Pela primeira vez em Copas, América supera Europa nas quartas

Por: MURILO AQUINO

 

Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai já podem dizer que fizeram história na Copa do Mundo de 2010, na África do Sul. Pela primeira vez no torneio, que está na sua 19ª edição, a América tem mais representantes do que a Europa nas quartas de final. Holanda, Alemanha e Espanha –além de Gana– terão a missão de evitar que aconteça uma semifinal 100% americana.

 

Se as quatro seleções americanas chegarem às semifinais, mais uma marca será alcançada: a América do Sul irá passar à frente da Europa em títulos. Até agora, os dois continentes disputam a hegemonia do futebol mundial com nove troféus para cada lado. Dentre os europeus, a Itália é tetracampeã, à frente de Alemanha, com três triunfos, e Inglaterra e França, campeãs uma única vez. Representando o continente sul-americano, o Brasil ganhou cinco Copas, enquanto Argentina e Uruguai são bicampeões.

 

Neste ano, é a segunda vez que a América emplaca quatro seleções entre as oito melhores do Mundial. Em 1970, Brasil, México, Peru e Uruguai chegaram às quartas, mas a Europa conseguiu igualar a marca com Alemanha, Itália, Inglaterra e União Soviética.

 

Nas edições de 1986 e 1978, três seleções americanas estiveram entre os oito melhores da Copa. No México-86 foram às quartas os donos da casa, além de Brasil e Argentina. Já em 78, os anfitriões argentinos –assim como brasileiros e peruanos– avançaram à segunda fase, disputada por dois grupos com quatro equipes, de onde sairiam os finalistas.

 

10177338

A primeira Copa do Mundo, disputada em 1930 no Uruguai, sofreu um boicote das seleções europeias e nove, dos 13 países participantes, eram da América. Da primeira fase, com quatro grupos, saíram os semifinalistas. Na classificação final, apenas dois europeus –Iugoslávia e Romênia– figuraram entre os oito melhores.

 

O recorde europeu aconteceu na Copa de 1934, na Itália, quando os oito times que disputaram as quartas de final –Alemanha, Áustria, Espanha, Hungria, Itália, Suécia, Suíça e Tchecoslováquia– vinham do próprio continente. Como forma de resposta à evasão europeia no Mundial anterior, algumas seleções sul-americanas decidiram não competir. Somente Argentina, Brasil e Estados Unidos participaram, mas caíram após derrota na estreia.


Confira os representantes de América e Europa nas quartas de final de cada Copa:

2006
América: Argentina e Brasil
Europa: Alemanha, Itália, Inglaterra, Portugal, França e Ucrânia

 

2002
América: Brasil e EUA,
Europa: Inglaterra, Alemanha, Espanha e Turquia

 

1998
América: Brasil e Argentina
Europa: Itália, França, Dinamarca, Holanda, Croácia e Alemanha

 

1994
América: Brasil
Europa: Itália, Espanha, Holanda, Bulgária, Alemanha, Suécia e Romênia

1990
América: Argentina
Europa: Iugoslávia, Itália, Irlanda, Alemanha Ocidental, Tchecoslováquia e Inglaterra

 

1986
América: Brasil, México e Argentina
Europa: França, Alemanha Ocidental, Inglaterra, Bélgica e Espanha

 

1982 (Segunda fase com 12 times, que passavam direto para as semifinais)
América: Brasil
Europa: Polônia, URSS, Inglaterra, Alemanha Ocidental, Itália, Áustria e França

 

1978
América: Argentina, Brasil e Peru
Europa: Áustria, Alemanha Ocidental, Holanda, Itália e Polônia

 

1974 (Segunda fase com dois grupos de quatros seleções cada)
América: Argentina e Brasil
Europa: Alemanha Ocidental, Alemanha Oriental, Holanda, Iugoslávia, Polônia e Suécia

 

1970
América: Brasil, México, Peru e Uruguai
Europa: URSS, Itália, Alemanha Ocidental e Inglaterra

 

1966
América: Argentina e Uruguai
Europa: Inglaterra, Alemanha Ocidental, Portugal, URSS e Hungria

 

1962
América: Chile e Brasil
Europa: URSS, Iugoslávia, Alemanha Ocidental, Inglaterra, Tchecoslováquia e Hungria


1958
América: Brasil
Europa: Suécia, URSS, Alemanha Ocidental, Iugoslávia, França, Irlanda do Norte e País de Gales

 

1954
América: Brasil e Uruguai
Europa: Áustria, Suíça, Inglaterra, Hungria, Alemanha Ocidental e Iugoslávia

 

1950
Não houve quartas – da primeira fase, com 13 times, quatro passaram para o grupo final

 

1938
América: Brasil e Cuba
Europa: Tchecoslováquia, Hungria, Suíça, Suécia, Itália e França

 

1934
Europa: Alemanha, Áustria, Espanha, Tchecoslováquia, Hungria, Itália, Suécia e Suíça


1930 (Países entre os oito melhores)
América: Uruguai, Argentina, Estados Unidos, Chile, Brasil e Paraguai
Europa: Iugoslávia e Romênia

 

 

Fonte: Folha.com

+ sobre o tema

Lula: Desenvolvimento da África integra solução da crise mundial

O desenvolvimento do continente africano, com mais infraestrutura,...

Lula recebe título Honoris Causa de oito universidades argentinas

Ex-presidente será homenageado nesta sexta-feira 17 no Senado da...

Brasil corre para abrir novas fronteiras na África

O governo e algumas grandes empresas brasileiras estão...

Portugal acolhe descendentes de judeus expulsos no século XV

Para um português, alguém ter ou não ter ascendência...

para lembrar

Camila Pitanga é favorita em premiação do Festival do Rio

Atriz concorre pelo filme "Eu Receberia as Piores Notícias...

Presidente de Uganda se reelege em eleição contestada

Presidente de Uganda, Yoweri Musevini se reelegeu com 68,28%...

Neymar acerta permanência no Santos até 2014

  O atacante Neymar anunciou na quarta-feira que...

2011 Año Internacional de los Afrodescendientes: Tiempo de justicia

Por: Álvaro Marchesi   La declaración de 2011...
spot_imgspot_img

Aos ‘parças’, tudo

Daniel Alves da Silva, 40 anos, 126 partidas pela Seleção Brasileira, 42 títulos, duas vezes campeão da Copa América e da Copa das Confederações,...

Mbappé comunica ao PSG que vai sair do clube ao fim do contrato

Mbappé comunicou à diretoria do Paris Saint-Germain que vai deixar o clube ao fim do contrato, o qual se encerra em junho. A informação foi dada...

Costa do Marfim venceu o CAN 2024

Já é conhecido o vencedor da 34ª edição do Campeonato Africano das Nações de futebol: a Costa do Marfim. Primeira parte: vantagem Nigéria A selecção nigeriana, que tinha...
-+=