segunda-feira, dezembro 5, 2022
InícioEm PautaPor que Diretas Já

Por que Diretas Já

Por que Diretas Já? É preciso interromper a crescente fragilização da democracia para recuperar a capacidade de imaginar um país

Por ELIANE BRUM, do El Pais 

O voto no Brasil hoje vale muito pouco. E precisa voltar a valer. Diante de um buraco tão fundo, que não para de se alargar, refundar a democracia depende da retomada pela população do poder de escolher quem a representa. Este seria apenas o começo. Mas, sem ele, seguiremos girando em falso. E, mesmo aqueles que supõem controlar as voltas, iludem-se. O que se passa hoje no Brasil não começou ontem nem terminará amanhã. Nos assombrará por muito tempo. É urgente que o poder de decidir quem governa e com qual programa governa volte às mãos da população como um primeiro movimento. É preciso que Michel Temer renuncie, seja impedido ou afastado e que se faça eleições diretas. Não se trata apenas do futuro, é o presente que está interditado. E por isso é tão urgente. O presente não voltará a ser possível antes que se recupere a capacidade de imaginar um país.

Dizer que o voto vale hoje muito pouco no Brasil não é uma figura retórica. Ou mesmo um clichê. É um fato produzido tanto pelo oportunismo quanto pela irresponsabilidade de grupos de poder. E um fato que precisa ser compreendido para além do que se costuma chamar de “polarização”.

Leia o texto Completo aqui 

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench