Guest Post »
Padre é vítima de racismo em Serra Preta

Padre é vítima de racismo em Serra Preta

Os internautas de Serra Preta ficaram perplexos com um áudio que circula no whatsapp, onde um anônimo faz ameaças, questiona o trabalho e ataca a cor negra do Padre Gilmar de Assis da paróquia de Serra Preta. O áudio foi repudiado pelos internautas que começaram uma campanha #SomosTodosPadreGilmar. Além da campanha, os internautas cobram punição do responsável.

Do Feira 24 Horas

Padre Gilmar substituiu o padre Flávio há pouco tempo em Serra Preta. Uma multidão o recebeu na Igreja Nossa Senhora do Bom Conselho, principal Igreja Católica do município. A missa de posse contou com a presença do Arcebispo metropolitano da Arquidiocese de Feira de Santana Dom Zanoni Demettino Castro.

Internautas se revoltam contra a injúria racial sofrida pelo sacerdote. Padre Gilmar atuava na Paróquia de Nossa Senhora Aparecida, bairro Feira IX, na cidade de Feira de Santana e chegou a Serra Preta cheio de planos e projetos para a comunidade. Surpreendeu muitos ao celebrar uma missão no cume do monte, onde se realiza a famosa Capina do Monte.

Muitos fiéis dizem que o Padre Gilmar é alegre e amigo de todos. Porém, não é difícil ouvir o termo “padre negro” para classificar o Padre Gilmar Assis. O interessante é que Serra Preta é um município de maioria negra. A sede do município surgiu do massacre dos índios Paiaiás, da colonização portuguesa e da exploração do trabalho escravo dos negros. Serra Preta também possui diversas comunidades quilombolas não reconhecidas.

Porém, a força de sua história negra não é suficiente para superar o racismo cotidiano, difuso, bem verdade, em todo o Brasil. Claro que essa triste realidade de nossa história não justifica o áudio criminoso espalhado nas redes sociais. A resposta imediata dos internautas foi importante, mas não basta! É preciso que as igrejas, as escolas, as famílias discutam a questão racial abertamente como método de superação. Por outro lado, identificar e punir o criminoso são importantes para que ato insano seja reprimido como merece.

O site Feira 24 Horas e toda nossa equipe repudia qualquer tipo de preconceito e deseja o fim da intolerância. Independentemente da sua religião, sua cor, seu gênero, sua situação física ou suas origens, você merece respeito. E respeitar é o mínimo que você pode fazer para tornar o mundo um lugar melhor para esta e as próximas gerações.

Related posts