDÉS e não representa ideias ou opiniões do veículo. Portal Geledés oferece espaço para vozes diversas da esfera pública, garantindo assim a pluralidade do debate na sociedade.

Artigos relacionados