Os Tempos de Leci: Evento gratuito celebra a vida e a obra de Leci Brandão com shows e bate-papos entre os dias 23 e 26/11

Uma das matricarcas mais importantes do samba no Brasil, a cantora e compositora Leci Brandão tem quase 50 anos de carreira numa trajetória que vai muito além da música, e que envolve resistência, luta política, luta feminista e antirracista. Para celebrar a obra e a relevância da artista no cenário cultural brasileiro, a Timoneira Produções apresenta “Os Tempos de Leci – Uma Homenagem à Leci Brandão”, evento que terá sua primeira edição entre os dias 23 e 26 de novembro, integrando a programação do Novembro Negro, com shows gratuitos de cantoras e compositoras negras, expoentes da nova geração, que vão interpretar Leci, além de músicas do seu repertório. O evento terá ainda uma programação de bate-papos virtuais com convidadas.

SHOWS: No dia 25/11, sexta, às 19h, Silvia Duffrayer e Luiza Dionizio sobem ao palco do Centro de Referência da Música Carioca Artur da Távola, na Tijuca. Já no dia 26/11, sábado, às 17h, Nilze Carvalho e Maria Menezes comandam o show, seguidas por Marina Íris, que também é diretora artística do projeto, e Ana Costa, às 19h. As apresentações vão trazer grandes sucessos de Leci, além de canções autorais e de repertório das artistas. A banda também é formada unicamente por mulheres. A direção musical é de Yayá Alves. O ingresso é gratuito e solidário. Para ter acesso ao local, é necessário chegar com uma hora de antecedência para retirada do convite e levar 1 pacote de absorvente, que será doado posteriormente às pessoas em situação de vulnerabilidade menstrual.

BATE-PAPOS ON-LINE: “Os Tempos de Leci” também contará com contribuições de grandes mulheres negras, que vão debater e aprofundar temas relacionados à artista. No dia 23/11, às 19h, o assunto é “Mulheres no samba”, com a participação de Jack Rocha e Cris Pereira e mediação de Maitê Freitas. Já no dia 24/11, às 19h, o debate será sobre “Mulheres na política”, e participam as deputadas Benedita da Silva e Dani Balbi, também com mediação de Maitê Freitas. As conversas serão transmitidas pelo canal da Timoneira Produções: https://www.youtube.com/channel/UCkGBm1HosSuQtTCVSleSZMA.

“Os Tempos de Leci” tem idealização e curadoria de Ana Beatriz Silva, Mariana Campos e Marina Íris e surgiu com o objetivo de homenagear Leci Brandão, mas também para criar conexões entre tempos musicais e gerações distintas, que vão se unir por meio do samba e da obra da artista. Gerações de mulheres negras que ultrapassam os limites da música, buscando viabilizar pautas e mudanças nas realidades artísticas, políticas e sociais.

“Nossa expectativa é ofertar ao público uma programação que não só enaltece a grandeza de Leci Brandão, mas também difunde o trabalho de cantoras grandiosas que têm movimentado o cenário do samba na cidade do Rio de Janeiro, reafirmando esse espaço como um espaço plural e diverso. Essa homenagem se configura como uma oportunidade de celebrar a vida e a carreira de Leci Brandão, bem como de reunir artistas de distintas gerações que dialogam com a essência de uma das principais reivindicações da atualidade: representatividade, elemento chave frente aos significados presentes na trajetória de Leci”, afirma Ana Beatriz Silva, uma das idealizadoras.

Durante as apresentações, também serão exibidas falas e imagens de acervo da cantora e compositora, trazendo ao público informações sobre a sua trajetória.

Nascida e criada no subúrbio do Rio, filha de uma zeladora de escola pública e de um funcionário público, Leci Brandão, que acaba de ser reeleita deputada estadual em São Paulo, começou a compor aos 19 anos e é uma das maiores referências femininas no mundo do samba. Foi a primeira mulher a integrar a ala de compositores da Estação Primeira de Mangueira, em 1972. À frente do seu tempo, ainda nos anos 1970, Leci já evidenciava em suas composições temas contemporâneos como relações de gênero, sexualidade, raça e classe.

“Leci Brandão é um dos maiores nomes da música brasileira e matriarca do samba. Dona de uma linda e importante trajetória na música e na política, merece receber todas as homenagens e honras. Acreditamos na importância de homenagear mulheres negras em vida, haja vista que vivemos em um país que ainda insiste em interromper e silenciar o potencial intelectual, político e artístico de mulheres negras em seus espaços de atuação”, diz Mariana Campos, idealizadora do projeto.

Benedita da Silva, Dani Balbi, Jack Rocha e Cris Pereira participam de bate-papos que vão trazer à tona o samba e a política, temáticas da vida de Leci Brandão.

Outro destaque do evento são as rodas de conversa virtuais, exibidas no canal da Timoneira Produções no YouTube, que também vão dialogar com a obra e os tempos de Leci, por meio de dois temas principais: o samba e a política, buscando refletir os significados que a artista traz para as novas gerações de mulheres.

O primeiro bate-papo será no dia 23/11, às 19h, sob o título de “Mulheres no Samba: vozes e elos matriarcais”. Na abordagem, as convidadas Jack Rocha, sambista e especialista em Relações Étnico Raciais, e Cris Pereira, sambista e mestra em História Cultural pela UnB, vão debater pontos como o fato do samba ser um gênero musical de predominância masculina; os desafios da participação de mulheres, sobretudo negras, neste segmento; a invisibilização das mulheres no mundo do samba; os ancestrais e elos matriarcais do ritmo. A mediação será da jornalista Maitê Freitas.

Já no dia 24/11, às 19h, o tema será “Mulheres na Política: cantando o samba e fazendo política” e as convidadas são a deputada federal recém-reeleita Benedita da Silva, e a deputada estadual, eleita pela primeira vez, Dani Balbi. O assunto será a trajetória política de Leci Brandão, que carrega consigo os desafios de ser uma mulher negra no parlamento, trabalhando essencialmente para causas relacionadas às mulheres, negras, indígenas, LGBTQIAPN+, entre outros setores marginalizados da sociedade. A mediação também será de Maitê Freitas.

“Leci Brandão reconhecidamente é uma referência para as mulheres negras. A riqueza de sua história se faz presente tanto com as letras de suas músicas, como também em seu exercício como ativista e parlamentar. Uma mulher negra que conseguiu romper as camadas de apagamento estrutural que insiste em colocar as mulheres negras na base da pirâmide social, sofrendo o peso de preconceitos e discriminações simultâneos, que não só as excluem de determinados espaços pelo fato de serem mulheres, mas também as excluem de outras possibilidades, pelo fato de serem negras. Acreditamos que a música, a história e a trajetória da carreira de Leci Brandão são fonte de inspiração para as novas gerações de mulheres negras”, conclui Ana Beatriz Silva.

O projeto “Os Tempos de Leci – Uma Homenagem a Leci Brandão” é uma realização da Timoneira Produções, por meio do Programa de Fomento à Cultura Carioca – FOCA, um edital da Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro e da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

Dia 23/11 – 19h
Bate-papo “Mulheres no Samba: vozes e elos matriarcais”
Com Jack Rocha e Cris Pereira. Mediação de Maitê Freitas.
Transmissão online.

Dia 24/11 – 19h
Bate-papo “Mulheres na Política: cantando o samba e fazendo política”
Com Benedita da Silva e Dani Balbi. Mediação de Maitê Freitas.
Transmissão online.

Dia 25/11
19h – Show
Silvia Duffrayer e Luiza Dionizio no Centro de Referência da Música Carioca
Livre. Ingresso gratuito e solidário: retirada com 1 hora de antecedência e mediante a apresentação de 1 pacote de absorvente, que será doado posteriormente a mulheres em situação de vulnerabilidade menstrual.

Dia 26/11
17h – Show
Nilze Carvalho e Maria Menezes no Centro de Referência da Música Carioca
Livre. Ingresso gratuito e solidário: retirada com 1 hora de antecedência e mediante a apresentação de 1 pacote de absorvente, que será doado posteriormente a mulheres em situação de vulnerabilidade menstrual.

19h – Show
Marina Íris e Ana Costa, no Centro de Referência da Música Carioca
Livre. Ingresso gratuito e solidário: retirada com 1 hora de antecedência e mediante a apresentação de 1 pacote de absorvente, que será doado posteriormente a mulheres em situação de vulnerabilidade menstrual.

FICHA TÉCNICA:
Cantoras: Ana Costa, Luiza Dionizio, Maria Menezes, Marina Íris, Nilze Carvalho e Sílvia Duffrayer
Musicistas: Carol D’Ávila, Giselle Sorriso, Samara Líbano, Thay Carvalho, Viviane Amaral e Yayá Alves
Debatedoras: Benedita da Silva, Cris Pereira, Dani Balbi, Jack Rocha e Maitê Freitas
Realização: Timoneira Produções
Direção geral: Ana Beatriz Silva e Mariana Campos
Direção artística: Marina Íris
Direção Musical: Yayá Alves
Coordenação Artística: Mariana Campos
Coordenação de Produção: Ana Beatriz Silva
Produção Executiva: Sarah Souza
Assistente de Produção: Cíntia Lima
Cenografia: Lorena Lima
Iluminação: Tainã Miranda
Técnico de Som: Cícero Menezes
Coordenação de comunicação: Ivana Dorali
Designer gráfico: Terê Dantas
Social media: Luanna Mendes
Assessoria de Imprensa: Mario Camelo
Fotógrafa: Lilo Oliveira
Filmmaker: Luis Gomes
Edição de vídeos: Bebel Rodriguez
Assessoria contábil: Jopec Assessoria Contábil

SERVIÇO
Os Tempos de Leci – Uma Homenagem à Leci Brandão
De 23 a 26 de novembro
Shows no Centro de Referência da Música Carioca Artur da Távola dias 25 e 26/11
Endereço: Rua Conde de Bonfim, 824, Tijuca.
159 lugares. Livre.
Atividades on-line no canal da Timoneira Produções no YouTube:
https://www.youtube.com/channel/UCkGBm1HosSuQtTCVSleSZMA.

Shows – Ingresso gratuito e solidário: retirada com 1 hora de antecedência e mediante a apresentação de 1 pacote de absorvente, que será doado posteriormente às pessoas em situação de vulnerabilidade menstrual.

Para saber mais, siga a Timoneira Produções:
Instagram: https://www.instagram.com/timoneiraproducoes/

+ sobre o tema

9 mulheres negras que mudaram o mundo

Conheça aqui algumas dessas mulheres que ajudaram a tornar...

O homem por trás da Lei Caó

Embora a lei histórica de sua autoria seja bastante...

Novo álbum de Iza terá mix de sons e participação de Rael e Luccas Carlos

No seu mais novo trabalho, a cantora fala sobre...

Brasília: Seis artistas internacionais se apresentam no Bourbon Street Fest

Idealizado em São Paulo, pela afamada casa de jazz...

para lembrar

Ações brasileiras contra discriminação em destaque na França

Luiza Duarte Militantes, pesquisadores, representantes de organizações não governamentais...

Lázaro Ramos lança livro infantil e diz que quer ajudar crianças a lidarem com os sentimentos

Artista revela novos trabalhos na literatura e no cinema...

O pintor negro que foi escravizado por artista renomado e agora ganha exposição em NY

Ele ficou conhecido como o homem retratado pelo renomado...

Sessão solene pelo centenário do “Sambista Pé Rachado”

O sambista Pé Rachado se vivo completaria 100...
spot_imgspot_img

Jordan Peele faz anúncio misterioso nas redes sociais

Jordan Peele tem planos para outubro. Ele publicou uma foto com a data de 23 de outubro deste ano em fundo preto e não acrescentou...

Instituto Tebas celebra 194 anos de nascimento de Luiz Gama com caminhada e exibição de vídeo em São Paulo

 Liberdade ou Morte: histórias que a História não conta é o título da web série composta por sete narrativas (fotográficas, textuais e audiovisuais) que destacam a agência...

Obrigada Shirley

É com muita tristeza que compartilhamos a notícia do falecimento da Shirley Villela, nossa companheira e amiga, tecedora da Redes da Maré, de 2013...
-+=