Pastor processa polícia dos EUA após ser preso enquanto regava flores

Enviado por / FonteUOL

O pastor Michael Jennings, um homem negro, processou na Justiça Federal três policiais brancos no Alabama, nos Estados Unidos, após ter sido preso enquanto regava flores de um vizinho na cidade de Childersburg. Segundo a Associated Press, o líder religioso também acionou a Justiça contra o município.

Na ação, Jennings alega que o episódio, ocorrido em maio deste ano, violou seus direitos constitucionais e causou problemas persistentes, incluindo sofrimento emocional e ansiedade.

“Estou aqui para prestar contas e estou aqui para fazer justiça”, disse o pastor de 56 anos em entrevista à imprensa ontem ao lado de advogados.

A defesa de Jennings alega que a ação dos policiais Christopher Smith e Justin Gable, do sargento Jeremy Brooks e da cidade violaram os direitos que protegem contra prisões ilegais e garantem a liberdade de expressão. O pastor citou vários problemas contínuos, incluindo transtorno de estresse pós-traumático e humilhação.

Polícia foi acionada por outro vizinho

De acordo com a Associated Press, Michael Jennings foi preso depois que um vizinho branco ligou para a polícia e disse que um “homem negro mais jovem” e um carro modelo SUV dourado estavam em uma casa enquanto os proprietários – que são amigos de Jennings e pediram que ele vigiasse sua casa – estavam fora.

O homem se identificou como “Pastor Jennings”, mas se recusou a fornecer identificação aos policiais, que o prenderam sob a acusação de obstruir as operações do governo após uma discussão que durou 20 minutos.

Uma acusação formalizada pelo pastor no município foi arquivada em poucos dias a pedido do então chefe de polícia.

+ sobre o tema

10 motivos para não ter uma Hermione negra

Lembra que contamos aqui sobre um fato incrível (e polêmico)...

‘Não podemos nos alinhar aos Datenas, Jabores e Pondés’

Um militante do MPL alerta para a tentativa da...

para lembrar

Buffon faz coro a Boateng contra o racismo: ‘Deve ser extirpado’

Capitão da seleção italiana, Buffon afirma que discriminação é...

Jornalista vítima de racismo em Moçambique entra na Justiça

Na última terça-feira (10/07), o jornalista Rodrigues Tato...

CPI que investiga violência contra jovens negros e pobres ouve agentes de segurança pública

Audiência Pública será realizada nesta terça-feira (09), às 14h30,...

Danilo ex-zagueiro do Palmeiras é condenado em 2ª instância por injúria racial

O zagueiro Danilo, da Udinese e ex-jogador do Palmeiras,...
spot_imgspot_img

Nem a tragédia está imune ao racismo

Uma das marcas do Brasil já foi cantada de diferentes formas, mas ficou muito conhecida pelo verso de Jorge Ben: "um país tropical, abençoado...

Futuro está em construção no Rio Grande do Sul

Não é demais repetir nem insistir. A tragédia socioclimática que colapsou o Rio Grande do Sul é inédita em intensidade, tamanho, duração. Nunca, de...

Kelly Rowland abre motivo de discussão com segurança em Cannes: ‘Tenho limites’

Kelly Rowland falou à imprensa sobre a discussão que teve com uma segurança no tapete vermelho do Festival de Cannes durante essa semana. A cantora compartilhou seu...
-+=