terça-feira, dezembro 6, 2022
InícioÁfrica e sua diásporaEntretenimentoOs Tempos de Leci: Evento gratuito celebra a vida e a obra...

Os Tempos de Leci: Evento gratuito celebra a vida e a obra de Leci Brandão com shows e bate-papos entre os dias 23 e 26/11

Uma das matricarcas mais importantes do samba no Brasil, a cantora e compositora Leci Brandão tem quase 50 anos de carreira numa trajetória que vai muito além da música, e que envolve resistência, luta política, luta feminista e antirracista. Para celebrar a obra e a relevância da artista no cenário cultural brasileiro, a Timoneira Produções apresenta “Os Tempos de Leci – Uma Homenagem à Leci Brandão”, evento que terá sua primeira edição entre os dias 23 e 26 de novembro, integrando a programação do Novembro Negro, com shows gratuitos de cantoras e compositoras negras, expoentes da nova geração, que vão interpretar Leci, além de músicas do seu repertório. O evento terá ainda uma programação de bate-papos virtuais com convidadas.

SHOWS: No dia 25/11, sexta, às 19h, Silvia Duffrayer e Luiza Dionizio sobem ao palco do Centro de Referência da Música Carioca Artur da Távola, na Tijuca. Já no dia 26/11, sábado, às 17h, Nilze Carvalho e Maria Menezes comandam o show, seguidas por Marina Íris, que também é diretora artística do projeto, e Ana Costa, às 19h. As apresentações vão trazer grandes sucessos de Leci, além de canções autorais e de repertório das artistas. A banda também é formada unicamente por mulheres. A direção musical é de Yayá Alves. O ingresso é gratuito e solidário. Para ter acesso ao local, é necessário chegar com uma hora de antecedência para retirada do convite e levar 1 pacote de absorvente, que será doado posteriormente às pessoas em situação de vulnerabilidade menstrual.

BATE-PAPOS ON-LINE: “Os Tempos de Leci” também contará com contribuições de grandes mulheres negras, que vão debater e aprofundar temas relacionados à artista. No dia 23/11, às 19h, o assunto é “Mulheres no samba”, com a participação de Jack Rocha e Cris Pereira e mediação de Maitê Freitas. Já no dia 24/11, às 19h, o debate será sobre “Mulheres na política”, e participam as deputadas Benedita da Silva e Dani Balbi, também com mediação de Maitê Freitas. As conversas serão transmitidas pelo canal da Timoneira Produções: https://www.youtube.com/channel/UCkGBm1HosSuQtTCVSleSZMA.

“Os Tempos de Leci” tem idealização e curadoria de Ana Beatriz Silva, Mariana Campos e Marina Íris e surgiu com o objetivo de homenagear Leci Brandão, mas também para criar conexões entre tempos musicais e gerações distintas, que vão se unir por meio do samba e da obra da artista. Gerações de mulheres negras que ultrapassam os limites da música, buscando viabilizar pautas e mudanças nas realidades artísticas, políticas e sociais.

“Nossa expectativa é ofertar ao público uma programação que não só enaltece a grandeza de Leci Brandão, mas também difunde o trabalho de cantoras grandiosas que têm movimentado o cenário do samba na cidade do Rio de Janeiro, reafirmando esse espaço como um espaço plural e diverso. Essa homenagem se configura como uma oportunidade de celebrar a vida e a carreira de Leci Brandão, bem como de reunir artistas de distintas gerações que dialogam com a essência de uma das principais reivindicações da atualidade: representatividade, elemento chave frente aos significados presentes na trajetória de Leci”, afirma Ana Beatriz Silva, uma das idealizadoras.

Durante as apresentações, também serão exibidas falas e imagens de acervo da cantora e compositora, trazendo ao público informações sobre a sua trajetória.

Nascida e criada no subúrbio do Rio, filha de uma zeladora de escola pública e de um funcionário público, Leci Brandão, que acaba de ser reeleita deputada estadual em São Paulo, começou a compor aos 19 anos e é uma das maiores referências femininas no mundo do samba. Foi a primeira mulher a integrar a ala de compositores da Estação Primeira de Mangueira, em 1972. À frente do seu tempo, ainda nos anos 1970, Leci já evidenciava em suas composições temas contemporâneos como relações de gênero, sexualidade, raça e classe.

“Leci Brandão é um dos maiores nomes da música brasileira e matriarca do samba. Dona de uma linda e importante trajetória na música e na política, merece receber todas as homenagens e honras. Acreditamos na importância de homenagear mulheres negras em vida, haja vista que vivemos em um país que ainda insiste em interromper e silenciar o potencial intelectual, político e artístico de mulheres negras em seus espaços de atuação”, diz Mariana Campos, idealizadora do projeto.

Benedita da Silva, Dani Balbi, Jack Rocha e Cris Pereira participam de bate-papos que vão trazer à tona o samba e a política, temáticas da vida de Leci Brandão.

Outro destaque do evento são as rodas de conversa virtuais, exibidas no canal da Timoneira Produções no YouTube, que também vão dialogar com a obra e os tempos de Leci, por meio de dois temas principais: o samba e a política, buscando refletir os significados que a artista traz para as novas gerações de mulheres.

O primeiro bate-papo será no dia 23/11, às 19h, sob o título de “Mulheres no Samba: vozes e elos matriarcais”. Na abordagem, as convidadas Jack Rocha, sambista e especialista em Relações Étnico Raciais, e Cris Pereira, sambista e mestra em História Cultural pela UnB, vão debater pontos como o fato do samba ser um gênero musical de predominância masculina; os desafios da participação de mulheres, sobretudo negras, neste segmento; a invisibilização das mulheres no mundo do samba; os ancestrais e elos matriarcais do ritmo. A mediação será da jornalista Maitê Freitas.

Já no dia 24/11, às 19h, o tema será “Mulheres na Política: cantando o samba e fazendo política” e as convidadas são a deputada federal recém-reeleita Benedita da Silva, e a deputada estadual, eleita pela primeira vez, Dani Balbi. O assunto será a trajetória política de Leci Brandão, que carrega consigo os desafios de ser uma mulher negra no parlamento, trabalhando essencialmente para causas relacionadas às mulheres, negras, indígenas, LGBTQIAPN+, entre outros setores marginalizados da sociedade. A mediação também será de Maitê Freitas.

“Leci Brandão reconhecidamente é uma referência para as mulheres negras. A riqueza de sua história se faz presente tanto com as letras de suas músicas, como também em seu exercício como ativista e parlamentar. Uma mulher negra que conseguiu romper as camadas de apagamento estrutural que insiste em colocar as mulheres negras na base da pirâmide social, sofrendo o peso de preconceitos e discriminações simultâneos, que não só as excluem de determinados espaços pelo fato de serem mulheres, mas também as excluem de outras possibilidades, pelo fato de serem negras. Acreditamos que a música, a história e a trajetória da carreira de Leci Brandão são fonte de inspiração para as novas gerações de mulheres negras”, conclui Ana Beatriz Silva.

O projeto “Os Tempos de Leci – Uma Homenagem a Leci Brandão” é uma realização da Timoneira Produções, por meio do Programa de Fomento à Cultura Carioca – FOCA, um edital da Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro e da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

Dia 23/11 – 19h
Bate-papo “Mulheres no Samba: vozes e elos matriarcais”
Com Jack Rocha e Cris Pereira. Mediação de Maitê Freitas.
Transmissão online.

Dia 24/11 – 19h
Bate-papo “Mulheres na Política: cantando o samba e fazendo política”
Com Benedita da Silva e Dani Balbi. Mediação de Maitê Freitas.
Transmissão online.

Dia 25/11
19h – Show
Silvia Duffrayer e Luiza Dionizio no Centro de Referência da Música Carioca
Livre. Ingresso gratuito e solidário: retirada com 1 hora de antecedência e mediante a apresentação de 1 pacote de absorvente, que será doado posteriormente a mulheres em situação de vulnerabilidade menstrual.

Dia 26/11
17h – Show
Nilze Carvalho e Maria Menezes no Centro de Referência da Música Carioca
Livre. Ingresso gratuito e solidário: retirada com 1 hora de antecedência e mediante a apresentação de 1 pacote de absorvente, que será doado posteriormente a mulheres em situação de vulnerabilidade menstrual.

19h – Show
Marina Íris e Ana Costa, no Centro de Referência da Música Carioca
Livre. Ingresso gratuito e solidário: retirada com 1 hora de antecedência e mediante a apresentação de 1 pacote de absorvente, que será doado posteriormente a mulheres em situação de vulnerabilidade menstrual.

FICHA TÉCNICA:
Cantoras: Ana Costa, Luiza Dionizio, Maria Menezes, Marina Íris, Nilze Carvalho e Sílvia Duffrayer
Musicistas: Carol D’Ávila, Giselle Sorriso, Samara Líbano, Thay Carvalho, Viviane Amaral e Yayá Alves
Debatedoras: Benedita da Silva, Cris Pereira, Dani Balbi, Jack Rocha e Maitê Freitas
Realização: Timoneira Produções
Direção geral: Ana Beatriz Silva e Mariana Campos
Direção artística: Marina Íris
Direção Musical: Yayá Alves
Coordenação Artística: Mariana Campos
Coordenação de Produção: Ana Beatriz Silva
Produção Executiva: Sarah Souza
Assistente de Produção: Cíntia Lima
Cenografia: Lorena Lima
Iluminação: Tainã Miranda
Técnico de Som: Cícero Menezes
Coordenação de comunicação: Ivana Dorali
Designer gráfico: Terê Dantas
Social media: Luanna Mendes
Assessoria de Imprensa: Mario Camelo
Fotógrafa: Lilo Oliveira
Filmmaker: Luis Gomes
Edição de vídeos: Bebel Rodriguez
Assessoria contábil: Jopec Assessoria Contábil

SERVIÇO
Os Tempos de Leci – Uma Homenagem à Leci Brandão
De 23 a 26 de novembro
Shows no Centro de Referência da Música Carioca Artur da Távola dias 25 e 26/11
Endereço: Rua Conde de Bonfim, 824, Tijuca.
159 lugares. Livre.
Atividades on-line no canal da Timoneira Produções no YouTube:
https://www.youtube.com/channel/UCkGBm1HosSuQtTCVSleSZMA.

Shows – Ingresso gratuito e solidário: retirada com 1 hora de antecedência e mediante a apresentação de 1 pacote de absorvente, que será doado posteriormente às pessoas em situação de vulnerabilidade menstrual.

Para saber mais, siga a Timoneira Produções:
Instagram: https://www.instagram.com/timoneiraproducoes/

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench