Protestos marcam Dia Latino-Americano de Luta pela Descriminalização do Aborto

Manifestações no domingo (28) irão lembrar todas aquelas que morreram ou foram julgadas em função do aborto, que, ao ser criminalizado, penaliza principalmente mulheres negras e pobres

Por Redação

O dia 28 de setembro foi escolhido como o Dia de Luta pela Descriminalização e Legalização do Aborto em 1990, na Argentina, durante o Encontro Feminista Latino-Americano e do Caribe. A reivindicação é que o aborto seja considerado um direito da mulher de poder decidir sobre o que fazer diante de uma gravidez inesperada, podendo interrompê-la sem ser julgada pelo ato. A medida já foi tomada por vários países, como Inglaterra, Holanda, Suécia, França, Itália, México e Portugal.

Militantes do movimento feminista afirmam que a criminalização do aborto no Brasil penaliza principalmente as mulheres pobres e negras, que possuem menos acesso a métodos contraceptivos e, em caso de gravidez, recorrem a clínicas clandestinas com condições precárias de funcionamento.

Nas principais cidades do país, a data será marcada por protestos para chamar a atenção sobre o tema. Na Avenida Paulista, em São Paulo, haverá o “Cortejo da mulher negra morta em aborto clandestino”. De acordo com as organizadoras, a manifestação irá contar com um velório simbólico de todas as mulheres que abortaram e morreram, ou que foram maltratadas, extorquidas e julgadas. O evento acontece no domingo, às 12h, com concentração na Praça do Ciclista, na Avenida Paulista, entre as ruas Bela Cintra e Consolação.

Confira também outros eventos nas cidades do Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Porto Alegre.

Fonte: Revista Fórum 

+ sobre o tema

Sororidade: o valor da aliança entre as mulheres

Sororidade é um pacto social, ético e emocional construído...

Por um feminismo erótico

“Desejo que sejamos capazes de re-erotizar os corpos e...

Além do espelho

Sinopse "Nós temos uma poderosa arma, que é a memória,...

para lembrar

Tornar-se uma mulher negra: uma identidade em processo – Por: Fernanda Souza

Para Mayara e Odara, as pretas da minha vida "(...)...

Estudante de medicina em Belém customiza receita para paciente analfabeto lembrar horários de remédios

Paciente com hipertensão e diabetes foi atendido pela estagiária...

‘Tenho dois pais’, diz menino de três anos adotado por casal homoafetivo

João Vitor, de apenas três anos, mora com os...

Profissionais de saúde sempre emprestaram suas vozes para a defesa de temas controversos

Vozes renovadas no O Globo Na virada do ano, médicos americanos...
spot_imgspot_img

Saúde: 307 crianças ianomâmis desnutridas foram resgatadas em 2023

Ao longo do ano de 2023, 307 crianças ianomâmis diagnosticadas com desnutrição grave ou moderada foram resgatadas e recuperadas, segundo o Ministério da Saúde. Há quase...

Anvisa cancela registro de mais de 1,2 mil pomadas de modelar cabelos

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) cancelou nesta sexta-feira (29) os registros de 1.266 pomadas sem enxágue, ceras e sprays para modelar, trançar ou...

É a pré-campanha eleitoral

A compulsão eleitoral moveu o prefeito do Rio de Janeiro a tornar pública, em rede social, o plano de internar compulsoriamente “usuários de drogas”...
-+=