terça-feira, dezembro 6, 2022
InícioEducaçãoEducação BásicaProjeto brasileiro é escolhido pela Fundação Kellogg para receber 10 milhões de...

Projeto brasileiro é escolhido pela Fundação Kellogg para receber 10 milhões de dólares que serão investidos em educação pública antirracista

A iniciativa premiada, Seta, foi elaborada pela ActionAid em parceria com Ação Educativa, Campanha Nacional pelo Direito à Educação, CONAQ - Coordenação Nacional de Articulação das Comunidades Negras Rurais Quilombolas, Geledés - Instituto da Mulher Negra, Makira E'ta - Rede de Mulheres Indígenas do Estado do Amazonas e UNEafro Brasil

Nesta terça-feira (11/10), a Fundação W. K. Kellogg anunciou o Projeto Seta – Sistema de Educação por uma Transformação Antirracista, como um dos cinco premiados do Desafio de Equidade Racial. A iniciativa, única brasileira e latino-americana entre os cinco, será implementada graças ao valor ganho, que totaliza 10 milhões de dólares. A premiação global está concedendo, ao todo, 80 milhões de dólares aos cinco premiados para construir e viabilizar ideias de enfrentamento às desigualdades raciais em todo o planeta.

O Seta foi elaborado por um grupo de trabalho formado pela ActionAid e outras seis organizações de sociedade civil: Ação Educativa, Campanha Nacional pelo Direito à Educação, CONAQ – Coordenação Nacional de Articulação das Comunidades Negras Rurais Quilombolas , Geledés – Instituto da Mulher Negra, Makira E’ta – Rede de Mulheres Indígenas do Estado do Amazonas e UNEafro Brasil. O subsídio será fundamental para viabilizar mudanças transformadoras e de longo prazo nos sistemas e instituições que ainda vivem sob desigualdades raciais no Brasil. Fortalecer juventude, educação e movimentos negros é a chave para que seja desencadeado um processo de transformação no Brasil.

“A educação é um vetor de transformação e de mobilidade social. Os dados sobre desempenho escolar da população negra, indígena e quilombola evidenciam que o estado brasileiro não oferece uma educação de qualidade para essa população. É preciso criar um ecossistema educacional que entenda e pressione o poder público sobre a importância e urgência no investimento na equidade racial na educação. Por isso estão previstas ações com diferentes grupos sociais, articulação e mobilização de camadas da sociedade, parcerias com universidades, institutos, fundações e fundos que trabalham com a educação”, aponta Ana Paula Brandão, diretora de Políticas e Programas da ActionAid no Brasil e uma das gestoras do Projeto Seta.

O Desafio de Equidade Racial 2030, lançado em 2020, foi criado com o intuito de viabilizar e escalonar ideias de transformação dos sistemas e instituições que ainda sustentam as desigualdades raciais. O objetivo é desencadear soluções que possam melhorar a vida de crianças, de famílias e de comunidades em todo o planeta.

O anúncio do Desafio de Equidade Racial ocorreu em 2020, 90 anos após a fundação da Fundação W. K. Kellogg. Foram recebidas pelo Desafio da Equidade Racial 2030 1.453 inscrições de 72 países. Em setembro de 2021, a Fundação Kellogg anunciou os 10 projetos finalistas, sendo o Projeto Seta um destes. Todas as iniciativas passaram por um processo com várias etapas de revisão, diálogo e diligências, que envolveram especialistas multidisciplinares de todo o mundo. 

“Educação é uma ferramenta poderosa. Como nosso fundador Will Keith Kellogg disse, ‘a melhor oportunidade de transformação de uma geração para outra é a educação’”, diz Carla Thompson Payton, vice-presidente de estratégia programática na Fundação W.K. Kellogg. “A ActionAid e demais organizações do Seta estão utilizando a educação como ponto de partida para conscientizar as pessoas e eliminar o racismo estrutural no Brasil. Estamos orgulhosos de sermos parceiros pelos próximos oito anos”. 

O Desafio de Equidade Racial 2030 foi administrado em parceria com a Lever for Change, uma organização sem fins lucrativos filiada à Fundação John D. e Catherine T. MacArthur, que conecta doadores com soluções ousadas aos maiores problemas do mundo – como questões de desigualdade racial, desigualdade de gênero, falta de acesso a oportunidades econômicas e mudanças climáticas. Mais informações sobre o Desafio de Equidade Racial 2030, os premiados e os finalistas podem ser encontrados no site.

### 

ActionAid

A ActionAid é uma organização internacional de combate à pobreza presente em 43 países. Foi fundada na Inglaterra em 1972. No Brasil, atua desde 1999, beneficiando aproximadamente 300 mil pessoas por meio de projetos de educação, agroecologia, geração de renda para mulheres, inclusão e cidadania.

Fundação W. K. Kellogg

A Fundação W. K. Kellogg (WKKF), criada em 1930 como uma fundação independente e privada pelo inovador dos cereais matutinos e empresário Will Keith Kellogg, está entre as maiores fundações filantrópicas dos Estados Unidos. Guiados pela crença de que todas as crianças devem ter oportunidades iguais para prosperar, A WKKF trabalha com as comunidades para criar condições para que crianças vulneráveis ​​possam alcançar seus plenos potenciais na escola, no trabalho e na vida.

A Fundação Kellogg está sediada em Battle Creek, Michigan, e funciona nos Estados Unidos e internacionalmente, assim como em tribos soberanas. Atenção especial é dada a locais onde há altas concentrações de pobreza e onde as crianças enfrentam barreiras significativas ao sucesso. A WKKF atua, prioritariamente, em Michigan, Mississippi, Novo México e Nova Orleans; e internacionalmente, no México e no Haiti. Para saber mais sobre a WKKF, visite www.wkkf.org ou siga a WKKF no Twitter em @wk_kellogg_fdn.

Lever for Change

Lever for Change conecta doadores com soluções ousadas aos maiores problemas do mundo, incluindo questões como desigualdade racial, desigualdade de gênero, falta de acesso a oportunidades econômicas e mudanças climáticas. Usando um modelo inclusivo e equitativo e um processo de due diligence, a Lever for Change cria desafios personalizados e outras oportunidades de financiamento personalizadas. As equipes mais bem classificadas e os finalistas do desafio tornam-se membros da Bold Solutions Network—uma rede global em crescimento que ajuda a garantir financiamento adicional, ampliar impacto dos membros e acelerar a mudança social.

Fundada em 2019 como uma afiliada sem fins lucrativos da John D. e Catherine T. MacArthur Foundation, a Lever for Change movimentou mais de US$ 1 bilhão em doações até o momento e forneceu apoio a mais de 145 organizações. Para saber mais, acesse www.leverforchange.org.

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench