Presidentes e delegações da ALBA aprovarão Declaração de Otavalo

Os presidentes do Equador, Venezuela e Bolívia, o vice-presidente de Cuba, junto a dignatários e delegações dos países da Aliança Bolivariana dos Povos de Nossa América (ALBA) aprovarão hoje aqui a Declaração de Otavalo.

Pela primeira vez, nesta décima cúpula os integrantes da ALBA traçarão o rumo para um processo de integração de indígenas e afrodescendentes em um caminho que proclame a interculturalidade e plurinacionalidade daqueles países com essa característica étnica.

Na reunião em Otavalo com mais de 300 autoridades indígenas e afrodescendentes, reunidos por dois dias no Coliseo Francisco Páez desta cidade andina, a uns 100 quilômetros da capital, debateu-se uma ampla agenda em seu primeiro dia de temas complexos e polêmicos.

Coordenar essas políticas públicas com as aspirações e necessidades dos povos ancestrais da região é, sem dúvidas, uma tarefa difícil pois requer construir um processo de Sumak Kawsay ou Bom Viver, combater o racismo, respeitar a natureza e conservar o patrimônio.

Os delegados da Bolívia, Venezuela, Nicarágua, Equador, Cuba, Antigua e Barbuda, Mancomunidade de Dominica, San Vicente e Las Granadinas, com Guatemala como convidada especial por sua população indígena, iniciarão hoje uma nova etapa, a de realizar o acordado.

A ALBA e o Tratado Comercial dos Povos (TCP) é uma aliança político-estratégica, cujo propósito histórico é unir as capacidades e fortalezas dos países que a integram, para produzir transformações e atingir seu desenvolvimento integral na região.

Responde às realidades e dinâmicas internas e é um espaço chamado a fortalecer graças ao intercâmbio comercial e cultural, e atingir um desenvolvimento baseado nos princípios de complementação, cooperação, solidariedade e respeito à soberania dos países.

Dentro destes países, a integração das nacionalidades e grupos étnicos constitui uma tarefa de vital importância, na aspiração de justiça social inerente aos princípios da ALBA.

Fonte: Prensa Latina

+ sobre o tema

Afro-uruguaios

Afro-uruguaios notáveis: Rubén Rada Afro-uruguaios refere-se a uruguaios de ancestralidade negra africana. Eles...

Hacia el Estado Comunal Jesus Chucho Garcia

Por: JESUS CHUCHO GARCIA   Llegó la hora de salir de...

Declaracion de Asuncion Paraguay Foro Interamericano Afrodescendiente

Participación e Incidencia De Los Y Las Afrodescendientes En...

A mostra ID_BR cara, pele, jeito

A mostra ID_BR CARA::PELE::JEITO nasceu com o intuito de...

para lembrar

FUKUYAMA & BOLSA FAMÍLIA

O espanhol "El País" publicou ontem longo...

Primeiro Encontro Ibero-americano de Culturas e Comunidades Afrodescendentes

  A Organização de Estados Ibero-Americanos para a Ciência, a...

Caribe, África e integración – Por: Jesús Chucho García

ALAI AMLATINA, 15/07/2013.- El espacio Caribe desde el...

Racismo en México

"En mi vida he aprendido algo interesante, el racismo...
spot_imgspot_img

Um Silva do Brasil e das Áfricas: Alberto da Costa e Silva

Durante muito tempo o continente africano foi visto como um vasto território sem história, aquela com H maiúsculo. Ninguém menos do que Hegel afirmou, ainda no...

Artista afro-cubana recria arte Renascentista com negros como figuras principais

Consideremos as famosas pinturas “A Criação de Adão” de Michelangelo, “O Nascimento de Vênus” de Sandro Botticelli ou “A Última Ceia” de Leonardo da Vinci. Quando...

Com verba cortada, universidades federais não pagarão neste mês bolsas e auxílio que sustenta alunos pobres

Diferentes universidades federais têm anunciado nos últimos dias que, após os cortes realizados pelo governo federal na última sexta-feira, não terão dinheiro para pagar...
-+=